Casa dos Contos Eróticos

Feed

Dei a bunda no mato (Homens aprendam com ele)

Autor: Maria Paula
Categoria: Heterossexual
Data: 10/02/2006 21:34:38
Nota 7.17
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

A história que vou lhe contar, aconteceu comigo durante um típico churrasco de sabado entre amigos. Estavamos em uma chacara eu e mais umas 30 pessoas, fazendo um churrasco, nadando na piscina, azarando um pouquinho, porque ninguem é de ferro. Alguelm em especial não tirava os olhos de mim, era Flávio, um cara de uns 25 anos, corpo sarado, soriso maroto, o que a principio não passava de um cara interessante, mas por aspectos puramente fisicos, no fundo me pareceria somente mais um daqueles garotões que comem todas as meninas da faculdade, mas que não passa disto, ou seja, um comedor. Mal sabia eu que estava parcialmente certa, realmente Flávio era um comedor mesmo, mas não era somente pelo seu corpo atlético, ele também sabia seduzir e muito bem uma mulher, conforme eu mesma descobri na pratica de uma forma deliciosa, homens que lerem esta história, prestem muita atenção e apresendam com este garoto. Já eram umas 16:00h, eu estava com algumas latinhas a mais de cerveja na cabeça e decidi parar de beber para poder dirigir logo mais, então peguei a ultima latinha e sai caminhar sosinha por uma trilha na mata que me falaram levar para um pequeno lado uns 200 metros mais pra frente. Ao chegar no laguinho, sentei em um banco improvisado feito com uns troncos, acendi um cigarro e comecei a tomar cerveja pensando na vida. Alguns instantes depois chega Flávio e senta do meu lado,brinquei com ele, falei - Você esta me seguindo é garoto? Com um jeito todo especial Flávio me respondeu - Estava te seguindo, vendo este bumbumzinho lindo passear pela floresta Achei aquilo o máximo, brinquei com ele, - Meu bumbum já foi mais bonito, fumando e bebendo, acho que estou enchendo ele de celulite - Que é isto gatinha, ele continua lindo, alias você sabe como eu vi o primeiro bumbum de mulher na minha vida? Então Flávio continuou, - Quando eu tinha uns 7 anos, eu vinha na beira deste laguinho com a minha prima de 8 anos, então a gente fazia a seguinte brincadeira. Ela ficava na minha frente a abaixava a calcinha para eu ver a bundinha dela, e eu depois abaixava o meu calção para ela ver o meu pintinho. Começamos a dar risada da história, mas vocês sabem assim como eu sabia naquele momento até onde Flávio queria chegar. Então ele se levantou do banco onde estavamos, e ficou em pé a minha frente um meio metro, eu sentada com a lata de cerveja na mão. Flávio calmamente abaixou o shorts de banho e me mostrou o pau dele, o reflexo foi automático, me curvei com o corpo como quem quer colocar aquilo tudo na boca, foi puramente instintivo. Quando eu estava quase com os lábios tocando o seu pau, ele o colocou para dentro da cuéca e novamente sentou no banco do meu lado. Fiquei excitadissima com a situação, afinal de contas aquele garoto espertinho estava controlando a situação, eu precisava fazer alguma coisa. - Como mesmo que sua priminha fazia, quando eram crianças e você mostrava o pau pra ela aqui na beira do laguinho mesmo? - Ela ficava de pé uns 2 metros na minha frente e abaixava a calcinha na altura do joelho para eu ficar olhando, respondeu Flávio com um soriso encantador. Acendi um cigarro, me levantei, caminhei alguns passos adiante e abaixei as minhas calças até a altura do joelho, ficando uns 15 segundos naquela posição, sem olhar para trás. Então novamente levantei as calças e sentei no banco. Ao me sentar, Flávio olha para mim e diz, - Não sei de onde tirou que a sua bunda esta com celulite menina, ela é deliciosa. - Deve ser porque ultimamente não acho nenhum homem que a mereça e que saiba cuidar bem dela. Flávio se levanta e me puxa carinhosamente pelas mão na direção de uma arvore a beira do laguinho. - Olha menina, no meio do mato não é o melhor lugar para cuidar bem de você e da sua bundinha como você merece, mas eu prometo que vou tentar. Me encostei em uma arvore abracei Flávio olhando nos olhos dele, e disse, - Posso te fazer um pedido? - Claro gatinha, o que você quiser? - Se tiver uma camisinha, cuida bem de mim e da minha bundinha? Flávio retira uma camisinha do bolso e a coloca no seu pau. Me virei de costas para ele com as mãos apoiada na arvore e abaixei as calças até a altura do joelho. Flávio começou a beijar a minha nuca e a penetrar a minha xoxota bem devagar, colocando e tirando sem muita pressa, mas com muito jeito. Eu estava louca de tesão, completamente dominada como uma femea entregue ao seu macho comedor. Até que Flávio retira o pau de dentro de mim. - Gatinha, chegou a hora de eu cuidar bem da sua bundinha. - Vai devagar, não machuca ela não gatinho. Eu dizia aquilo em um tom de pedido, como quem quer algo, mas te medo das conseguencias. Flávio então pacientemente começou a me penetrar anal. Senti a cabeça do seu pau passar pelo meu sfíncter até chegar ao fundo do meu cuzinho, pedi pra ele ir devagar, e ele foi, devagar, mas cada vez mais enfiando aquele pau gostoso dentro da minha bundinha. - Entrou tudo - Falamos os dois ao mesmo tempo como se fosse combinado, demos um soriso um para o outro, eu sentida os seus testiculos tocando na entrada do meu anus, realmente tinha entrado tudo, a sensação era de ardencia, mas era muito gostoso. - Estou cuidando bem da sua bundinha gatinha? Estava sim, maravilhosamente bem, Flávio começou a enfiar e retirar com mais força. Me permitam homens que estejam lendo este conto erótico, lhe ensinar algumas coisas sobre como comer a bunda de uma mulher. O primeiro principio é não insistir, quando um homem insiste, na cabeça da mulher começam a passar duvidas sobre se ele realmente vai parar ou não durante a transa caso ela peça para ele parar. E tudo que uma mulher mais teme quando esta dando a bunda é que o homem não pare de enfiar se ela começar a sentir muita dor. Outra coisa importante é colocar devagar no começo, sempre a entrada é a mais dolorida, até passar a cabeça do pau para dentro do anus, a dor é sempre grande, então o homem tem que colocar de leve, esperar alguns segundos até a mulher relaxar, depois colocar mais um pouco, relaxa e assim vai indo até finalmente entrar tudo. Foi oque Flávio fez. No nosso caso não tinhamos nem um tipo de lubrificante, então utilizamos saliva, alem de que eu estava em pé, que não é das posições a mais favoravel. O cara tem que ter muita calma e técnica para não machucar a mulher. Uma outra questão importante em sexo anal é o tamanho. Tamanho afinal importa? Eu e todas as amigas que já converssei sobre o assunto temos opiniões parecidas. Tamanho importa sim, não o comprimento, mas principalmente a grossura. Pau grosso doi bem mais do que pau cumprido, eu particularmente gosto pra anal de pau cumprido mas não muito grosso. O que importa mais que o tamanho no fundo é o jeito, e isto Flávio tinha de sobra... (risos). Voltando ao relato. Estava eu lá, em pé com as mãos na arvore, com as calças na altura dos joelhos, e Flávio com o seu pau todo enfiado na minha bunda. Doia, mas era gostoso. Flavio continuou metendo o pau na minha bunda, eu gemia de tesão, até que finalmente Flávio, gosou bem gostoso, minha bunda estava ardendo, mas o tesão era maior.Flávio então tirou o pau de dentro de mim e perguntou se ele tinha cumprido a promeça dele de cuidar bem da minha bunda, respondi: -Cumpriu sim gatinho, maravilhosamente bem (risos). Então Flavio se abaixou, pediu pra eu abrir um pouco as minhas pernas e começou a chupar a minha buceta, gozei deliciosamente na sua lingua, eu estava mole, estava com a bunda toda ardida e tinha acabado de gozar deciliosamente na sua boca. Era a hora de ir embora, vestimos nossas roupas e voltamos para a festa nos misturarmos com as pessoas. Mulheres que estejam lendo este relato, o que vocês acharam do Flávio? Ele não é o sonho de toda mulher? Sedutor, safado, comedor, sem ser insistente, sabe seduzir com todo o carinho, e hora que me que dei por mim, estava no meio do mato, enconstada em uma arvore com o pau dentro da minha bunda. Aos homens que estejam lendo este relato, aprendam com este garoto. Sem forçar a barra, sendo educado e ao mesmo tempo sacana, Flavio soube descobrir o que eu queria. Hora me tratando como uma adolescente descobrindo a sua sexualide, hora me tratando como uma puta no cio, ele soube comer uma professora universsitária, divorciada de 30 anos de idade, que é a dona desta história real, aqui descrita. Aprendam com ele homens, sonhem com ele, mulheres. Quem quiser me escrever, meu mail é topfet@yahoo.com

