Casa dos Contos Eróticos

Feed

"Hora do leitinho"

Autor: Verticilla
Categoria: Homossexual
Data: 27/07/2007 17:37:12
Nota 9.71
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Com 17 anos fiquei grávida do meu primeiro namorado, eu era virgem e na primeira transada já engravidei. Quando estava com 04 meses de gravidez, meu namorado sumiu do mapa, fiquei deprimida e morando com minha irmã, solteira, mais velha, em sua casa, pois meus pais moravam no interior.

Sou morena clara com cabelos pretos lisos, na altura dos ombros e olhos marrons esverdeados. Sou baixinha, tenho 1,62 m,peituda, cintura fina e bundão.

Com a gravidez, virei um barril e meus peitos ficaram imensos, com mamilos grandes e castanhos rosados.Fiquei a maior parte da minha gravidez sozinha em casa, de vez enquando batia um tesão absurdo que eu resolvia tocando uma siririca. Por causa dos hormônios alterados ficava com tesão o tempo todo, meu clitóris ficava inchado e imenso raspando na calcinha molhada. Olhava meus peitos grandes e sentia tesão por eles, nos últimos meses de gravidez conseguia virar os biquinhos pra cima e eu mesmo chupava meus peitos.

Apesar da solidão, minha irmã tinha uma vizinha que sempre ía ficar comigo alguns dias da semana, ela era auxiliar de enfermagem e passava no final do dia na minha casa. A Kátia tinha, 29 anos era alta, 1,70, esguia, bem branquinha , ruiva cheia de pintinhas.

Ela ía toda tarde e ficava me ouvindo falar da minha falta de homem , vontade de transar e tesão, eu nem notava que ela ficava inquieta, cruzando e descruzando as pernas e tal, e nem notava que ela já sentia tesão por mim, pois sempre gostei só de homens mesmo, apesar da pouca experiência.

Tive meu filho prematuro de 07 meses, ele ficou internado no CTI infantil onde eu ía vê-lo todos os dias, com isto em 15 dias recuperei meu peso, pelo menos um pouco. Meus seios estavam muitos cheios e duros e comecei a tirar o leite com bombinha, mas saía pouco e era uma dor só, estava ficando desanimada.

Um dia, cansada, voltei pra casa tomei um banho e coloquei uma calça de moleton cinza e um top rosa claro que ficava esticado nos meus peitos, com a barriga de fora já, pois ela tinha diminuído bastante. Estava assitindo TV quando a Kátia entrou e me viu toda tristinha.

Ela perguntou o que era e eu respondi, chorando, que meus peitos estavam doendo , que a bombinha não funcionava que eu estava com tesão o tempo todo.Enquanto eu falava ela se aproximou de mim, sentou no sofá ao meu lado encostou no braço dele e pediu para que eu me virasse de costas ficasse entre suas pernas que ela ía fazer uma massagem em mim que ía ajudar a liberar meu leite. Não entendendo muito bem, e nem sabendo que havia este tipo de massagem, me virei e me encostei nela, ela me abraçou por trás e ficou respirando no meu ouvido dizendo : "relaxa...relaxa..." . E começou a massagear meus ombros e a dar curtos e quentes beijos em meu pescoço. Ela começava no lóbulo da orelha e ía descendo, com o tempo começou a passar a língua quente e dura no meu pescoço. Apesar de não estar entendendo nada, eu estava gostando, meus mamilos começaram a formigar e se expandir por baixo do top, ficando dois botões bem durinhos, como eu estava sem calcinha, meu moleton começou a encharcar.

De repente a Kátia segurou meus dois peitos com suas mãos finas e brancas e começou, por cima do top, a rodar meus biquinhos entre o polegar e o indicador dela dando pequenos apertos, eu comecei a gemer e rebolar, o tesão crescendo. Pequenas gotas de leite começaram a manchar meu top rosa. Quando a Kátia viu, mais que rapidamente ela enfiou as duas mãos por baixou do top e começou a chupar meu pescoço, esfregar a xana dela na parte inferior de minhas costas e na minha bunda , enquanto suas mãos faziam um movimento de ordenha em meus peitos, eles estavam enormes.

Sentia meus peitos formigarem e o leite descer, estava inundada e com muita tesão, comecei a gemer alto e a Kátia, com carinho, me dizia: " calma , gatinha, que o leitinho já vem, calma, que vou aliviar seus peitinhos, gostosa."

