Casa dos Contos Eróticos

Feed

ELE COMEU MEU CUZINHO A FORÇA.

Categoria: Heterossexual
Data: 12/09/2007 16:16:40
Nota 5.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá, meu nome é daiane (mas pode me chamar de aninha ) tenho 18 anos, 1,66 de altura 58 kg morena clara, olhos negros, cabelos lisos e negros até os ombros. Calço 33 meus seios são rosados, pontudos e médios além de durinhos. Tenho umas coxas bem torneadas, pois pratico muito esporte, tênis principalmente. Minha bundinha é empinada e redondinha minha xaninha é lisinha e sem pelos além de muito apertada. Meu cuzinho é apertadíssimo Bem vou contar aqui como é que eu perdi minha virgindade. Bem moro num prédio na zona sul, onde temos uma quadra de tênis onde eu todas as manhas de sábado eu jogo com amigos. Um dia eu estava jogando com um carinha, novato no prédio e muito gostoso. Moreno alto forte e pernas grossas, uma delicia de homem. Estávamos jogando até que a chuva caiu bem forte, e continuamos a jogar. Ele estava com uma tanguinha preta onde seu mastro ficava bem exposto. Eu estava de mini-blusa e uma sinhá rodada branca, daquelas de jogar tênis. Eu estava sem sutiã, e com uma calcinha enfiando na bunda. A chuva nos molhou inteiramente colando minha mini-blusa nos seios deixando à vista. Eu estava morrendo de tesão por aquele gostosão. E eu estava louca pra perder a virgindade. Quando ele jogou a bola no canto da quadra, eu fingi ter caído e machucado a perna. Até que aquele gostosão me colocou nos seus braços me dizendo que ia me levar p/ seu apê p/ cuidar de mim. Entramos no elevador. E de-repente, eu pedi a ele pra me soltar. Fiquei de pé e virei de costas p/ele provocando um pouco. De-repente ele pára o elevador e começa a chegar atraz de mim esfregando em minha bunda aquele cacetão. Eu até subia na parede do elevador de tanto tesão,. Até que ele me virou de uma só vez. Tapou a minha boca com a mão e mandou eu ficar caladinha.Eu apenas consenti com a cabeça; Ele começou a me beijar o corpo inteiro.Rasgou minha mini-blusa e começou a devorar meus seios. Chupava e mordiscava os biquinhos eu empurrava a cabeça dele para o meu seio. Levantou minha saia e começou a me chupar eu comecei a gritar de tesão. Ele então me tapou a boca e me levou para seu apartamento. Chegando lá ele me deixou peladinha em seus braços. Me pegou no colo e me levou até o banheiro, para tomarmos um banho. Ele me ensaboava inteiramente, eu estava tão exitada q não conseguia nem tocar nele. Safadamente ele deixou o sabonete cair e mandou que eu pegasse. Quando me abaixei ele me puxou pelo braço e colocou seu pênis na minha boca. Eu não sabia como fazer ele foi me dando uns tapinha no rosto e fui deixando. Ele me puxou pelos cabelos e enterrou toda sua rola na minha goela. Eu até engasguei. Fiquei sem ar; depois ele me pegou pelo braço com força e me levou até o seu quarto. Sentou numa cadeira e ordenou que eu o chupasse de novo. Agora ele me jogou na sua cama e me chupou vorazmente até eu gozar na sua língua. Aí, ele veio me pegou no colo e se deitou mandou eu cavalgar em cima do pau dele. Eu ia subindo e descendo devagar pois eu era virgem eu estava louquinha. Ele me mandava rebolar mas eu não conseguia, ai, ele me virou de costas, mandou eu ficar de 4; prontamente eu fiquei, ele foi roçando seu caralho na minha bucetinha te eu implorar p/ser penetrada. De repente ele enfiou tudo de uma vez. Grudou em meus ombros e eu desfalecia de tanto prazer. Ele me puxava pelos cabelos e gritava me chamando de putinha de safada. Ele deu uma pausa . me disse essas palavras. AGORA VOU COMER SEU CUZINHO. EU virei de uma vez e dei-lhe uma tapa na cara dele. Disse que isso nunca eu iria fazer. Isso irritou ele. Nos seus olhos eu via a raiva dele e fiquei com medo. Ele me puxou pelos cabelos e mandou eu ficar de 4 de novo. Mas eu me contorcia. Ele então pegou uma algema e colocou em meu braços. Eu fiquei imóvel colocou tb sua tanga em minha boca pra eu não gritar. Pegou a facha da bandeira do Vasco time que ele torce e colocou em meus olhos. Pronto eu não via nada não podia gritar e ainda estava amarrada. Ele então pegou dois travesseiros e colocou debaixo da minha barriga. Minha bundinha ficou empinada pra ele. Ele me dava tapas fortes e gritava sai agora sua puta sem vergonha. Ele calou e sentou-se alisando minha bunda com sua mão; ele ficou me alisando acho que por uns cinco minutos. Meu cuzinho tava apertado q não passava nem agulha. Ele sentou em cima de mim, arregaçou minhas nádegas com as duas mãos e enfiou o seu pênis inteiro na minha bunda eu rangi os dentes e meus olhos saíram lagrimas de tanta dor, mas com muito tesão tb. Depois de uns 10 minutos me fodendo o cuzinho, ele me desamarrou, tirou a venda dos meus olhos destapou minha boca e mandou que eu ficasse de joelhos; colocou sua rola entre meus seios e começou um vai e vem eu não tava entendo nada. Qdo ele estava quase gozando puxou meu cabelo colocou sua rola na minha boca e gozou todinho dentro de mim.. dia 19 faz um mês que isso aconteceu e até hoje meu cuzinho está doendo mas estou louquinha pra dar pra ele de novo. Bem se gostarem do meu relato me escrevam. Meu e mail é. daianesousa@hotmail.com espero respostas de vcs... Ass. Aninha.

Comentários

31/03/2010 22:55:35
boa!! pena q é só fantasia da sua cabeça
19/09/2008 00:49:48
Aninha, parabéns. Adoro mulher que gosta de sexo. Vou escrever mas sei que não vai retornar mesmo rsrsrsrs. (taradopbundas@ig.com.br)
19/09/2007 10:59:56
Vc é divina... imagino-me sobre seu corpo, como se eu estivesse num óasis em pleno deserto... vc deve ser maravilhosamente linda e sedutora... Fiquei imaginando cada centímetro desse seu corpo magnífico pulsando por baixo e por cima de mim... deve ser maravilhoso sentir sua xaninha e cuzinho mordendo o meu tsunami... delíciaaaa

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.