Casa dos Contos Eróticos

Feed

Era pra ser Swing, acabou virando gang-bang.

Categoria: Grupal
Data: 11/09/2007 13:24:11
Nota 6.57
Assuntos: Grupal, Swing
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Já a algum tempo estavamos querendo conhecer uma casa de swing e consequentemente casais pra nos ajudar a iniciar no swing .Decidimos naquele dia de ultima hora que conheceriamos uma casa minha esposa estava um tesão, uma mini saia jeans um bata com um baita decote e apenas uma calcinha fio-dental por baixo. Logo que chegamos, ficamos meio timidos em uma mesa ao lado da pista mas com o tempo passando minha mulher já começou a dançar . Ela passou a despertar os olhares dos homens solteiros do dia , admirando seu corpão . Adoro ver minha esposa dando pra outros homens mas aquele dia nossa idéia era brincar com um casal. O local em que estávamos além da pista de dança, tem também como todos deste tipo, vários outros ambientes: Salas coletivas, cabines, um cinema, labirinto escuro. Convidei Helena para darmos uma volta, que ela topou prontamente. Quando nos dirigimos à sala em que homens podem entrar sós, ela estava vazia, sentamos , abracei minha mulher e começamos um amasso gostoso, ela estava muito quente e deliciosa naquele dia. Estávamos nisso quando percebi a presença de varios hoemns chegando e olhado , começaram a se masturbar e alguns começarama chegar perto e alisar minha esposa. Neste momento sentei ao seu lado abri suas pernas e comecei a dedilhar sua becetinha , derrepente um homem de uns 45 anos, forte, veio e começou a tocá-la tb . Ela, percebendo isto, nada fez, começou a me beijar mais intenssamente e gemer , de rrepente seu novo parceiro já estava com o seu pau pra fora da calça. Percebendo que não tinha resistencia , nosso amigo desconhecido colocou uma camisinha ajeitou seu pau na entrada da sua bucetinha já molhadíssima e colocou sua calcinha de lado e pelo seu gemido safado percebi que ela estava sendo penetrada pelo pau do homem, que iniciou um vai e vem, fodendo-a com perícia e firmeza. Helena aproveitava o momento, enquanto outros homens iam chegando e curtiam observar a foda de perto, se masturbando, acariciando minha esposa e aguardando sua vez. Gemendo intensamente, minha mulher anunciou seu gozo e o homem, percebendo, gozou também com um gemido profundo, enchendo a camisinha. Enquanto este homem saiu um ou outro já com a pica emcapada tomou seu lugar e penetrou Helena , naquele momento olhei pra o lado de Helena e ela estava beijando um negão e batendo uma punheta para ele, o homem que estava comendo ela de frango assado não aguentou muito tempo e gozou , gemendo alto , aproveitei que ele estava tirando sua rola de minha esposa e comecei a puxa-la para sairmos dali , mas ela pensou que eu queria que ela ficasse de quatro e comessou a se ajeitar, um coroa que estava ali aproveitou a posição encostou atraz dela e socou com tudo , ela deu um grito e o negão que estava ao seu lado aproveitou e ficou na sua frente e puxou sua cabeça para ela começar a chupa-lo. Nossa , oque era pra ser nossa iniciação com casais , estava se tonando um gang-bang com minha esposa, e por incrivel que pareça eu estava com a rola estourando de tão dura de tanto tesão e estava claro que ela estava adorando . Minha esposa adora mamar uma rola e sua posição predileta é ficar de quatro , o negão estava adorando a mamada que estava levando dela , mas como todos ali queria come-la tb , ai começou a puxa-la e mandou ela sentar na rola dele, o coroa nem conseguiu gozar quando outro entrou na sua frente e começou a rocar Helena , enquanto ela cavalgava o negão , este cara deu sua rola pra ela chupar , enquanto ela chupava ele pegou a camisinha tirou a rola da voca dela e começou a colocar na sua rola, neste momento já sabia o que ele iria fazer. Ele impurrou ela pra frente o negão começou a mamar os peitões dela e o outro começou a empurrar sua rola no cuzinho dela, estava dificil pois as duas rolas eram grandes , mas acabou entrando e os dois começaram a revesar enquanto um entrava o outro saia, e os 3 gemian muito alto , ela não aguentou e começou a gozar , gemia dizendo que estava uma delicia , os dois automaticamente sairam de dentro dela e gozaram em cima da sua bunda, deixando-a toda melada .Voltamos à pista Helena estava muito safada e deliciosa. Sua bucetona estava abertona e molhada pelo sexo. O tempo ia passando e nós, cada vez mais excitados pelo clima , até que ela disse que iria ao banheiro. Percebi que ela estava demorando e fui pra ver , chegando perto do banheiro escuto uns gemidos e gritos conhecidos vindo das cabines privativas , mas com buracos e uma janelinha , tinha uns caras com as picas dentro dos buracos e e assistindo pela janelinha, quando chego perto percebo que é minha esposa que esta lá dentro com dois homens enormes, do jeito que ela gosta , ela estava de quatro dando pra um enquanto ou outro fodia sua boca, o macho que estva fodendo sua buceta tira e começa a empurrar no seu cuzinho ela percebe e tenta fugir mas o outro a segura e o de traz enfia de uma vez , ela da um grito abafado e ele começa o vai e vem , ate que não aguentando mais ele goza em cima da bunda dela , o que esta na sua frente pega a bunda de minha mulher e mira em uma rola que estava no buraco e empurra ela pra traz, qdo vejo o cara do meu lado começando a comer minha mulher pelo buraco , vendo isso um cara fica atraz dele e aguarda sua vez , o primeiro goza e o outro entra logo em seguida mas não consegue gozar , o macho que esta fodendo a boca dela senta no sofa e coloca ela pra cavalgar, eu vejo minha esposa subindo e descendo na pica do grandão , ela goza mais uma vez aos berros , ele não aguenta e anuncia que ira gozar, manda minha eposa ajoelhar na sua frente e goza na sua cara todinha. Percebo neste instante que minha calça esta toda gozada, gozei sem nem mesmo me tocar, os caras saem da sala e eu entro logo em seguida e tranco a porta , Helena esta acabada, ela me beija com o sabor dos homens que a haviam possuído me pede pra ajuda-la a se vestir e pede pra irmos embora. O que era pra ser nossa iniciação no swing, se tornou em um gang-bang com minha esposa. Pra ela que é uma putona e eu que adoro vela dando pra outro foi uma delicia , mas agora estamos procurando casais pra nos iniciar no swing. Alguem se habilita ?

