Casa dos Contos Eróticos

Feed

Eu e minha Sogra

Autor: Zeca
Categoria: Heterossexual
Data: 30/07/2007 20:01:01
Nota 9.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

EU E MINHA SOGRA

Como bom leitor e apreciador deste tipo de literatura sempre tive vontade de publicar alguma experiência sexual minha, alguma aventura muito especial na qual eu não pudesse compartilhar com ninguém, e foi assim que me aconteceu algo que não poderia dizer nem confessar a ninguém. Há poucos dias transei com minha sogra.

Sou casado de 32 anos, advogado me chamo Zeca e sou muito bem casado com Karol uma bela mulher de 28 anos. Estamos casados a 5 anos e estamos esperando nosso primeiro filho, Karol esta grávida de nosso primeiro filho. Nossa gravidez ficou complicada apartir do 5º mês e tivemos que passar uns dias no Apartamento de seus pais. Como já tinha dito, sou advogado e devido ao meu trabalho viajo muito pelo interior de nosso estado.

Ai que entra em cena minha sogra, uma bela mulher de 48 anos, morena clara, muitíssimo bronzeada, cabelos curtos um par de olhos castanhos claros, um corpo escultural para uma mulher de sua idade, acho que devido sua profissão, ela era professora de educação física e super viciada em praticar vários tipos de esportes. Posso dizer que Karol é uma copia da mãe, fato esse que sempre me atraiu em minha sogra. Você saber com sua esposa vai ficar no futuro. Só que minha maior curiosidade foi saber com ela seria nua, sem roupa, na cama. Sempre íamos a praia eu ficava olhando e imaginando......seus seios, seus pelos, tudo isso mexia muito comigo.

Durante o período que ficamos hospedados em sua casa, eu estava na maior seca, porque o médico proibiu qualquer tipo de relação sexual entre eu e minha esposa. Ai meu tesão estava no seu maior pico. Sempre que todos iam dormir eu ia para a sala onde ficava o computador, ficava na internet até altas horas tentando aliviar meu tesão.

Sempre tive um ótimo relação com os pais de minha esposa e em uma dessas noites na internet o dialogo com minha sogra começou a ficar mais quente que o normal.

Certa noite eu estava na net, quando minha sogra surgiu na sala apenas de roupão e eu assustadamente tentei tirar do site pornô que estava vendo e ela percebeu o meu desconforto e disse:

- Sem sono Zeca?

- To aqui vendo uns e-mails, é o único tempo que tenho pra fazer isso.

Ela continuou:

- Ando meio sem sono esses dias......acho que estou preocupada com Karol.

Respondi:

- Eu também.

Ela continuou de maneira bem sugestiva......

-Vou te deixar a vontade pra ver seus e-mails e vou dormir.

Quando foi no outro dia na mesma hora ela apareceu com seu roupão branco no meio da sala e eu novamente tentei fechar a pagina que estava olhando e ela passou pela sala e foi em direção da cozinha. Logo voltou com um copo de leite e sentou no sofá logo atrás de mim.

Eu logo perguntei:

- Sem sono minha sogra?

Ela respondeu:

- Pois é...todas as noites tem sido assim....

Ficamos ali....conversando até que ela me perguntou como eu estava. Eu respondi que estava em.....na medida do possível eu estava bem.

Ela me perguntou -Como assim???

E eu disse: - Você sabe. Ela continuou: - O que????

Eu respondi; - Estamos proibidos.

Ela me olhou meio envergonhada e disse:

- Você fala....

Eu complementei e disse:

-Pois é tem sido difícil.

Ela complementou:

- Eu imagino, eu não conseguiria ficar tanto tempo em jejum!!!

Com isso eu abri o jogo com ela e disse:

- Venho aqui na net pra tentar esfriar a cabeça.

E ela riu e disse:

- Já tinha percebido... E continuou me perguntando:

- Qual das duas cabeças eu tentava aliviar??? E eu complementei........

