Casa dos Contos Eróticos

Feed

A crente chorou mas acabou gozando

Autor: Adriano
Categoria: Heterossexual
Data: 06/11/2006 11:14:05
Nota 9.15
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu nome é Adriano, tenho 38 anos, sou casado com Andréia a 10 anos, temos 2 filhos maravilhosos.

Meu relato começa quando muda-se vizinho a nossa casa uma familia de evangélicos, José com seus 33 anos e Rebeca 22, cordialmente os ajudamos a se alojar dando-lhes as boas vindas.

Eles eram casados a 2 anos e não tinham filhos, Andréia e Rebeca aos poucos foram se tornando amigas e depois de conversarmos com seu Marido, Rebeca começou a trabalhar como empregada em nossa casa para ajudar a Andréia.

Rebeca era uma morena clara, cabelos longos, sempre usava uma saia que ia até seu tornozelo, camisas abotoadas até o pescoço, magra, seios pequenos, por varias vezes me peguei a olha-la imaginando como era seu corpo debaixo de tanta roupa, sua timidez a deixava ainda mais sedutora.

Meu tesão por Rebeca ficou mais forte quando conversando com Andréia em nossa cama ela confidenciou algumas intimidades dos nossos vizinhos, Rebeca desabafou com ela que sua vida sexual era muito ruim, José foi seu primeiro e único homem, só faziam sexo em uma única posição (papai e mamãe), no escuro, ele jamais chupou sua buceta(têrmo esse usado por Andréia enquanto me contava) e só faziam sexo quando ela não estava mais ovulando para evitar filhos, aquelas confidências fizeram aumentar meu desejo em possuir aquela jovem e carente mulher.

As oportunidades eram escassas, até que surgiu uma forma de comer aquela doçura, era perfeito, enquanto deixei Andréia no Supermercado, levei Rebeca para fazer uma faxina na casa de nossa chácara.

Durante todo o percurso ela permaneceu calada e eu planejando como a abordaria, chegando, fui lhe mostrando todos os cômodos, chegando a nosso quarto, resolvi atacar, era tudo ou nada, quando virou-se de frente a mim, agarrei-a e dei-lhe um beijo na boca, ela se debatia empurrando meu corpo, seus lábios carnudos lutavam contra os meus, empurrei-a sobre a cama jogando meu corpo contra o dela imobilizando-a:

---Por Deus Sr. Ricardo...pare...por favor...eu não posso!!!Ela suplicou quase que aos prantos.

Não dei-lhe tempo e com autoridade e decisão me dirigi a ela:

***Cale a boca...vou te ensinar a ser mulher...sua gostosa!!!

Com muita dificuldade comecei a desabotoar o primeiro botão próximo a seu pescoço, ela tentava me empurrar, mas eu estava decidido a faze-la gozar, afastaei seu sutien e comecei a chupar seus seios, ela começou a gritar por socorro, tinha que de alguma forma domina-la e com forte tapa em seu rosto a fiz calar, apenas choramingava baixinho e ficou sem ação, aproveitei para agir com mais rapidez, desprendi o enorme cinto que segurava sua saia e a arranquei, vestia uma calcinha bêge, suas coxas grossas eram belissimas, fiquei dominado por extrema beleza, ela começou novamente a debater-se, ameacei-a novamente e deixei-a nua, sua buceta era pequena e precisando com alguns pentelhos, segurei seus braços e fui descendo a boca beijando sua barriga e cheguei até seu túnel, estava quente e úmido com um pequeno odor de urina que me deixou louco de tesão, meu pau parecia estourar dentro da calça, ela não abria as pernas dificultando chupar sua buceta.

---Eu não posso...por favor...!! Chorava e me pedia com fervor.

Coloquei meu pau para fôra e fiquei pincelando em sua buceta, ela permanecia com as pernas fechadas, deitei sobre ela e beijei seu pescoço, enfiei a lingua dentro de sua orelha, percebi entre suas súplicas um pequeno gemido, estava começando a desarma-la:

***Abre as pernas para mim...abre...você vai gostar...dá sua bucetinha pra mim...dá...!

---Isso não pode acontecer...sou casada...é pecado!!!

Tapei sua boca novamente com um beijo e com as pernas enroscadas nas suas comecei a forçar para que as abrisse, consegui me alojar entre suas pernas, mas ela se negava em abri-las, com extrema dificuldade coloquei meu pau entre seus lábios vaginais e forcei, senti o meladinho de sua buceta na cabeça de meu pau, sua rtespiração era forte dentro de minha boca, aos poucos ela foi perdendo as forças quando sentiu a ponta de meu pau invadir sua bucetinha, percebeu que não tinha como brigar mais, novamente um beijo em seu pescoço e instintivamente suas pernas abriram, meu cacete duro como rocha deslizou suave naquela gruta apertada indo até o fundo.

---Pelo Amor de Deus....pare Sr Adriano....aiiiiiiiii...que gostosooooo...!!!

