Casa dos Contos Eróticos

Feed

A amiga da minha mãe

Autor: Anônimo
Categoria: Heterossexual
Data: 30/09/2006 21:54:48
Nota 3.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

olá meu nome eh luiz tenhu 16 anos sou moreno olhos verdes, tenhu 1,73 e me considero bonito ateh q faço sucesso com as meninas mas nada de mais

o q vou contar aconteceu comigo mês passado vamus lah entaum:

tudo começou num domingo a 4 meses atras quando uma amiga da minha mae de infancia se

mudou pra perto da nossa casa ela veio em minha casa e reencontrou minha mae

as duas conversaraum brincaraum choraram e tal, eu vinha da rua fui passando pela sala

nem vi a visita e passei direto comprimentando minha mae, ai ela disse meu filho

comprimenta as visitas quando virei vi uma mulher linda pele branquinha cabelos castanhos uma bunda durinha e empinada (vi depois q ela levantou)e uma bucetinha marccada pela calça de malhaçao, e uns peitos maravilhosos descobri depois q ela tinha 32 anos, tinha aparentimente 1,69 era muito boa mesmu.

fiquei parado ela veio me abraçou e disse: como vc cresceu

naum entendi muito bem e mamae me disse q ela era uma amiga de infancia e tinha me visto quando pekeno.

denoitinha ela se foi me despidi dela dando um beijo no rosto ela tbm e se foi. Ai 1 semana depois ia ter uma festa na casa dela pra ela apresentar os familiares dela

descobri q ela tinha marido, mais ainda naum tinha filhos fomos eu minha mae e meu pai,

chegando lah nos divertimos muito eu naum parava de olhar pra ela, elas estava muito gostosa estava com uma calça jeans e uma blusinha branca sem sutien ,fiquei conversando com alguns amigos q foraum na festa e quand beirou as 2 horas da manha minha mae disse q iria embora q todos tinham bebido de mais e meu pai jah estava caindo e foraum,eu fiquei

eu ela o marido dela quase dormindo no sofa e o unico colega q tinha ficado comigo o resto tinha ido, ela veio chegou e pergunto se queriamos um refrigerante ou algo do tipo

dissemos q sim ela foi pegar e tbm pegou uma garrafa de vinho e começou a bebe-la sozinha

depois de 40 minutos jah estava completament bebada

meu amigo se foi e o marido dela foi dormir, e começou a tocar uma musica q ela dizia q era dela e começou a rebolar e dançar,ela rebolava vinha e sentava no meu colo

meu pau jah estava taum duro q parecia q ia furar a cueca, ela veio e sentou no meu colo denovo e naum teve nem como naum perceber na hora ela disse:

nossa tem alguem ecitado aki e deu risos , se virou sentou do meu lahdo e disse sussurando no meu ouvido:

sabe , quando eu ti vi na em sua casa semana passada a primeira coisa q eu pensei eh

sera q ele jah transou com alguem mais velho

e me deu um beijinho do meio da boca e falow , agora eh melhor vc ir pq meu marido pode acordar

fui embora e fui pensando nakilo, fui correndo bater uma punheta no banheiro, aproveitei tomei banho i dormi.Depois desse dia ela ia lah em casa todos os dias visitar minha mae

e como ela era amiga de infancia e naum tinha trabalho minha mae topou dela ficar aki em casa limpando tudo , quando ela veio pra ca ficou fazendo jogo duro 3 meses , dizendo q akilo tinha sido pq estava bebada , mais eu via o jeito q ela me olhava , com kra de safada as vezes depois disfarçava, eu ficava todo ecitado ,no outro dia era sabado, minha mae e meu pai sairaum cedo pro trabalho e deraum a chave pra ela , ela chegou as 9 da manha e limpando tudo foi me acordando eu levantei e fui ateh a cozinha , ela estava lah lavando louça a cena me deu muito tesao fui correndo por traz dela e a encoxei sem do de uma vez passando meu pau pro toda a bunda grande dela, ela começou a rebolar e a rebolar e depois me deu um empurraum e disse "naum,para, naum posso vc eh muito novo"

fiquei insistindo a semana interia , fazia de tudo passava a mao na bunda dela

pegava ela por traz pegava nos peitos dela beijava sua nuca

depois de 2 semanas tive uma ideia esperei meu pai e minha mae sair e baguncei mesmu meu quarto , ela foi lah e viu a bagunça e disse pô lu q bagunça hein?

