Casa dos Contos Eróticos

Feed

Minha mulher deu o cu para o vizinho

Autor: cornão
Categoria: Heterossexual
Data: 25/02/2007 19:13:20
Nota 2.29
Assuntos: Heterossexual, Swing
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Minha mulher tem trinta e cinco anos e era divorciada de um oficial que se mudou para a Bélgica com um soldado que passou a foder o coroa. Aceitei a puta velha porque ela bancava minha despesas e até que sabia pagar um boquete. Mas nem por um dia parei de foder putinhas da vizinhança, crentes com problemas conjugais e mesmo putas que pagava com o dinheiro de minha mulher.

Ela era antiga adepta do swing e como toda puta que levava ferro de vários homens antes, ela achava difícil se contentar apenas com uma pica. Aliás foi o fato do antigo marido não satisfazer a puta safada que a levou a soltar a buceta e cu preto para estranhos.

Como não era corno nem bicha falei para a puta que se ela quisesse dar para outros, iria quebrá-la no pau. Ele chorou um pouquinho, dizendo que não gostava de homens brutos e para consolá-la, deixei ela chupar meu pau e engolir a porra.

Como sabia que putas viciadas em rola não tem cura e que a cadela safada iria acabar liberando a buceta para qualquer um, resolvi tirar proveito da situação, já que estava de olho numa morena de bunda perfeita que nunca havia me dado bola.

Disse para ela convidar o casal, já que putas safadas sempre se entendem quando é para levar rola. O problema foi o marido da moreninha, acostumado com a bunda redondinha, lisa e arrebitada de sua mulher jovem, ter que encarar uma traste velho, com buceta e cu cansados de guerra, conversadeira e metida a esperta.

Para consumar o negócio ofereci um dinheiro para o cara que não recusou pois sabia que havia um traficante e um pastor fodendo sua mulher, que como toda mulher boa de bunda, não consegue ficar também só com uma pica no rabo.

Fomos para a casa do casal onde sentamos e começamos a beber. A moreninha tirou a saia e ficou só de calcinha e meu pau endureceu na hora com o pensamento de logo estar furando aquela mulher jovem.

Quando o vizinho viu minha mulher com a bunda cansada, peitos levantados por silicone e aquele cheiro de puta velha, tomou mais um trago.

Já fui para a moreninha, tirei o pau e fiquei esfregando na barriga dela e na bunda. Beijei a putinha e como toda mulher nova, o gosto é de paraíso, de noite fresca de luar, de felicidade. Já o vizinho ao beijar a ex-mulher do oficial, teve que encarar o gosto de mulher velha e arrombada e fez uma cara de desagrado horrível.

Mas com a moreninha que estava nas mãos não perdi tempo e coloquei meu cacete na boquinha nova, segurando a putinha pela nuca, soquei até os bagos, mas antes de gozar chupei a bucetinha.

Nada como mulher nova sendo chupada. Mas o vizinho teve que encarar o bucetão guerreado de minha mulher e quase chorou o com o cheiro de queijo ardido.

Enquanto isso eu estava fodendo a moreninha, que não conversava durante a foda e apenas gemia, como toda mulher decente faz.

Ao contrário, o vizinho bombava minha mulher que gritava " Fode a sua puta, vai, gostoso, fode caralho, mete fundo gato, me faz de puta, ai que pica deliciosa..."

O cara quase perdeu a ereção e tive que mandar uma lata de cerveja na cara da puta que mordeu os lábios para estancar o sangue e a sala ficou em silêncio.

A moreninha queria mais rola e bombei tanto que estava suado. Mas quando fui enfiar no cu, quase que não tinha mais forças. Mas assim que meu pau encostou na porta do cuzinho, voltou a crescer e fui enfiando a rola com o pau aumetando de tamanho.

A moreninha levou vara no cu gemendo e me olhando nos olhos e bombei até gozar gostoso. Foi a melhor foda da minha vida. Enquanto isso meu vizinho fodeu o cu preto de minha mulher que começou a falar, mas calou-se com medo de outra latada nas fuças.

Quando terminamos fui para casa sorrindo e o vizinho encomendou a moreninha uma cachaça forte para se recuperar do choque.

Por um dinheirinho no fim do mês estou fodendo a moreninha quase todos os dias de modo que quase não estou conseguindo furar o couro velho de minha mulher.

Felizmente consegui o irmão do soldado que foi com o oficial e ele vem torando minha mulher três vezes por semana.

A puta está trabalhando cada vez mais e tem sobrado dinheiro para minhas farras com as putinhas do bairro e para ir bancando a moreninha.

Comentários

05/04/2009 16:18:10
quero comer sua mulher meu email é faithoi@hotmail.com somente da paraiba
18/11/2007 14:07:28
adoraria ver voce fudeno a minha mulherzinha na minha frente. liberal safado depois quero chupar ela cheia de porra
23/08/2007 19:31:15
Vc quer me ver comendo sua esposinha? carlosliberal@ig.com.br

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.