Quando eu já estava quase chorando de tanto tesão, ela abaixou uma das mãos e enfiou dentro do moleton, abriu minha xoxota molhada e enviou um dedo dentro, eu pulei na hora, levantei o quadril fazendo o dedo dela enterrar em mim até o talo, com o polegar ela começou a masseagear meu clítóris inchado enquando lambia meu pescoço e puxava e beliscava meu mamilo esquerdo, joguei a cabeça para trás e gozei alto, minha xana apertando o dedo dela e meu leite esquichando.

Acabei de gozar assustada, ainda estava com a xota latejando e os seios pingando leite. Olhei para ela com olhos arregalados e ela me pegou pela nuca e me deu um beijo molhado afundando a língua na minha boca .Eu correspondi e adorei, a beijei muito também. Depois ela começou a dar pequenos beijinhos em mim e foi tirando a minha roupa, ela continuou vestida com um vestidinho leve de alcinhas.

Quando eu estava completamente nua e excitada de novo, tomei coragem e peguei os peitos dela, que eram pequenos e tinham suculentos mamilos durinhos, chupei, por cima do tecido do vestido, até eles virarem duas pedrinhas durinhas na minha boca. Não aguentei e baixei as alças do vestidinho dela e comecei a chupá-los mordia seus biquinhos e rodeava as áreolas enrrugadinhas com a minha língua molhada e afiada. Chupei muito os peitos dela, ela gemia e rebolava, quando tentei abaixar a mão para xotinha molhada dela ela me segurou pelos pulsos e disse: " peraí, gatinha tesuda, ainda tenho que aliviar seus peitões." Ela colocou meus braços para trás para que meus peitos ficassem empinados e começou a sugar meus mamilos duros e grandes , ora um ora outro, ía alternando com chupadas, mordidelas e mais chupadas fortes e consistentes, chupou tanto que eu comecei a soluçar de tesão meus peitos estavam formigando e, novamente comecei a rebolar, após uns 10 minutos de chupadas, em que a boca de Kátia ficou grudada nos meus mamilos o leite começou a jorrar nos dois peitos e ela pegou a garrafinha da bombinha e encheu duas.

Depois ela abriu minhas pernas, arreganhou minha xota e começou a arremessar á língua dura contra meu clitóris que já estava teso, aparecendo para fora da minha xana raspadinha, quando comecei a girar o quadril ela grudou a boca nele e o chupou, enfiou três dedos dentro de mim e ficou me socando com força, e eu gozei em convulsões sucessivas levantando o quadril.

Depois do meu gozo, ela começou a beijar minha boca dizendo: " linda...sente seu gostinho na minha boca..."

Depois ela suspendeu o vestido, e para minha surpresa ela estava sem calcinha, suas pernas brancas molhadas, seus pentelhinhos vermelhos já mais escuros encharcados com o suco dela, e ela falou: " querida, agora preciso de você, já estou estourando de tanto tesão, não estou aguentando...me chupa..."

Ela deitou no sofá se arreganhou toda para mim, quando olhei a sua xaninha me deparei com um clitóris teso de 2,0 cm para fora, bem redondinho, rosa e brilhando de tão molhado, abri bem a xana dela com os dedos e começei a chupá-la, coloquei seu clitóris grande na minha boca e o suguei, para minha delícia ele dobrou de tamanho e largura ficando com 4 cm então, chupei, chupei,chupei e meti meu dedão dentro dela e o indicador em seu cuzinho que contraía sem parar, fiquei metendo os dois dedos no cú e na buceta enquanto, praticamente engolia aquele clitóris suculento. A Kátia arqueou as costas no sofá e gozou alto e longo, apertadno seus peitinhos com as mãos.

Ficamos uma olhando a outra assustadas e contentes ao mesmo tempo. A Kátia só disse: "sempre senti tesão por você, ficava doida, toda tesa só de você falar de sua tesão não resolvida. Meu clitóris latejava dentro da minha calcinha e ficava ereto, andava com ele ereto direto há 02 meses e hoje não resisti, desculpa."

Eu olhei para ela, empurrei ela no sofá a beijei na boca, bem aberta, quase a engoli, conferi e vi que o clitóris delas tava teso e já maior do que antes e comecei a passá-lo no meu e a fiz me penetrar, na portinha da xana ,com aquele clitóris gigante e duro; nós gozamos nos beijando.

