Casa dos Contos Eróticos

Feed

Perdendo a virgindade do cuzinho com o tatuador de pau grande

Autor: kadelinha
Categoria: Heterossexual
Data: 24/08/2007 00:33:44
Nota 9.33
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Perdendo a virgindade do cuzinho com o tatuador de pau grande

Oi meu nome e Kat tenho 27 anos, morro em um cidadezinha de interior destas do interior do interior coisa bem matuta sempre odiei a vida no campo me acho bem moderninha pro local,meu sonho era ter uma tatuagem mas minha mãe nunca me deixou fazer coisa de gente evangélica para não desrespeitar a minha velha fingi que esqueci da tal tatuagem ate meus 18 anos. Quando fiz a tão esperada maioridade minha mãe me deixou ir a uma festa em outra cidade a capital do meu estado, era um festival de pesca coisa de uma semana de festa depois de beber tudo o que eu tinha direito quase lá pelas 5 horas da tarde de uma sexta feira resolvi fazer a tal tatuagem sai do bar e foi direto para a casa do tatuador não podia ser em uma lugar que minha mãe não visse então resolvi que seria na minha testa bem na testa dela rs escolhi um borboleta e o rapaz fez o molde e foi colocar lá eu num tava nem a de ficar pelada na frente dele só queria minha tatuagem.

Ele colocou o molde e eu senti o dedo dele passar bem perto do grandes lábios cara me deu um baita tesão mais fiquei na minha novamente senti denovo o dedo dele e denovo nossa aquilo já tava de deixando doida foi ai que senti algo áspero e molhado entrando dentro da minha bucetinha que língua era aquela com o dedo ele enfiava dentro do meu buraquinho e com a língua massageava meu grilinho com ferocidade aquilo tava me deixando doida eu comecei a gemer e falava pra ele me comer logo ele me chamava de puta ,vaca,cadela gostosa e falava que ia meter a vara em mim e era o que eu queria vara na buceta e que vara aquele pau devia ter uns 23 centímetros pelo menos que coisa gostosa passava de um lado para o outro dava umas batidinhas bem na minha bucetinha que já tava pegando fogo toda melada,eu gritava mete cachorro mete faz eu gozar no seu pau seu puto e ele meteu com força como meteu gostoso na minha buceta eu rebolava como um cobra e ele bumbava dentro de mim entrava e saia como um cavalo aquele pau pulsava dentro de mim eu gemia como um gata sendo rasgada e ele metia metia ate que gozou dentro de mim foi três jatos de porra na minha buceta que escoreu pela minha perna olhei para o safado e ele ainda tava de pau duro que nem uma torra nosso nunca tinha visto um pau assim me pegou pela não e disse que ia comer meu cu disse não e ele ne ouviu me pegou de quatro e com uma maestria passou Deus sabe o que o meu cuzinho e sem do nem piedade deu um estocada com força que quase me rasgou mas sem nem um sucesso de penetração por varias vezes ele tentou mas meu cu era virgem e dificultava bastante foi quando ele me deu uns tapas e mandou que eu relaxasse se não ele ia me rasgar foi ai que fiquei quita mais um vez ele passou um troço no cu e meteu bem devagar aquilo foi entrando bem devagar mais foi entrando e por mais que doía eu foi gostando quando eu me dei conta já tava ate nas bolas ele parou ficou com o pau dentro do meu cu parado acho que era pra mim acostumar com aquela torra no meu cu,depois de uns 30 segundos ele começou a bombar no meu cu entrava e saia nossa que sensação maravilhosa eu gemia e pedia pra não parar vai seu puto come meu cu enfiei o dedo na minha buceta e metia sem para uma sisirica louca foi ai que gozei junto dele aquela porra quentinha no meu cu e meu gozo pelas pernas quase num acreditei no que tinha feito mais estava realizada e pela cara dele acho que também.Levantei e foi embora para o hotel sem minha tatuagem,mas com o cu ardendo.

Comentários

29/09/2008 02:56:32
Bem objetivo. Leitor gosta assim. Parabéns!
12/09/2007 20:59:28
Credo... Parece relatório policial...
24/08/2007 12:24:36
Simples e objativo gostei ...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.