Casa dos Contos Eróticos

Feed

Meu hóspede comeu minha mulher!

Autor: Corno Manso
Categoria: Heterossexual
Data: 01/09/2006 10:54:27
Nota 7.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu, Mauro, e minha mulher, Márcia, estamos casados há 6 anos e moramos no Rio em um apartamento confortável na Zona Sul. Tenho 34 anos e Márcia 32. Ela sempre foi muito elogiada por todos e sempre teve fama de fogosa, o que me valeu o alerta de alguns amigos quando nos casamos ... . Nossa vida sexual sempre foi tranqüila, sem grandes aventuras e eu sempre fui um marido fiel. De uns tempos pra cá, minha mulher começou a falar que tínhamos que incrementar nossa vida, apimentá-la de algum jeito, mas não explicava como. Há alguns meses, recebi a ligação de um velho amigo, que se mudou para outro estado. Ele disse que seu filho Pedro, 18 anos, estava vindo estudar Educação Física no Rio e que, embora ele pudesse pagar algum lugar para o rapaz ficar, se sentiria bem mais tranqüilo se nós pudéssemos recebê-lo pelo menos nos primeiros meses, enquanto ele estivesse se ambientando. Eu tive medo de que a Márcia não topasse, afinal, uma outra pessoa em casa poderia tirar a nossa liberdade. Mas ela topou na hora e ainda disse quem sabe isso não anima mais essa casa .... Eu lembrava do Pedro bem mais novo mas imaginei que o reconheceria no aeroporto. Fui buscá-lo e Márcia fez questão de me acompanhar. Passamos um tempo procurando até que fomos abordados por um moreno alto (1,88m), corpo atlético, bastante queimado de sol: tio, você que é o Mauro? Enquanto eu confirmava e apresentava minha mulher já senti um calafrio só de ver como ambos se olharam de alto a baixo. No carro, minha mulher passou o caminho inteiro virada pra trás puxando mil assuntos com Pedro, mostrando lugares e prometendo levá-lo em vários lugares. Estava visivelmente excitada com a situação ... Pedro ia abandonando a timidez e aceitando todos os convites. Quando chegamos, ele ficou muito animado com a proximidade do mar e mais ainda quando percebeu que ficaria tão bem instalado. Mostramos o quarto de hóspedes a ele e dissemos que ficasse à vontade, descansasse que mais tarde daríamos uma volta com ele. Eu e minha mulher ficamos na sala e ela não conteve o comentário Nossa, pensei que era um garoto franzino, mas é um homão! A mulherada da faculdade vai disputá-lo a tapas! Falava isso quase arfando ... Nessa hora, Pedro entrou na sala de shorts e sem camisa perguntando se poderia tomar um banho. Como eu e Márcia ficamos um segundo em silencio, admirando sua forma física impecável, ele ficou sem jeito e pediu desculpas por ter entrado assim. Nós nos apressamos em dizer que não, que agora aquela seria a casa dele que ele deveria andar do jeito que quisesse. Eu não sei como, mas alguma coisa me empurrava pra participar do jogo explícito de sedução que se estabeleceu ali. Eu logo me ofereci pra mostrar-lhe o banheiro que usaria e levei uma toalha pra ele. Lá dentro, com minha mulher afastada, ele disse pôxa Mauro, tua mulher é maior gata, não fica um monte de cara em cima dela não?. Eu, meio sem jeito: até fica, mas a gente vai levando e tal .... Aí, ele, com a maior naturalidade do mundo, baixou o short e foi entrando no chuveiro. Eu ainda tentei sair mas ele fica aí, pô, enquanto eu tomo banho tu vai me atualizando sobre os assuntos .... Eu, mais que sem graça, não consegui deixar de baixar os olhos em direção ao membro do rapaz ... Engoli em seco, num misto de nervoso e excitação; era muito grande. Mesmo mole, dava pra ver que era um dos maiores, senão o maior que eu tinha visto. Tentava me concentrar na conversa mais vira e mexe olhava de novo e me distraia. Até que ele deu uma risadinha e falou qual é tio, tá me sacando? Eu, pra não ficar numa situação pior, pedi desculpas e disse que realmente chamava atenção que não era comum ver um tão grande. Ele respondeu resignado pois é, todo mundo acha que é uma vantagem, mas muitas garotas ficam com medo e fogem, sabia? As palavras saíram quase automaticamente da minha boca já tentou mulheres mais velhas?. Ele abriu mais os olhos de um jeito animado e respondeu não, taí, o mulherio na faixa dos 30 deve topar fazer tudo .... E eu respondi pois é, várias tão cansadas dos paus dos seus namorados e maridos e tão loucas por um jovem cheio de vigor e bem dotado como você. Na hora, o pau do Pedro subiu, mostrando todo o seu potencial: tinha uns 22 cm, bem grosso, reto, apontando levemente pra cima. Olha só, tio, esse papo já me deixou excitado ... Saí do banheiro, um tanto transtornado, e o deixei se enxugando. Fui para o quarto descansar com minha mulher, mas estava inquieto, não consegui cochilar apesar de ter acordado muito cedo. Virava de um lado para o outro, até que chegou a hora de levantarmos e nos arrumarmos pra sair pra jantar com Pedro. Márcia voltou a falar o tempo todo nele e como seria bom ele estar ali, que lhe faria companhia enquanto eu estivesse trabalhando, etc. Voltou a falar do sucesso que ele faria e perguntou Será que ele é de sair com muitas namoradas?. Não resisti e falei Acho que nem tanto, ele tem um probleminha que atrapalha. Probleminha? Um cara bonitão desses? Ele tem o pau pequeno por acaso, perguntou rindo. Não, o problema é