- As duas, principalmente aquela.

Ela riu e se levantou e saiu dizendo que iria me deixar a vontade para que eu esfriasse as minhas cabeças.

Com isso, só fez aumentar mais o meu tesão por minha sogra.

Dois dias depois eu estava em mais uma de minhas madrugadas na net quando minha sogra apareceu com seu roupão branco e foi direto para o sofá. Meio assustado eu a cumprimentei e inesperadamente ela me disse:

- Fiquei curiosa para saber como você faz para se aliviar aqui....na internet....E continuou rindo:

-Será que esta traindo minha filha com alguém????

Eu explique que apenas olhava alguns sites para adultos. O inevitável aconteceu.....ela me perguntou o que eu estava olhando e eu tive que dar uma enrolada, pois estava vendo um site de contos eróticos e o conto que eu estava lendo era exatamente de um cara que tinha transado com a sua sogra. E ela insistiu...-É Foto....deixa eu ver?

Diante disso resolvi arriscar tudo e disse:

- Você quer ver mesmo?

Ela respondeu que sim e com isso expliquei que era um site que relatava as experiências sexuais dos leitores ai fiz o seguinte acordo com ela....

Como já estava saindo mesmo, deixei ela ali lendo o conto (aquele que o cara ficava com a sogra) e fui dormir.

No outro dia pela manha, encontrei-la no café da manha como seu mesmo roupão branco ao lado de meu sogro e fiquei ate preocupado, mas para meu espanto, ela agiu como nada estivesse acontecido.

Naquele dia não fui ate o computador pois tinha chegado muito cansado de uma viajem.

No outro dia ....pela madrugada, quando cheguei ao computador tomei um susto. Ela estava lá... Não com seu roupão branco de sempre, mas apenas com uma camisola que sempre me escondia com aquele roupão por cima.

Quando me viu ela me perguntou:

- Estive ontem aqui e vc não estava!!!

Respondi: - Cheguei muito cansado que não deu pra vir aqui.

Percebi que a camisola que ela estava era branca, um pouco transparente, com um belo decote que me deixava com uma bela visão do que seriam aqueles seios maravilhosos.

Ela me perguntou:

- Você não vem pra net hoje?

Respondi:

- Acho que cheguei atrasado!!!! Vc já esta ai!!!!

Ela complementou dizendo que tinha visto o conto que eu estava lendo naquele dia e não conseguiu dormir querendo saber se eu me identificava com ele. Já recuperado do susto e já prevendo o que poderia acontecer resolvi abrir o jogo com ela e disse que sim. Disse também da minha curiosidade e ate mesmo desejo de vê-la nua. Ela percebendo que eu não tirava os olhos de seu decote me perguntou o motivo desse desejo e eu expliquei que achava Karol a copia perfeita dela e que vendo ela, estaria vendo Karol daqui a 20 anos. Em seguida ela se levantou e ficando de frente para mim com sua camisola quase transparente, ela me disse que já iria pois aquela conversa já estava indo longe de mais. Ela deu as cotas e saiu me deixando ver aquele corpo de quase 50 anos, perfeito, com aquelas pernas musculosas desaparecendo e entrando em seu quarto.

Eu ainda petrificado com aquela situação e muito excitado com tudo aquilo, me surpreendo quando ela volta, passa por mim na sala e vai em direção a área de serviço e logo depois ouço um pequeno barulho.

Ainda sem acreditar no que estava acontecendo fui até a área de serviço e me deparei com ela me esperando apenas de camisola amarrada na cintura e sussurrando me diz:

- Já que você queria tanto ver então vem aqui e fica olhando.

Ela fez questão de dizer que eu só poderia olhar e eu claro que concordei.

Sem dizer mais nada ela abril a camisola e me exibiu aqueles seios que, com as marcas de biquíni, com seus bicos bem rosadinhos que me deixou de boca cheia d’água com vontade de tocá-los.

