Casa dos Contos Eróticos

Feed

Fuderam a buceta da minha mãe

Autor: MarceloFDP
Categoria: Heterossexual
Data: 14/07/2006 16:48:27
Nota 9.75
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Vou relatar o q aconteceu quando eu tinha 12 anos e minha mãe 29. Até hoje ela é muito bonita e gostosa com belas pernas, bunda e uma buceta que todos gostariam de comer. Nós morávamos numa cidade do interior e meu pai, vendedor da Seara, sempre viajava muito e ia em casa mais ou menos de sete em sete dias. Certa vez estava tendo uma reforma em nossa casa e foram contratados 2 rapazes negros pra colocarem as cerâmicas... O serviço corria normalmente até que um dia eu falei que ia brincar na rua com as amigos, mas acabou que não fui, fiquei em casa, quando escuto Paulo(um dos negros) perguntar a minha mãe: Onde está seu filho?? – Foi brincar com uns amigos- respondeu ela. Então fiquei curioso com aquilo, pois eu nunca havia nem sequer falado direito com eles e fui até lá ficando escondido atrás da parede... quando vejo Paulo se levantar de onde estava e ir até minha mãe que lavava algumas louças e encaixar seu corpo no dela. Ela logo mandou ele parar , mas nem sequer tentou afasta-lo de sua bunda, que logo começou a apertar o pau contra seu corpo. Ta sentindo o quanto ele ta duro, ele quer entrar em vc, disse Paulo e ela mais uma vez apenas mandou ele parar, que não devia fazer aquilo senão ele teria problemas, porém pelo jeito ela tava adorando. Roberto(o outro cara) apenas observava o que tava acontecendo com um sorriso no rosto. Paulo então se afastou um pouco e botou sua vara pra fora da calça e pude ver seu volume. Era enorme, só já vi um daqueles nesses filmes pornôs, além do que sua grossura era descomunal. Ele levantou o vestido dela, que continuava a mexer nas louças e começou a esfregar em sua buceta sobre a calcinha... e falando: Essa xoxota já engoliu um desses aqui?? Já experimentou muito pau?? E ela:

Só fiz isso com meu marido, e para logo com isso. Uma coisa posso dizer, o pau do meu pai ficava longe daquele mastro que Paulo tinha...Um pau daqueles abriria minha mãe ao meio. Paulo: Roberto, vem aqui e mostra o seu pra ela, essa xoxota ta necessitando muita rola...e sorriu. Roberto arrancou logo a roupa e revelou um pau maior que o de Paulo, porém não tão grosso, começou a esfregar na bunda dela e enfiou a mão dentro de sua calcinha pegando em sua buceta.. Uhm, ta raspadinha, acho que tava esperando agente...ahahahah, disse Roberto em tom de deboche. Paulo afastou Roberto e com um soco rasgou a calcinha dela e depois o vestido deixando-a nua e ai pude ver sua buceta. Linda, toda raspada, branquinha com os lábios rosados, pequena porém bem gordinha. Paulo então empurrou o corpo dela pra frente deixando-a com os seios apoiados na pia. Brincou com o pau na entrada da buceta dela e começou a enfiar a cabeça. Ela então: por favor, coloca camisinha, eu não tomo pílula e to no meu período fértil... Paulo sorriu e terminou de colocar a cabeça e disse: Agora se prepara e não grita... se quiser geme baixo que não gosto de puta barulhenta. Pra ela não gritar, Paulo colocou a mão em sua boca e com um movimento brusco e violento enfiou toda sua vara dentro da minha mãe onde pude ver seus olhos encherem d’água, Roberto sorriu e disse: assim vc não vai deixar nada pra mim....