Somos recem casados e queremos nos iniciar no Swing, procuramos casais para curtimos juntos os prazeres entre quatro paredes e quem sabe uma boa amizades fora delas . Somos bem liberais porem na primeira vez gostariamos de sair para nos conhecermos, gostariamos de receber fotos dos dois e retribuiremos com nossas fotos. Ela 26 anos , loira 1,70 de altura 65 kilos, seios tamanho normal e uma bundona grande, bem gostosa, ele 1,74 de altura 78 kilos cabelos curto e castanhos moreno e 31 anos.Somos de Barueri zona oeste de SP .Respeitamos os gostos de todos, mas não curtimos o bi feminino nem tão pouco o masculino.

Comentários

02/01/2014 11:48:10
Eita, achei excessivo, irreal. Muita gozada, muitos caras so para uma vez.
23/02/2012 18:24:20
Cara achei sua história d eu e minha esposa adoramos um swing e moramos em Barueri entre em contato alex-cape@hotmail.com.Aguardo!!
28/09/2009 23:26:53
adorei seu conto pena q ñ teno esposa se tivesse teria o maior prazer de fazer isso com vcs moro em cajamar se kzrem um amigo é so me chamar email recadoricardo@hotmail.com
07/11/2008 13:52:24
gostei queria estar ai com vcs e ser abusada asssim tbm
24/11/2007 23:10:52
Relato delicioso. Vc é muito corajoso em aceitar ser corno de uma putona como sua mulher. Ela é uma vaca, uma cadela de rua, muito puta e deliciosa. Levei muito tempo até aceitar que eu sentia tesão em ser corno. Mas quando amadureci tornei-me feliz. Leia o meu relato "a mudança".
12/09/2007 07:44:38
Parabens! Um casal que sabe curtir juntos é o manjar dos deuses. Somos casados e 12 anos e curtimos menage desde os tempos de namoro a 14 anos...clique no nosso nome e leia nossos relatos também.
11/09/2007 22:21:35
essa mulher deve estar " estragada ". caramba, é muita porra numa noite só.
11/09/2007 16:51:05
Eita corno véio !!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.