Casa dos Contos Eróticos

Feed

Os Agiotas comeram minha esposa

Autor: Vicente
Categoria: Grupal
Data: 21/03/2007 10:12:25
Nota 9.21
Assuntos: Grupal
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Tudo começou quando o banco que eu trabalhava foi comprado por outro e eu perdi meu emprego, há quase dois anos atrás.

Eu tinha 45 anos naquela época e porisso fiquei quase um ano sem conseguir emprego.

Nos primeiros meses ainda conseguimos viver com a grana que recebi da demissão e com o salário da minha esposa.

Depois de 4/ 5 meses a grana foi acabando e primeiro vendi meu carro, depois o carro da minha esposa, até que um dia precisei recorrer a agiotas, visto que meu nome já estava no Serasa e eu não conseguia mais empréstimos em bancos.

Lucia minha esposa ganhava pouco e mal conseguia pagar as contas de escola de nossa filha.

Então nossa dívida com os agiotas começou a crescer fora de controle e mesmo quando eu consegui um emprego eu não conseguia mais pagar.

Comecei a ficar desesperado, minha esposa tbem, nosso relacionamento até piorou e não sabíamos mais o que fazer, pois os caras já estavam ameaçando entrar na justiça para penhorar nossa casa, já que eu tinha assinado promissórias para eles.

Quando digo eles, são dois agiotas que tem uma loja de veículos como fachada e eu sempre procurei-os para emprestar dinheiro.

Pois bem, resolvi então procurar por eles e tentar um acordo.

Peguei minha esposa no trabalho no final da tarde e fomos até a loja.

O Carlos e o Ricardo nos receberam no escritório, pediram que esperássemos um pouco porque era hora de fechar a loja e os empregados estavam já saindo.

Bom, resumindo, pedi, implorei, supliquei que eles nos dessem mais tempo e eles estavam absolutamente inflexíveis.

Durante toda a conversa reparei que os dois não tiravam os olhos das pernas da minha esposa que usava uma saia na altura do joelho.

Bom, quando já estávamos saindo o Carlos disse que eu tinha uma alternativa. Ele disse isso olhando para minha esposa.

A alternativa seria ela transar com eles e eles me devolveriam as duplicatas.

Fiquei puto da vida e até ameacei-os.

Eles então disseram que não tinham mais o que fazer e no dia seguinte estariam entrando com uma ação.

Minha esposa começou a chorar, e eu fiquei mais desesperado ainda.

De repente ela disse :

- Vamos lávamos resolver isso

Não acreditei que ela disse aquilo. Minha esposa só tinha sido mulher comigo. Eu que tinha ensinado tudo de sexo a ela e agora ela se propunha a se submeter a dois marmanjos por minha culpa.

Eu ainda tentei convence-la, mas ela lembrou de nossa filha, que podíamos perder a casa, etc...

Eles então se levantaram e pediram que ela entrasse em outra salinha ao lado. Lá havia dois pequenos sofás e uma mesa.

Lucia caminhou até lá.

O Carlos entrou primeiro e depois o Ricardo antes de entrar me deu a promissória e disse que eu poderia rasga-la quando eles terminassem.

Ele encostou a porta e eu podia ouvir tudo e até ver o que acontecia ali.

Eles mandaram que ela tirasse toda a roupa e Lucia virou-se de costas pra eles e começou a se despir.

Enquanto ela tirava a roupa dela eles tiravam as deles.

Ela finalmente se virou toda envergonhada e cobriu sua bucetinha com as mãos, que eles logo mandaram ela tirar.

Mandaram então ela sentar num dos sofás e se aproximaram um de cada lado e com o pau duro chegararm bem perto do rosto dela e mandaram ela chupar.

Eu estava em desespero, vendo minha esposinha sendo humilhada por eles.

Lucia então segurou cada pau com uma das mãos e ora chupava um e ora outro. Isso ela fazia muito bem.