Paulo então continuou com a mão na boca dela e começou a fuder violentamente com movimentos bruscos, onde eu só ouvia os gemidos abafados dela e o som do saco dele batendo na bunda dela e via sua buceta antes linda toda aberta e vermelha sendo deflorada daquela forma, mas era o que ela queria. Ao ver que ela havia se acostumado com ele dentro dela, Paulo tirou a mão de sua boca e agarrou seus seios e ela pediu entre os gemidos: Quando gozar, goza fora, não pode gozar dentro. Mas Paulo ignorou e na hora de gozar, puxou a cintura dela pra trás colocando seu pau o mais fundo possível e gozou tudo, ele ficou assim muito tempo, pelo que notei ele gozou muito, pois até escorreu um pouco pela perna dela daquela porra grossa. Antes de tirar o pau de dentro dela ele lhe deu um tapa na bunda e disse: Sua xoxota tem que beber todo meu leite, ele faz bem pra você, e sorriu puxando o pau pra fora deixando na mesma posição parecendo exausta. Nessa hora vi melhor ainda sua buceta e vi o estrago que havia ficado. Ela estava aberta, vermelha e muito inchada, porém parecia ainda mais linda naquela situação, mas sem deixar que descansasse, Roberto já veio e posicionou nas costas dela dizendo: agora é minha vez, mas não sou bonzinho como o Paulo, se gritar vai apanhar e não vou tampar sua boca. Se gritar vai apanhar assim – deu 2 tapas fortes na bunda dela – então não faça barulho. Novamente encaixou a cabeça dentro dela q agora entrou sem dificuldade, segurou na cintura dela e enfiou com um soco só...ela gritou....ele então tirou o pau dela, e começou a bater em sua bunda deixando-a toda marcada. Vadia, eu não mandei fazer silêncio, vc gosta de apanhar, então toma. E bateu mais nela que apenas gemia. Então ele parou e enterrou nela que dessa vez se segurou pra não gritar. Seus movimentos eram mais violentos que o de Paulo porém com estocadas mais lentas e firmes tirando quase tudo e enfiando até o talo. Assim como Paulo, gozou tudo dentro dela e retirou o pau. A buceta dela estava super inchada, parecia que estava em brasas depois de tanta vara. Roberto olhou e disse: Olha, deixamos a buceta dela toda assada, mas ela vai acostumar com vara de verdade logo, nosso leite vai fazer muito bem mesmo pra ela...sorriram os dois, se vestiram e falaram: agora temos que ir, não lave a xoxota não pq senão vc não vai sentir o gostinho da nossa porra, mas amanhã estamos de volta pra terminar os dois serviços, vc e a cerâmica...ahahahah.

Saíram e ela continuou estendida na pia se recuperando. Depois de alguns minutos se levantou com alguma dificuldade e eu corri e sai pra rua pra não ser notado. 1 hora depois volto e ela estava mexendo em algumas coisas na sala e vi ela andando com as pernas abertas e se sentando de lado. Sua buceta devia estar latejando depois da maratona que enfrentou...Bom, se gostaram mandem email que conto as conseqüências disso e a continuação do outro dia....Tchau mae_puta@yahoo.com.br

Comentários

15/02/2010 21:39:40
ensacional
22/05/2009 00:37:50
nota 0 sua bichona, vc e macho embaixo de outro macho
31/01/2009 01:04:36
muito baum,nao tenho coragem de comer minha mae apesar de ela ser muito gostosa,ai eu dexo meus amigo mete nela
patolino
19/07/2006 09:21:26
cara acho que vc gosta de pica de negão tipo a.
negro tipo a
18/07/2006 23:08:25
Esse é um caso,tipico daqueles que freud(fóid)narras naqueles livros de psicanalise.O desejo de ser a mãe!!!!!!!!!!!!!!!!!!hhahahahahaha
Anarfabeto
15/07/2006 13:46:16
Muito gostoso este conto fiquei com o pau duro, esta e a maneira que eu vejo o merecimento das notas fiquei com o pau duro leva nota boa 10. Agora procure foder sua mãe e depois conta para a gente parabens
Henrique
15/07/2006 09:00:45
Deveria ter mais respeito com palavra Mãe, embora, idiotas como você nunca vai saber mesmo o significado de um ser tão maravilhoso...Brinque com o que vc quiser, menos com a pessoa que sofreu para te trazer ao mundo...Lave a boca primeiro antes de falar assim em Mãe, se você não tem respeito, saiba que aki, a maioria tem, independentemente de fazer comentários críticos ou não, pois isso daqui é site apenas para leituras e comentários eróticos e exóticos, não para desmerecer um alguém especial.
Dan
14/07/2006 22:16:31
Tu só pode ser boiola mesmo, pq homem só tem carinho e respeito pela mãe o seu cretino.
Carlos
14/07/2006 18:52:42
Vá pra escola antes de escrever tantas bobeiras assim... Vá procurar alguma coisa para fazer, porque mentir vc já mente muito... Ah, e não esqueça de usar as roupinhas intimas da mamãe tb, já que vc ficou com tanta invejinha dela....
Lear
14/07/2006 18:45:59
Nota ZERO pra vc,sua Bichona Doida.Faça um curso de alfabetização,pois de boiolagem vc ha conheçe.
Reginaldo Gadelha
14/07/2006 18:23:16
Me conta: vc sentiu inveja de sua mãe ?
Sergio-DF
14/07/2006 16:59:23
As consequências disso é que vc passou a gostar de uma pau, porra, cara vc repetiu tanto a palavra pau e rola, uqe acho que era vc quem queria esta no lugar da sua mãe, vai mentir assim LÁ NA CASA DO CARALHO.."NOTA 0".

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.