Casa dos Contos Eróticos

Feed

COMENDO A TITIA A FORÇA

Autor: cavalonocio
Categoria: Grupal
Data: 18/06/2006 22:30:14
Nota 9.20
Assuntos: Tia, Grupal
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

vou contar a historia de minha tia rosinha, ela é uma loira de 32 anos, peitos médios, corpo definido e uma bunda enorme e arrebitada que sempre me tirou suspiros e altas punhetas. Ela foi casada durante 15 anos com meu tio e tiveram dois filhos. Até que o seu casamento começou a desandar pois ela foi descobrindo que meu tio usava drogas escondido, saía com outras mulheres, e foi descobrindo pouco a pouco os podres dele, até que um dia seu casamento acabou de vez quando viu meu tio entrando em um motel com um gay lá da cidade.. No ínicio foi difícil para ela, pois apesar de tudo ela gostava dele...com a partilha dos bens ela montou um negócio próprio que lhe rendeu algum dinheiro, mas com o tempo o negócio foi a falência....Eu nesta época morava sozinho em Goiânia e ela perguntou se não poderia vir morar comigo por ums tempos até se estabilizar profissionalmente, eu disse que tudo bem ....então alguns dias depois ela veio junto com seus dois filhos.... Eu sempre tinha desejos por ela, mas nunca tive coragem de tentar algo...sempre que ela ia tomar banho eu corria para a porta do banheiro e ficava curiando ela e me masturbando....e isso durou sei meses e como ela não conseguia um trabalho, uma amiga dela perguntou porque que ela não tentava a vida na espanha, minha tia era uma mulher muito honesta e simples e sabia que se fosse para a espanha só ganharia dinheiro se fosse fazer programas, pois outros tipos de serviço rendiam pouco....mas mesmo assim ela foi para a espanha e deixou os filhos dela com minha avó... Pouco tempo depois ela ligou e disse que estava trabalhando como garçonete em um restaurante, mas que depois eu descobri que era mentira, pois ela estava trabalhando como prostituta, e estava lucrando muito pois com um corpo daqueles era fácil arrumar clientes ricos....ela ficou por lá 1 ano e meio e quando voltou estava com muito dinheiro, o qual investiu em uma casa, um carro e outras coisas.....quando eu a vi não a reconheci estava muito liberal e sedutora...uma verdadeira puta de luxo.. Nesta época que entra em cena meus primos carlos e pedro que eram os caras mais sacanas da familia, comiam tudo que era tia, prima, sobrinha ....tudo que tivesse buceta eles estavam dando em cima..e eles sempre conseguiam pois eram bem simpáticos, na cidade do interior onde minha tia morava havia um lago de uma hidrelétrica onde ela adorava pescar os famosos tucunarés, um dia o carlos convidou ela para ir pescar, ela perguntou quem iria e ele disse que ia ele o pedro e ela, ela disse que só iría se eu fosse tambem, acho que ela ficou com medo de ficar sozinha com os dois pois conhecia a fama deles e em mim ela confiava, pois jamais passava pela cabeça dela em transar com alguém da familia. Nós fomos e quando lá estavámos, pegamos nossa tralha de pesca entramos na canoa e fomos a uma pequena ilha que havia por alí, na verdade os dois não queriam pescar porra nenhuma, queriam mesmo era enfiar a minhoca na gruta dela, e colocaram seu plano em ação...estavamos pescando de dentro da canoa quando o carlos disse que estava numa vontade enorme de mijar, como não tinha como descer da canoa ele que estava do lado dela tirou a rola pra fora e começou a mijar na frente dela, ela deu uma olhada no pinto dele que era enorme deveria ter ums 19 cm, e virou o rosto com vergonha....ele na maior cara de pau perguntou se ela gostou do que tinha visto, ela tirando uma com ele disse que já tinha visto maiores....o pedro então levantou e disse abaixando o calção: duvido que já tenha visto um desses então, ela não acreditou no que viu, o cacete dele deveria ter uns 25 cm e era bem grosso..ele vendo que ela tinha se espantado foi indo pro lado dela balançando o pau até que chegou perto do rosto dela dizendo, vai da uma pegadinha nele pra ver se é de verdade, ela deu um empurrão nele mandando ele sair fora, foi nessa hora que o carlos pegou ela por trás e começou a esfregar o pinto na bunda dela...ela começou a se debater e pediu que eu a ajudasse, então olhei pro lados e pensei: estamos em um lugar deserto, sem ninguem pra atrapalhar, os dois vão acabar comendo ela de qualquer jeito e eu sempre fui louco pra fuder ela também, eu vou ajudar sim, mas vou ajudar a segurar ela..... Minha tia vendo qeu estava totalmente dominada por nós pediu que nós a soltassemos que já que não tinha outro jeito ela iria dar pra nós, ficou de joelhos e abocanhou a rola do pedro que com muito custo conseguiu colocar a cabeça toda da boca, o carlos e eu tiramos