Eu nunca mais tive problema para tirar meu leite, a Kátia ía toda tardinha lá em casa e além de mamar em meus peitos nós transávamos e eu e ela gozávamos até.

Minha irmã só descobriu quando eu e Kátia decidimos morar juntas,minha irmã não foi contra nem a favor, mas tudo bem, hoje eu tenho a Kátia, que, aliás está grávida. Os seios dela cresceram e seus mamilos ficaram imensos, seu clitóris então...ahhh mas isto já é outra história.

Comentários

30/08/2014 11:10:30
Me deixou com água na boca aqui... Beijos e parabéns pelo conto
14/07/2014 09:12:20
Quero Mulheres de SANTA CATARINA ou Curitiba que estejam gravidas ou amamentando que tivererem a fantazia de amamentar um Homem podem me contactar. Sou engenheiro, boa aparencia, educado e respeito a fantasia de cada uma e seus limites. Quero mulheres com muito leite e que gostem de ter um homem em seu colinho dando o peito para ele mamar...Vou mamar com muito carinho, bem devagar, acariciando... sem pressa. Mulheres interessadas me contatem por E-mail | lucas_less@outlook.com ou Skype | lucas_less
16/05/2014 14:30:14
SOU DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ E ESTOU PROCURANDO MULHERES INTERESSADAS EM DAR DE MAMAR E QUE SINTAM TESÃO NESSA PRATICA DE AMAMENTAR UM HOMEM ADULTO. nÃO PRECISA ROLAR SEXO SO QUERO MAMAR COM MUITO CARINHO E SE TIVER LEITE HUMMM DELICIA , BEIJANDO E ACARICIANDO OS SEIOS ... SE VC MULHER GOSTA DE SER MAMADA E TER SEUS SEIOS SUGADOS COM CARINHO ENTRE EM CONTATO: E-MAIL/SKYPE: marlom_roger@outlook.com
09/06/2011 22:06:55
curti demais seu conto, mto otimo, amaria te conhecer me add: joni-aclm@hotmail.com nota mil seu conto
25/10/2009 15:21:07
Que delícia!!!
15/10/2009 01:10:32
quero mamar peitos de leite!!
06/09/2009 12:56:52
bom conto, excitante
04/09/2009 00:51:52
nossa muito bom gostei..uffa nota 10
05/07/2009 22:50:54
Adorei!!!
30/05/2009 19:23:32
Nossa que tesão me deu em ler esse seu conto.Me fez Lembra-me de quando mamei em minha prima que teve problemas de alteração da taxa da prolactina,isso ha fazia liberar Leite.Nossa ...bons tempos
11/02/2009 09:41:56
eu adoro chupar peitos cheio de leite, qual quer coisa me dar um toque certo!
14/01/2009 15:36:31
adorei... obrigada por dividir seu conto conosco, muito gostoso mesmo. beijao
16/11/2008 12:15:06
Eitaa, menina. Adorei, viu? Aliás, concordo pq já provei e aprovo. Salivei muito lendo. Beijos
03/08/2007 21:06:02
sempre quis comer uma gravida
31/07/2007 12:27:52
Venham falar comigo...hmabc@bol.com.br
30/07/2007 16:30:54
karakas...ufaaa....formidavel,muito excitante seu conto,cheios de detales maravilhosos..muito bom mesmo ....nota 8...theo_ozga_vitury@hotmail.com
28/07/2007 22:45:53
Meu bem! adorei seu conto fiquei cheio de tezão, adoraria participar de suas "brincadeirinhas" um beijo. pro-larimob @ig.com.br
28/07/2007 14:50:53
Achei que nenhum ser humano conseguia sobreviver na lua, mas nossa autora......... Att, lloverrboyy@hotmail.com ( consultor de putas )
28/07/2007 07:18:21
Que desperdício!!!!
28/07/2007 00:14:29
Fantástico mundo de bob. Maiores informações iidonjuan@hotmail.com "O psicólogo de putas"
27/07/2007 23:20:57
Muito bom o conto + um pouco e mihnha casa rasgava de tao duro que meu pau ta!eu nao do asorte de encontra duas lesbicas como vcs Pow penssa bem vcs nao i irian usa + os dedos terian meu pau
27/07/2007 19:19:47
Ummmm que delicia, sou apaixonado por lesbicas!!!nossa gatinha pra quem não tinha pratica, observando os detalhes descritos voce deu um show!!!!parabens otimo conto muito excitante!!parabens!!!nota mil!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.