Casa dos Contos Eróticos

Feed

Transa com minha vizinha safada.

Autor: Curioso
Categoria: Heterossexual
Data: 31/03/2006 19:38:24
Nota 10.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Transa com minha vizinha safada.

Ola, meu nome é Carlos, tenho 27 anos, boa pinta, e que vou relatar agora aconteceu comigo nos meados de 2003 quando me mudei para minha nova casa, eu minha esposa e minha filha de 6 anos, um lugar muito tranqüilo, nossa casa ficava de frente para um condomínio de apartamentos, no qual morava essa minha vizinha.

No passar dos dias em nossa nova casa, notei que minha vizinha vivia me observando, todos os dias quando saia para o trabalho ela me comia com os olhos, comecei a notar aquelas curvas lindas que ela tinha, sempre com uns shórtinhos bem curtinhos, linda......, mais nunca pensei em trair minha esposa até que um dia ela fez um sinal que queria falar comigo, aquilo foi a gota d’água, fiz sinal que tudo bem e entrei para casa, a noite quando fui dormir fiquei pensando no que tinha acontecido, rolava na cama de um lado para o outro e nada do sono vir e fui assistir televisão, não preguei o olho naquela noite.

Minha esposa acordou no outro dia e me perguntou se estava tudo bem, respondi que sim, e que só estava preocupado com o meu serviço e tudo bem, me arrumei e fui trabalhar, quando estava tirando o carro para fora ela saiu na sacada de seu apartamento e fez sinal para eu esperar ela, fechei o portão entrei no carro enrolei uns 3 minutos e sai, quando virei na esquina de casa vi minha vizinha andando na calçada com uma calça jeans grudada em seu corpo, era a bunda mais linda que eu já tinha visto, parei o carro dei um bom dia e perguntei para onde ela ia, ela então sorriu e falou que iria para o centro, perguntei se queria carona, mas que depressa ela entrou no carro, e fomos conversando, ela me contou um pouco de sua vida e eu da minha, enquanto isso eu ia comendo ela com meus olhos, seus peitos eram maravilhosos, eu naquela empougação fiquei exitado, e ela notou que eu estava de pau duro, parei o carro para ela descer e peguei o numero do seu celular, um frio tomou conta da minha barriga e dei um beijo nela, um beijo que a muito tempo não dava, ela falando baixinho falou que estava louca de tesão para transar comigo, falei que iria ligar para combinar para sair com ela, na hora me deu muito medo, comecei a pensar em mulher e filha fui até um pouco rude com ela.

Neste mesmo dia no trabalho minha esposa me liga chorando que sua avó estava passando mal e que iria para a casa dela que pôr sinal ficava em uma chácara a uns 45 quilômetros de casa, falei para ela ficar calma e que tudo ficaria bem, então ela e minha filha foram para a casa de sua avó, não pensei duas vezes peguei o telefone e liguei para minha vizinha, combinei com ela para sairmos naquela noite.

Cheguei em casa ela saiu na sacada em me mandou um beijo, tomei um belo banho liguei para ela me esperar na esquina de cima de casa e fui, quando parei o carro ela entrou com um vestidinho colado em seu corpo, me deu um beijo gostoso e caiu de boca em meu pau, ali mesmo na rua, nossa que maravilha..... parti para o motel mais próximo.

Foi a conta de parar o carro não agüentei e gozei, ela muito safada engoliu tudo e ainda limpou meu pau com sua língua, entrei no quarto já fui tirando sua roupa, que corpo lindo ela tinha, comecei a chupar seus peitinhos lindos, chupava com muito fogo parece que eu tinha me transformado, fui descendo até chegar na sua bucetinha linda e cheirosa, já estava toda molhadinha , que gosto bom ela tinha.....chupei até ela gozar, explodiu de tesão me puxou pelo cabelo tascou-me um beijo e me mandou fuder aquela bucetinha, eu sem perder tempo coloquei meu pau na entrada da sua bucetinha já toda molhadinha em mandei de uma vez só, ela foi a loucura... me arranhou as costas, comecei a bonbar com força e sem dó daquela bucetinha, ela me virou na cama e começou a cavalgar como uma louca, não demorou muito e ela gozou pela Segunda vez, parecia que eu tinha descoberto o sexo de novo, coloquei ela de quatro e falei agora é minha vez de gozar de novo e mandei, era a vista mais linda que já tinha visto, minhas bolas batia em sua nádegas, passado uns 10 minutos veio aquela sensação maravilhosa de novo, gozei dentro daquela bucetinha, exausto me dei pôr satisfeito deitando do seu lado, ela então levantou e foi tomar um banho, eu fiquei a li parado observando aquele corpo lindo.

Ela voltou com um lindo sorriso e falou para eu ir tomar banho que ela tinha uma surpresa para mim, me levantei e obedeci, quando terminei o banho ela estava deitada na cama se masturbando e falou que meu presente era seu cusinho, vendo ela se masturbar e falando aquilo fiquei louco, meu pau latejava de tanto tesão, chequei perto dela, ela ficou de joelho na cama dei outro beijo de língua dela, de novo ela me fez um chupeta maravilhosa, que boca tinha essa vizinha, coloquei ela deitada na cama de ladinho e comecei a chupar seu cusinho deixei ele bem lubrificado e coloquei meu pau na entrada daquela fenda apertadinha e quente, ela me pediu para ir bem devagar, forcei meu pau para entrar, ele foi entrando bem devagarinho, que sensação gostosa comer aquele cusinho, coloquei todo meu pau dentro daquela bunda maravilhosa, então comecei a fazer movimentos de vai e vem com muita calma, enquanto isso ela se masturbava com seus dedinhos, fui ficando excitado e metendo com um pouco mais de força, acelerei mais os meus movimentos e ela gozou de novo pela terceira vez, vendo ela se contorcer não agüentei e enchi seu cusinho de esperma, nunca tinha jorrado tanto esperma daquele jeito, que maravilha, nos beijamos de novo, tomamos em banho e fomos embora.

Depois desse acontecimento nos tornamos amantes, ficamos juntos uns 8 meses e nos afastamos um do outro, mas sempre que nos encontramos o fogo renasce dentro de nós.

Espero que tenham gostado;

comentem por favor.

Comentários

07/01/2009 13:16:41
é foi bom

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.