Quando tentei me aproximar ela recuou e me disse que era apenas para matar a minha curiosidade e continuou abrindo o restante de sua camisola que para a minha surpresa já estava sem calcinha, com isso pude ver seus pelos negros de sua xoxota que com certeza já estava super molhada com toda aquela exibição.

Ela percebendo minha total excitação, meu pau já estava uma pedra quase rasgando minha bermuda, ela levantou sua camisola e começou a virar deixando-me ver aquele rabo maravilhoso. Foi quando não resisti mais e a agarrei por trás e ela e já fui pegando em seus seios e quando desci a mão para sua xota, já senti um tremor em todo seu corpo e ela sussurrou em meu ouvido;

- Não era pra ser assim .....era só pra olhar..

Sem dizer mais nada....enfiei meu dedo dentro de sua xoxota já toda lambuzada e não esperei mais. Tirei fora meu pau e penetrei de uma vez só por traz, aquela buceta com pouquíssimos pelos que apesar de seus 48 anos era bem apertadinha. Ficamos ali por alguns minutos ela apoiada na maquina de lavar a comendo até que não demorou muito e gozamos....primeiro ela e depois eu inundei sua buceta com meu esperma.

Ainda na área de serviço, nos vestimos e sem trocar uma única palavra nos despedirmos.

No outro dia pela manha, e mais uma vez tomamos café da manha com todos como se nada tivesse acontecido entre nos dois.

Essa não foi a única vez que transamos, na segunda e ultima vez, não estávamos sozinhos, mas isso, conto da próxima vez. Até mais.

Comentários

17/11/2012 03:34:17
eu quero muito fazer isso só não tenho a mesma sorte até que a sogra e gostosa do mesmo jeito.
20/12/2011 23:04:57
é isso ai cara gostei ,eu sonho em fuder minha sogra ,n tive oportunidade ainda mas espero tem um dia,
20/12/2011 23:02:24
é isso ai cara gostei ,eu tambem sonho em fuder a minha sogra ,n tive oportunidade mas espero ter ,a mesma sorteque vc teve .
08/10/2011 22:26:51
Olá, parabens pelo conto!!! Isso so faz aumentar o tesao que tenho pela minha sogra, uma bela mulher de 49 anos!! Sou louco por ela, ela me mata de tesao, mas infelizmente ela nao me d nem bola, mas ela percebe as fusiladas que dou com olhos em seu belo corpo!! alguem pode me ajudar, como poderia fazer para que ela percebesse que sou louco pra foder ela???
15/02/2011 01:11:11
Excelente, muito bom, continua estou curioso e excitado para a continuaçao..
22/01/2011 16:46:00
Adorei o relato. Muito excitante e bem escrito. Se a esposa Carol está impedida de satisfazê-lo, nada mais natural e justo que a sogrinha a substitua. O sigilo é total. Muito pior seria aventurar fora, arriscando a pegar uma DST ou colocar o casamento em risco. Tesão é para ser aliviado!
19/01/2010 10:04:35
ahusahu muito interecante essa hidtoria so louko pela minha sogra , e sei que ela sabe disso .. mais naum sei mais oque fazer pra conseguir ela..vc e muito sortudo espero que eu consiga tbm contar um conto desses pra vcis
31/07/2007 16:29:22
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk qdo a sogra qser contar no site manda um mail pra mim sedutor_h26@hotmail.com
31/07/2007 00:40:19
A conduta questionavel do nosso "autor" diante do fato de se relacionar com a sogra, pode ser decorrente da falta de comunicação com a esposa ou simplesmente um desvio de conduta acentuado, optando pelo segundo fato nos deparamos com a "sogra" que também sofre do mesmo mal.Sugiro terapia entre casal. Maiores informações iidonjuan@hotmail.com "O psicólgo de putas"

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.