Comecei a socar minha vara com força dentro de sua buceta, ela rebolava e chorava de prazer que estava lhe dando, sua voz foi ficando rouca delatando o que estava sentindo:

***Estou gozandooooooo....que gostosooooo...tô gozandooooo...Aiiiiiiii!!!

Ela estava tendo o primeiro orgasmo de sua vida, sua buceta apertava meu pau, enquanto eu empurrava cada vez com mais força dentro dela até não aguentar mais:

---Gostosaaaaaa...meu tesão...você é meu tesão.....!!!

Comecei a derramar milhões de espermatozóides dentro de sua buceta, ela continuou rebolabdo até que saisse a última gôta, sai de dentro dela e deixei-a ali deitada sobre a cama com as pernas e os braços abertos.

Enquanto tomava uma ducha senti ela abraçar-me pelas costas beijando meu ombro, virei e beijei sua boca, fui até seu ouvido e sussurrei:

---Você já chupou um pau...querida!!!

O que aconteceu depois acho que não preciso nem relatar não é, enchi a boca dela de esperma, ela não gostou muito do sabor mas engoliu tudo....

Depois dawuela ocasião fiz da crentinha minha putinha particular e estou a algum tempo tentando convencer Andréia a colocar mais alguém em nossa cama e o dia que conseguir ela será a primeira da fila.

Comentários

09/03/2014 16:36:10
Estupro é o caralho. A varoa lutava contra seus próprios princípios e não contra a rola que desejava de todo coração. Muito bom! Mas vou te dar apenas 9 porque vc não comeu o cu da irmã. Delícia!
01/08/2012 11:10:43
conto que relata as mulheres gozando é otimo..deve ter comido airmao de novo.né valeu mano continue rasgando aquela bctinha santa
22/08/2010 13:51:01
Parabens vc e um varao que sabe ajudar as pessoas. por isso que minha esposa pra sociedade e na igreija que comgregamos ela e uma santa mulher de Deus mais no meu guarto na minha cama trato como uma vadia safada deliciossa chupo o cusinho dela como o cusinho deliciosso gozo gostosso fasso ela gozar gostosso na minha boca no meu pau, e ruim de deixar outro esperto cantar de galo no meu teritório show 10 seu conto conte mais serja mais detalhosso..
31/12/2009 22:29:50
incrivel
28/11/2009 14:59:13
Isso pra mim é estupro e abuso de poder. Quanto à mulher,não cometeu pecado algum:luou até onde pode.
28/11/2009 14:58:19
Isso pra mim é estupro e abuso de poder. Quanto à mulher
13/03/2009 01:18:43
H_proibido2008 Não quero julgar ninguém. Mas sabem aquelas coisas se faz na televisão se avisa nao tentem fazer em casa!! A atitude do autor do conto é uma delas. o tiro pode sair pela culatra e vc parar na cadeia
21/11/2008 21:43:01
tem que comer mesmo se dao chance. também comeria até o cuzinho déla
21/11/2008 21:41:27
se der chance tem que comer mesmo!!! eu também comeria
17/10/2008 05:51:10
cara vc éo poeta da putaria muito bom mesmo dez para vc 10
30/05/2008 16:58:35
Muito bom...nota 9
25/05/2008 20:31:32
adorei ela bem que dever te gostado tambem...
12/11/2006 02:38:12
CARA SE VC NÃO ME PASSAR O TEL DA CRENTE PRA MIM COMER TB EU VOU AI TE PRENDER, SEU SAFADO
08/11/2006 21:25:34
Muito bom nota 10
08/11/2006 17:35:27
conheço mulheres evangelicas com tezão reprimido,mas seu conto esta longe dda realidade,apesar de todo homem fantasiar com mulheres religiosas.Acredito que isso não passa de pura fantasia da sua cabeça..
08/11/2006 14:35:48
Fiquei de pau duru,mais vc estuprou a crente,e isso é recriminável.
08/11/2006 04:02:44
Muito bom! Acredito que muitas "crentes" têm as mesmas vontades da sua empregada! Fiquei de pau duro!!! Nota 9!
07/11/2006 10:23:10
SEU CONTO ME DEU UMA CERTA INVEJA , POIS TENHO UMA VIZINHA CRENTE , UMA DELICIA ,UM DIA TOMO CORAGEM PEGO ELA DE JEITO , MUITO BOM NT 9
Kat
07/11/2006 00:56:23
Ainda bem que parece ser mentira, se fosse verdade isso é estrupo, nojento, isso é crime, é inaceitável usar a força para conseguir algo.
06/11/2006 22:51:22
Olha se você quiser eu vou trabalhar na sua casa viu?Rsrs,adorei seu conto fiquei excitada.Beijos.Nota 8
06/11/2006 15:09:00
QDO A COMUNIDADE EVANGÉLICA LER, IH, ESTARÁ IMPEDIDO DE ENTRAR NO CÉU!!! KKKKK VALEU PELO RELATO, NOTA 9.
06/11/2006 15:01:35
Olha que Deus castiga, hein..rsrsrsrs...Poxa gatinho, seu conto me deixou exitada. Nota 9...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.