Casa dos Contos Eróticos

Feed

O ASSALTO

Autor: SILVIA
Categoria: Homossexual
Data: 28/05/2006 19:07:16
Nota -
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ola, Eu me chamo Silvia tenho 34 anos anos, 1,65mts, 58kls, branca bronzeada, coxas grossas, seios medios e um belo bumbum com a marquinha do biquini e sou casado com um belo homem de 36 anos, moreno claro bronzeado, 1,77mts, 72kls , corpo definido, cabelos lisos e pretos é um gato. Moramos a beira mar nunhuma cidade pacata e legal. Porem uma noite de verao , fazia muito calor chamei meu esposo para passear-mos a beira mar, deveria ser uns 22:00hs, e saimos nos dois em direção a beira mar, eu vestia apenas uma sainha com uma minuscula calçinha e uma camisa bem fresguinha , tipo frente unica e meu esposo so de short. Começamos a caminhar e olhar para o mar, apenas viamos luzes dentro do mar, deveriam ser os pescadores em seus barcos a noite pescando com redes e continuamos a caminhar em direção ao sul de nossa residencia, depois de uns 45 minutos de caminhada, notamos um vulto vindo em nossa direção, poderia ser qualquer pessoa e ou ate mesmo um pescador. E continuamos a caminhar...Quando passamos, notamos que era um homem negro aperantando ter 1,85 e seus 80kls, pensei deveria ser um pescador pois estava so de sunga com uma camisa na mao. Ao passarmos por ele, ele deu boa noite, respondemos e continuamos a caminhada, POREM notamos que depois estavamos sendo sequidos pelo homem negro... Nada pensamos deminuimos os nossos passos deixamos ele passar por nos...NEste exato momento ele passa e vira de frente para nos dois e da camisa ele tira um revolver e anuncia que era um assalto. EU e meu esposo diz que nao temos nada pois so estavamos caminhando pela beira mar...ai o homem negro se agita e diz que se nao tivessemos nada ele iria nos matar. comecei a chorar e meu esposo disse para ele se quisesse alguma coisa poderia nos acompanhar ate nossa casa e dariamos o dinheiro e ou ate mesmo o carro, ele nao aceitou e disse que nao queria mais isso e sim que eu e meu esposo tirassem a roupa e ficassemo nus os dois...; E fizemos o que ele pediu e ele começou a me elogiar o meu copo e pediu que eu tirrasse seu short e sempre apontando a arma para meu esposo... EU olhei para meu esposo tirei o short dele e vi e notei que ele estyava ficando excitado, e ele me pediu que eu começasse a chupa-lo e eu o fiz, com muito carinho pois era a primeira v3ez que colocava um cacete na boca fora o do meu esposo que é tamanho medio uns 16/4,5cm, ...E comecei a chupar e a gostar daquele monumento em minha pequena boca pois notei que o cacete dele deveria ter uns 23cm por 7,0cm, e com uma veias sobressaltadas e logo ele ficou duro...AI ele pediu para que meu esposo se juntasse a mim e chupasse o cacete dele junto comigo. Foi o que fizemos pela priomeira vez vi meu esposo chupar o cacete de um homem, e depois que o cacete do negro estava duro feito uma barra de ferro ele pediu para que eu e meu esposo ficassemos de quatro na frente dele... EU estava toda molhada e ele começou a colocar a cabeçona daquele cacete em minha bucetinha, nao aquentei e berrei feito uma cadela no cio, era grosso e ele começou a enfiar devagar e eu e meu esposo de quatro nos dois se bjando e sentindo muita tesao...por esta acontecendo aquilo...em pouco tempo el enfia tudo e eu nao aquento e caio na areia, é grande e grosso falo para meu esposo, e meu sposo me levanta e fica sentado na minha frente , eu começo a chupar meu esposo e eo negrao a bombear aquele monumento em minha pequena bucetinha ate eu berra de dor misturado com tesao e vontade de ter aquilo dentro de mim... mais o pior ainda nao teria começado, ele gozou junto comigo , minha chaninha ardia de dor e tesao e ele pediu para que eu e meu esposo voltasse a chupa-lo de novo e voltamos e dentro de pouco tempo la estav aquela tora negra dura de novo...e ele pediu para ficarmos de quatro outra vez...POREM so que desta vez ele queria comer minha bundinha que nunca tinha dado nem mesmo ao meu esposo...ai eu disse que nao, porem ele engatilhou a armae disse se nao desse ele mataria NOS DOIS...e passou custe e começou a colocar doeu, doeu e ele foi abrindo minha bundinha com aquela vara descomunal ate coloca-la tudo dentro de mim, e começou o vai e vem eu nao aquentei e começei a gritar de dor e sentir que estav sendo mesmo arrombada por uma pica de 23/7cm, quase desmaio detanta dor e depois come0çou a vir o tesao e ele começou a bombear cada vez mais rapido at eu nao aquentar e gozar de todas as maneiras e gritando feito uma cadela no cio...e mais uma vez ele gozou e pediu agora para comeu meu esposo...POREM se nao desse para ele ele mataria sempre com esta desculpa para nos dois... POREM sorte do meu marido e para mim eu queria mais, neste momento estava chegando um dos barcos que estavam pescando e quando ele notou se vestiu e correu e sumiu de nossas vistas. Os pescadores fieram e viram nos dois la nus e perguntaram o que tinha acontecido e nos contavamos tudo aos quatro pescadoresenquanto estavamos nos vestindo a um deles disse que tal agora terminarmos, eu como estava louca de tesao baixei a calcçinha de novo e todos os quatros me comeram um atraz do outro, nao eram avantajados porem naquela noite ficamos ate 03:00da manha, eu sendo comida pelos cinco, pois desta vez meu esposo participou e nao foi molestado como queria o negrao....ATE hoje sempre passeamos todas as noites para encontrarmos de novo com ele para terminar-mos pois nunca vi um mmenbro tao gostoso como o daquele homem que queria nos assaltar e depois desta noite agora sempre queres sair com homens e ou casais-bi...quam se atreve e ou topas, adicionemos nosso MSN SILVIAxRONALDO@hotmail.com, Beijos e aguardamos contacto de casais e homem dotados.

Comentários

johny
30/05/2006 16:18:36
olá o seu contoé um tesao sou de recife , me escrevao

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.