a blusa dela e ficamos amassando aqueles peitos deliciosos, apertávamos os bicos e até uns tapas nós demos neles, e fui pra trás dela e tirei o short de lycra que ela estava, deixando a mostra aquele monumental bucetão gostoso toda espoxto que fui logo enfiando os dedos, enfiei um depois dois,tres e ela já estava gemendo o pedro gritou dizendo que seria o primeiro a meter nela, mas antes dele terminar de falar eu soquei meu pinto na buceta dela que entrou tudo de uma vez pois estava muito lubrificada, meu pau tem 17cm não é muito grande mais é bem grosso, ela deu um grito de prazer na hora que soquei nela, o pedro me xingou tudo e eu continuei bombando aquela xana linda que sempre esteve em meus sonhos, nisso o carlos foi pro lugar do pedro e pegou o rosto dela com as duas mão mandou ela abrir a boca e socou o pau dele que foi até a garganta, onde ela fez um pouco de vomito, mas ele continuo fodendo a boca dela com extrema rapidez e violência....eu já tinha metido bastante na boceta dela e queria meter na boca dela também....o pedro veio e sentou-se num dos bancos e mandou que ela sentasse no seu mastro de 25cm ela veio e foi se ajeitando em cima dele até vi aquela bucetona engolir todo o pinto dele, eu olhava pra cara dela e via que ela literalmente revirava os olhos de tanto prazer, puxei a cabeça dela e meti meu pau todinho em sua boca suculenta...o carlos ficava falando como nossa tiazinha era puta, uma verdadeira vagabunda e ela até que gostava dos palavrões... nisso ela ficava galopando freneticamente no pau do pedro...o carlos deu um grito dizendo que era sua vez de meter nela pois não tava mais aguentando o tesão..ela se levantou e ele a colocou de quantro e quando ela pensou que ele ia enfiar na sua buceta, ele somente deu uma lubrificado no pau com o suco que escorria dela, e colocou na porta do cú dela e começou a forçar, ela tentou se livrar dizendo que não pois nunca tinha dado, mas ele disse segurando ela que tudo tem uma primeira vez e hoje ela teria serviço completo....e foi forçando a entrada até que a cabeça rasgou seu cuzinho e aos poucos seu pau foi escorregando pra dentro dela, podia se ver um pouco de sangue saindo, mas mesmo assim ele continuava forçando até que enfiou até o talo, bombava feito um louco na bunda dela e tia rosinha só gemia de prazer e dor misturada, como ela tava gemendo muito meti minha pica na boca dela o pedro veio e tentou meter na boca dela tambem, estavamos nós dois metendo aquela boca linda...depois de um tempo eu deitei no assoalho da canoa e tia rosinha sentou no meu pau abocanhando todo ele com a buceta, o pedro posicionou atras dela e começou a enfiar no cuzinho dela enqunto o carlos foi pra frente pra meter na boca dela...ficamos nessa posição um tempão e ela já tinha perdido as contas de quantas vezes havia gozado e nós ali firme metendo e metendo....até que o carlos não aguentou mais e encheu a boca dela de esperma e logo em seguida meteu a rola de novo socando o esperma pra sua garganta onde ela engoliu tudo e deixou o pau dele todo limpo, o pedro da mesma forma tirou o pau do cu dela e gozou na cara dela, onde seus olhinhos verdes ficaram cheios de porra assim como todos seu rosto...eu tambem me levantei mas não quiz gozar na cara dela, coloquei ela de quatro e como não tinha provado do cú dela meti meu pau que entrou de uma só vez pois o pedro tinha deixado uma cratera, bombei alguns minutos até que com o pau atolado no rabo dela gozei feito um louco enchendo seu rego de porra, quando tirei o pau vi um rio de porra escorrer por entre suas nádegas passando por cima de sua buceta....e pingando no assoalho da canoa. ficamos todos exaustos com aquela fodelança e remamos em direção ao acampamento e deitamos nas redes pra descançar e logo depois começamos tudo de novo...depois desta aventura meti na minha tia muitas ourras vezes, até que um dia quando fui pra sua casa bati na porta e ninguem apareceu então fui entrando e quando cheguei no quarto vi meu primo leandro o filho dela de 16 anos fudendo ela de quatro..

Comentários

18/11/2011 13:52:42
Rasgou o cuzinho, estuprou a tia, pegou doença e levou um 7.
07/07/2011 01:32:28
Kramba. Bom conto msm
20/02/2010 12:24:25
sensacioal
09/08/2009 12:51:48
a ranquei essa sua tia e putinha mesmo o coisa boa emmmm
Jesinha
20/06/2006 15:11:57
maravilhoso seu contomas como essa canoa não virou????? com 4 em cima dela se debatento??? Era o Titanic? hehehhe
cavalonocio
19/06/2006 20:31:20
quem quizer se corresponder comigo esta ai meu email tenho varios outros contos...cavalonocio@gmail.com
lana
19/06/2006 04:36:59
adoro seus contos, se quiser tc pelo msn adoraria

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.