eu disse discupa, quando ela começou a arrumar tranquei a porta e fui atras dela ela estava curvada arrumando a cama eu cheguei pro traz e disse :

hoje vc eh minha, tirei minha camisa e fui beijando ela segurei ela bem forte

ela so dizia:para,para

e eu naum ouvia nda estava possuido por ela

a dispia com muita pressa

segurei ela bem firme virei ela de quatro,comecei a chupar a bucetinha dela e a biliscar

naum demorou muito pra ela começar a gemer

nem precisava mais segura-la eu so ouvia ela dizer "fode a minha bucetinha fode com essa lingua gostosa fode!!"

chupei ela com gosto naum demorou muito e ela gozou , se virou e começou a me beijar

tirou meu short e começou a flar dexa eu conferir

se deparou com 18 centimetros de pica ficou doida pois a do seu marido naum passava de 16. ela chupava com gosto naum aguentando mais a empurrei pra cama e começamos um 69 delicioso, ela so gemia e dizia ," vai me chupa , chupa essa bucetinha gulosa, chupa vai

naum aguento mais me fode, me fode toda" na hora coloquei ela na minha frente pinselei a bucetinha dela e pus de uma so vez , ela deu um urro na hora e disse:

issu, quero tudo de uma vez,vai me fode, me arromba toda vai meu gostosaum....

e aranhava minhas costa inteira ,fiquei deitado e ela por cima começou a cavalgar e dizia:

fica quetinho dexa eu ingolir esse pau gostoso, que delicia q pica gostosa ,ai

nossa , vai meu gostoso vai

me provocava dizendo q iria fazer eu gozar primeiro q ela , aceitei o desafio e comecei a estocar bem forte taum forte q dava ateh estralo

ela gozava muito jah naum queria saber mais de aposta tava com muito tesao

a xingava de tudo quanto eh nome , vadia,puta , vagabunda

ela so rebolava.

Gozou de novo e me disse:

agora come meu cuzinho amor, topei na hora , nunca tinha comido um cuzinho fiquei com muito tesao

botei ela de quatro e fui enfiando divagarinho, ela rebolando dizia:

vai fode meu cuzinho ,ai q pau gostoso , vai fode mete vai , mais forte mais forte

fui metendo e naum ia aguentar segurar mais e logo anuncie

vou gozar , ela feliz disse:

inunda meu cuzinho com essa porra vai , eu quero seu leitinho no meu rabo goza vai

e começou a jogar seu rabao pra traz gozei muito muito mesmu fiquei espantado com tanta porra, caimos exaltos e dormimos , de tardinha acordamos tomamos um banhu juntos e

nos beijando ela falow:

quero trepar com vc todo dia meu menino , ela me beijou saiu e foi arrumar a casa

Ate hoje transamos muito e naum dexo mais ela sair daki , vai trabalhar pra sempre

como minha puta vadia.

Comentários

27/04/2008 09:26:33
Pelo conto nota 9 Imaginação boa continue a escrever, agora quanto a calígrafia deixou muito a desejar
27/02/2007 17:47:18
Quer merda!!! Mais um que não sabe escrever.
18/10/2006 15:27:29
Nao tem coisa melhor do que comer uma mulher com essa idade, pois o perigo é minimo, onde o cornão nunca saberá de nada.
09/10/2006 12:30:59
ADOREI ESTE CONTO MENINO TU DEVES SER MUITO BOM!! BEIJOS
01/10/2006 02:21:15
num tem geito, use eskreve bom, eh o geito é lhe dá um zero.
01/10/2006 00:02:51
Pô garoto, faz tempo q ñ vejo um conto ( como sendo o primeiro) tão bem redigido, vc está de parabéns, continue enviando seus contos, os próximos serão melhores. nota 09
30/09/2006 23:16:25
"Sem comentários"... Nota 0.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.