Casa dos Contos Eróticos

Feed

Dormi de conchinha com um amigo e acordei com a coxa gozada

Autor: Pedrokck
Categoria: Homossexual
Data: 12/02/2007 17:19:10
Nota 4.50
Assuntos: Homossexual, Gay
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia
Clique aqui para vídeos gay

Olá, meu nome é Pedro, tenho 29 anos, 1,86 de altura, 72 kilos, corpo definido e malhado, cabelos castanhos e olhos esverdeados....enfim, sou um cara boa pinta.

O que vou narrar aqui aconteceu comigo logo que cheguei em Curitiba, há 9 anos.

Venho de uma cidade do interior, e durante a minha adolescência e inicio da juventude sempre tive sonhos e desejos sexuais com uma pessoa do mesmo sexo, porém isso nunca aconteceu.

Logo que vim para Curitiba, a convite de uma familia de amigos que alias tornou-se a minha familia, numa casa com 3 irmãos, fui dividir o quarto com um deles.

O filho do meio, um cara super boa pinta e que sempre me despertou grandes fantasias, mas o que me aconteceu não foi com ele.

Esse meu "irmão" que vou chamá-lo aqui de Matheus, tinha um grande amigo da adolescência que conheceu no colégio e vivia na minha casa. Como a sua casa era muito longe da nossa, e sua vida social era praticamente toda no nosso bairro, ele tinha pouso e seus espaço garantido na minha casa.

Tinha roupas, colchão, ou seja, praticamente morava em casa.

Mas quando eu cheguei, pra morar aqui, ele dividia o quarto com o Matheus meu irmão onde cada um tinha um colhão de casal jogado no chão, e aliás o mesmo quarto que seria tbém compartilhado por mim.

Mas...não cabia mais um colchão no mesmo quarto, então eu dividia, - e numa boa, sem preconceito meu ou dele - o colchão de casal com o amigo do meu irmão o Patrick, que tbém era meu amigo.

Bem...o tempo foi passando e a gente dormia juntos no mesmo colhão, eu estava achando legal a idéia, mas nunca, jamais me atreveria a qualquer coisa com medo de ser simplesmente expulso daquela casa...rsss.

Porém um dia eu fingindo dormir, abracei ele durante o sono, e ele rapidamente me enpurrou para o lado, com cuidado para não me acordar e virou para o outro lado.

Mas eu não desisti, numa outra noite fiz a mesma coisa e ele nem se mexeu...dormi a noite todo abraço com ele.

O tempo foi passando e fui ficando mais ousado, quem conhece curitiba, sabe que mesmo no verão a temperatura cai bastante durante a noite e por isso sempre dormíamos com um acolchoado, mesmo que sem camisa....o que me excitava muito em pensar que estava dormindo com um cara do meu lado e sem camisa... uma noite dessas, eu me virei bastante, sem conseguir dormir, foi qdo me atrevi, e coloquei a minha mão na coxa do Patrick q dormia só de cueca samba canção... e pra minha surpresa, ele se virou para o meu lado e a minha mão ficou presa entre as pernas dele em sua coxa.... sentia a sua respiração profunda perto do meu rosto e aquilo me deixava louco.

Numa outra noite, sabendo que ele dormi somente de samba cançao, me virei, fingindo dormir, sempre, é claro, e deixei a minha mão sobre o pau do Patrick, que para minha surpresa começou a ficar duro. Mais que depresa, dei um jeito da dar aquele espreguiçada que damos durante o sono, e enroscando a mão na cueca dele pra tentar abaixar e deixar pelo meno parte do pau dele pra fora, o que consegui com sucesso e sem nenhuma reação dele que tbém fingia dormir... Meu caramba....voltei com a mão no lugar e desta vez sentioa, pele com pele o pau dele na minha mão... me virei de bruços e literalmente enfiei a mão na cueca dele descansando a minha mão sobre o pinto dele - duríssimo - mas sem apertar ou segurar firme é claro, pe não queria ser tão ousado ao ponto dele se irritar e contar por meu irmão, que durante toda essa sacanagem dormia no colhão ao lado.

Depois de um bom tempo com a mão no pau dele, resolvi que não poderia fazer mais nada e então só me restava dormir, virei de costas para o Patrick e me encolhi para dormir. Para minha supresa, depois de algums minutos ele me abraçou por tras, como de conchinha e e senti o seu pau duro na minha perna, e lógico fingi estar no mais profundo sono, e relaxei, mais um tempo e ele ousadamente colocou o seu pau pra fora e delicadamente, como se não quisesse me acordar, levantou levemente uma de minhas pernas e colocou o seu pau no meio das minhas coxas.....afe !!!! fui ao delírio...sentia aquele mastro duro e quente no meio das minhas pernas.....minha vontade era de segurar e chupar aquele cabeçona quente.... - algumas vezes trocávamos de roupa perto uns dos outros e ele sempre tirava sarro de mim e de meu irmão dizendo q nosso pinto era pequeno....o dele era bem grande -, mas não podia, pq meu irmão estava ali do lado e tbém tinha medo da reação do Patrick.

Bem... algumas vezes ele me abraçava forte e me forçava contra o seu pau me deixando louco de tesão...sua respiração no meu pescoço estava me deixando louco, alguma vezes eu me mexia, e ele fingia que estava dormindo e afrouxava os braços, passava um tempo e ele me forçava de novo contra o seu pau como quem da aquele estocada forte num cuzinho... não resisti e coloque uma de minhas mãos na cabeça do pau dele e outro sobre as suas mãos que me abraçava...de vez enquando ele dava aquela forçadinha....e eu apertava sentindo aquele pau duro no meio das minha coxas me deixava louco...

Não passou muito tempo e senti minhas pernas molhando, levei um susto ele se virou rapido tirando o pau do meio das minhas pernas... qdo passei a mão na minha coxa, percebi que ele tinha gozado na minha coxa....fiquei louco queria virar rapido e beijar ele e lamber...mas não podia....dormi o resto da noite meladinho com a porra do Patrick, no outro dia conversamos como se nada tivesse acontecido...

Estas nossas sacanagens aconteceram durante várias noites, mas nunca passou de encostar e por a mão....

Sempre tive muito desejo de sair com um cara, mas tenho muito receio tbém, não quero que ninguém saiba, por isso desejo conhecer alguém que queira curtir algo com a máxima discrição, de preferência quero alguém que seja casado ou que tenha entre 35 a 45 anos, não afeminado, e que queria alguém pra "cuidar" mesmo, como se "cuida" de alguém mais jovem que vc, com cuidado...

Se vc deseja conhecer alguém mais jovem como eu, 29 anos, e inexperiente, quero dizer, virgem mesmo no relacionamento com homens, e quer me ajudar com minhas fantasias e sonhos, quem sabe tbém gozar na minha coxa e gozarmos juntos, me ensinar coisas novas, por favor me escreva. Ah, de preferência homens de Curitiba, ou Santa Catarina. Não sou afeminado. Me escreva, mande fotos, um beijo molhadinho: pedrokckjfs@yahoo.com.br

Comentários

16/04/2011 13:02:39
Isso regato,ele quer mesmo é dar o cú,só está faltando uma coisa:Assuma BICHONA!!!
08/10/2009 22:52:27
Não aproveitou, mas foi bom assim também!!! Um tesão louco!!!
13/02/2007 13:15:16
olha, esteve tão perto de dar o cu e não aproveitou. Vai firme, assume , xupa o pau, dá o cu.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.