contrário, amor, vc não vai acreditar no que eu vi: o pau dele é enorme! Ela ficou paralisada um instante mas depois me fez contar todos os detalhes, estava excitadíssima, ficou molhadinha com a história. Fomos interrompidos pelas batidas na porta do quarto de Pedro, que já estava pronto. Aliás, perfumadíssimo. Fomos a um excelente restaurante e pedimos um bom vinho. Pedro avisou que não estava muito acostumado, mas ficamos altos em pouco tempo e minha mulher arrastou a conversa para sexo, rapidamente. Começou a perguntar sobre a vida sexual do rapaz e ele foi se soltando. O Mauro contou que algumas garotas não tem coragem de transar com vc, é verdade? É, infelizmente, algumas correm .... Essas meninas não sabem nada. Você sabe?, ele perguntou provocando. Ela: Pergunta pro Mauro, diz pra ele, amor, como sou na cama. Estava excitadíssimo com a situação e já tinha certeza de que seria corno no primeiro dia em que virasse as costas. Assim, resolvi jogar a toalha: A Márcia é uma mulher muito fogosa, mas acho que eu não sou mais suficiente pra apagar esse fogo todo, né amor?. Ela deu uma gargalhada e respondeu sarcástica fazendo um gesto indicando tamanho pequeno É, não é suficiente ... E olhou fixamente pra Pedro que estava num misto de constrangimento e excitação. Nisso, ela se levantou e foi ao banheiro. Pedro me perguntou o que estava rolando ali. Eu respondi, um tanto humilhado, que achava que ela estava louca pra dar pra ele e que se ele quisesse achava melhor que ele comesse logo do que ficar essa situação mal resolvida. Ele ainda perguntou tem certeza?. Tenho. Ela voltou e eles estavam já loucos pra ir pra casa. Foram descendo pro estacionamento enquanto fiquei pagando a conta (corno que é corno, paga a conta ...). Quando cheguei no carro eles estavam encostados num amasso fenomenal, as línguas se engolindo e a excitação do rapaz era indisfarçável. Meu pau também ficou duro com a cena. Disse que eles poderiam ir atrás e foram se roçando no caminho enquanto eu estava de motorista. Pelo retrovisor vi que ela estava puxando o pau dele pra fora e ouvi seu gritinho de excitação Amor, olha isso, é enorme mesmo, como você falou, é o triplo do teu, acho que hoje vou gozar muito .... Foram entrando no apartamento, arrancando as roupas e se agarrando. Sem que eu pudesse fazer nada e sem que eles sequer olhassem pra mim, minha mulher levou o Pedro pra nossa cama. Sentei no canto e fiquei me punhetando enquanto o via descendo a estaca no meio da minha mulher que gemia, arfava, dava gritinhos de um jeito que eu nunca vi. Até que ela começou a olhar pra mim e falar Olha, corno, um pau de verdade comendo a tua mulher, presta atenção e vê se aprende com ele alguma coisa, há muito tempo que não gozo contigo mas hoje esse macho vai me fazer gozar ... Eu estava humilhado, mas muito excitado. Gozei e meu pau ficou duro logo depois e recomecei a me mansturbar. O primeiro gozo dos dois veio rápido, estavam super-excitados. Ficaram nus descansando um pouco. Saí do quarto e Pedro veio logo atrás de mim, pôs a mão no meu ombro e falou cara, foi mal, você me recebe aqui na tua casa e eu faço isso com a tua mulher, desculpa, não vai acontecer de novo, amanhã mesmo vou procurar outro lugar pra ficar .... Fomos conversar na cozinha, ele nu, com aquele pauzão pendurado e eu mal recomposto. Eu disse a ele que tudo tinha acontecido por consentimento dela e que eu estava optando por aceitar ser corno naquele momento por sentir que ia perder minha mulher se não fosse assim. Disse que eu também me excitei e que se ele fosse embora minha mulher me mataria ou iria atrás dele, que aquele tesão não ia sossegar tão cedo. Pedi por favor que ele ficasse que encarasse a situação com naturalidade. Ele aceitou, pelo menos por enquanto. Ouvimos a voz da Márcia chamando dengosa Pedro, vem .... Ele foi, ela pediu pra fechar a porta. Passaram a noite juntos, trepando muitas vezes. Eu dormi no corredor, acordando muitas vezes pelos gemidos. De manhã cedo, preparei um café da manhã reforçadíssimo e tomamos os três: eu, minha mulher de baby doll no colo de nosso hóspede. Senti que aquela história iria render muito e rendeu. Se quiserem, conto o que aconteceu depois ...

E-mail= mauroconsciente@yahoo.com.br

Comentários

23/03/2013 14:10:14
nossa que delicia de conto adorei. pena que meu marido nao tenha essa cabeça aberta. adoro transar com outros. sou a gilsa safada (para todos) gillilico@gmail.com
07/11/2010 20:42:14
Legal1 e-mail:jfmf1000@hotmail.com
11/08/2010 23:26:01
É um bom conto, faltou um pouco mais de excitação e sensualidade...
21/02/2007 04:45:12
vai c fude o seu bosta de merda.... issu é plagio.... vai screve um poema de 1 linha e 2 palavras... se tu screve certo dai tu pod pelomenos dize q jah fez algo de tua autoria... mas achu q issu vai se dificil... vai si fude o seu bosta de merda filho da putaaaaaa
02/09/2006 21:42:04
Plagio, simplesmente um plagio
01/09/2006 17:06:24
PQP. Não escreva mais porra nenhuma. Além de corno, vc é viado. E além disto tudo vc é burro pra cacete. Vai escrever jogo de bicho. Seu bosta.
01/09/2006 11:26:46
Cara, só em saber que terei que ler todas as partes que vc enviou, nem me atreví a ler..

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.