O Carlos então elogiava-a dizendo que ela chupava melhor que puta e o Ricardo dizia que ela era uma vadiazinha.

Nessa altura , apesar da minha decepção, percebi que meu pau estava duro.

Minha esposa chupava dois machos ao mesmo tempo e eu excitado com isso. Me pareceu muito esquisito, mas o fato é que eu estava excitado.

De repente o Carlos mandou ela parar, se sentou no canto do sofá e mandou ela ficar de quatro, de lado, no sofá e chupar o pau dele , enquanto o Ricardo foi por trás dela e socou seu cacete na bucetinha dela.

Lucia gemeu baixinho e começou o boquete no Carlos e rebolar no pau do Ricardo.

Nessa altura tirei meu pau pra fora e comecei a me punhetar.

Lucia rebolava e gemia de tesão.

Ricardo pedia pra ela rebolar que nem vadia e ela se esforçava cada vez mais.

Depois de uns 5 minutos assim eles resolveram trocar e la foi o Carlos foder minha esposa e ela mamar no cacete do Ricardo.

Lucia gemia já sem controle e começou a gozar feito louca.

Eles metiam sem dó nela.

Ricardo então foi até o banheiro ao lado e trouxe um creme que começou a lambuzar o cuzinho dela.

Nessa altura eu percebi que iam tirar a virgindade do cuzinho da minha esposa e quase fui la suplicar que não fizessem aquilo.

Carlos então deitou-se embaixo dela e mandou ela sentar no cacete dele e foi o que ela fez. Enquanto isso o Ricardo veio por trás dela e forçou seu pau no cuzinho dela.

Ela não estava agüentando e chorava de dor.

Mas eles forçaram a barra e vi o cacete do Ricardo arrombando o cuzinho da minha esposa.

Os dois começaram a se movimentar e minha esposa chorava de dor e gemia de tesão.

Ficaram fodendo ela assim até que os dois gozaram e acho que ela gozou de novo.

Depois ficaram paradinhos, ela deitada no peito do Carlos e o Ricardo sobre ela com se pau ainda enterrado no cuzinho dela.

Nessa altura eu tbem tinha gozado e me lambuzado todo.

Encurtando a estória, eles foderam de novo com ela , mas sem DP e o Carlos chegou a gozar na boquinha da minha esposa.

Saímos de lá quase 10 da noite e não trocamos uma palavra sobre o assunto.

Só sei que o sexo com minha esposa melhorou muito depois dessa experiência.

Comentários

apx
12/08/2010 23:00:19
Conto excelente esta de parabéns ;)
apx
12/08/2010 22:59:13
Conto excelente esta de parabéns ;)
29/03/2007 00:21:14
o conto é bom,da tesão e isso é que importa.srtª Elen Regina deveria ser comentarista oficial do site!!!
24/03/2007 12:13:38
meio fantamasgorico ne , mas ta bom .
22/03/2007 15:19:21
Amigo vicente, parabens pelo seu conto. Comigo aconteceu algo um pouco semelhante. Minha esposa trabalhava em um banco (bancesa) aqui em fortaleza e quando ficou desempregada pedimos dinheiro a um agiota. O cara se aproveitou dela, mas com o consentimento dela. Ela adorava me trair e ainda me adora. Fico louco com isso. Vamos nos unir e banir esses idiotas hipócritas que so sabem julgar os outros. meu e-mail: corno_fortal@hotmail.com
22/03/2007 12:02:41
Ellen, suas palavras são as minhas
21/03/2007 23:54:49
Se vocês olharem o histórico dos três que tentaram denegrir a imagem do Vicente e seu conto sobre os agiotas, poderá entender o conflito de personalidade (possível bipolaridade) existente no grupo. É preciso que cada vez mais divulguemos essas particularidades desses meliantes para salvaguardar os interesses maiores do site que é: NÃO DESTRATAR OS AUTORES pois são eles que nos trazem a mercadoria que o SITE tem para expor. Não podemos nos curvar diante desses monturos. Um beijo carinhoso para todos que deram notas acima de 7 para este conto muito bem bolado! Obrigada.
21/03/2007 23:54:00
Vejam que coisa interessante: eu acabei de postar um manifesto com o nome Sobre o Maldoso no site. Estão absolutamente certos aqueles que disseram que o conto é bom e que dá tesão. Eu vou dar nota 10. Agora, o que me dá nojo é este Maldoso, que é um plagiador de contos alheios (leiam o meu texto) e esse Jotaef (antigo Flavinho Santana, de triste memória) querendo tornar um site de contos num tribunal de pequenas causas. São dois embusteiros contumazes que não podem ser levados a sério. Desconfia-se até da masculinidade do Jotaef. Dizem, também, que o Maldoso é um velho gagá, e prostático mas isso ainda não está comprovado. A única prova que se tem está no manifesto MALDOSO PLAGIADOR FIDUMAPUTA de autoria de uma das nossas comentaristas Sra. Sílvia Helena. Uma outra coisa que cabe explicar é que no site existe um Ale sem o circunflexo e o Alê com circunflexo.
21/03/2007 22:00:04
Bom, realmente existe controvérsias reais, mas o conto é bom. Me deixou de pau duro.
21/03/2007 20:30:16
MUITO LEGAL SEU CONTO INDEPENDENTE DE SER VERDADE OU NÃO,ISSO NÃO INTERESSA.O QUE REALMENTE INTERESSA É POR AS FANTASIAS PRA FORA.VALEU
21/03/2007 17:58:00
Gostei do seu conto, adoro histórias grupais. Não estou aki pra julgar ser verdade ou mentira. Se o conto me deu tesão eu gosto, se não não gosto. Parabéns vc escreve muito bem. Não ligue pros comentários "Maldosos"
21/03/2007 17:40:38
sendo veridico(o q nao parece ) ou nao...o conto é bom...se a gente exigir contos onde contenham 100% de verdades , vai ser um mais horrivel q o outro... abraços a todos
21/03/2007 16:43:10
Concordo com o comentário do "casalvontade". Este site não é de contos reais, e sim de fantasias sexuais... Se o conto suscitou algum interesse sexual, valeu!!! Nota 9.
21/03/2007 14:23:55
Tirando o JJJJ, os comentários do maldoso (precisa trocar para analfabeto), do matuto e da ale, são totalmente inúteis. Este site não é um confessionário onde se diz só a verdade. É um site de contos eróticos, que podem ou não ser fundamentados em fatos reais. Aprenderam, analfas? O conto é muito gostoso de ler, é excitante e não interessa de quanto era a dívida. O que interessa é deixar o pau duro. E deixou. Nota 10.
Ale
21/03/2007 12:53:34
Sei que além de ser gay vc é um corno casado com uma piranha!!! Já ia me esquecendo tú é mentiroso em camarada!!!! Vai mentir assim lá em Brasilia...
21/03/2007 11:13:06
Maldoso, deixa o cara fantasiar, porque?, essa história só pode ser uma fantasia desse cara de ser corno.
21/03/2007 10:42:56
Viajou meu caro Vicente. Agiota algum troca promissórias por uma foda. A não ser que a dívida fosse de R$ 50,00. Outra, único imóvel é "impenhorável". Se deste mal cara. Terrível.
21/03/2007 10:26:58
Vicente, sei o que voce passou, as humilhacoes e outras coisas, porem cara, voçe tem uma mulher que vale ouro, onde essa foi uma forma de amor que ela demostrou,hoje em dia e dificila uma esposa igual a sua, disposta a resolver qualquer problema, principalmente finaceiros, faça de conta que tudo nao passou de uma ligeira visagem, e que seu problema foi resolvido, eu gostaria de ter uma chançe dessa para resolver os meus.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.