E-mail= topfet@yahoo.com

Comentários

29/07/2010 21:10:32
SEDUÇÃO... o cacete , uma pinguça querendo cair de boca no pau ja de cara .rsrsrs ,e ainda deu o cu rapidinho,biscaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaate
28/05/2010 16:10:36
Esse Flavio chega com esse papinho idiota... e ainda come seu cu, ele não é comedor coisa nenhuma, vc que é uma vadia pinguça, rsrsrsrsrs...
12/04/2010 00:37:30
Modétia a parte, acho que não tem comedor de cú melhor do que eu, pois tenho um páu grande e grosso e com um cabeção! Ao contrario do que a autora do conto diz, eu arrebento as prégas do cú de uma mulher, ela chega a gritar de dor, mas depois ela fica gamada em mim! Tem outra, cú de homém é mais gostoso do que cú de mulher, porque quando você enfia o páu no cú de uma mulher, depois que a cabeça passa, fica tudo ôco, você só sente pressão no páu pelo anelsinho dela. Já o cú de homém, por este ter a próstata, você sente o cú na cabeça do seu páu, e você goza mais gostoso! Eu pra comer uma mulher ou um garoto, preciso conhece-los bem, ai eu não uso camisinha que eu detesto! Você não sente nada de camisinha, com páu sem a mesma, além de você sentir o cú (ou a buceta!) você esporra lá dentro, o que é uma delícia pra ambos! E por último, um páu no cú, é uma delícia!!!
10/05/2009 23:01:41
adoru dar o cúuuuuuuuuuuu
26/01/2009 11:11:04
Este não é um conto erotico....é um conto técnico de com se deve comer um cuzinho....ja comi varios,mas só mesmo com tesão,pois com tesão até com areia vc come gostoso...se vai doer????? É a ultima coisa que importa na hora....enfia porraaaaa....rssss__Em tempo....cu de mulher os q comi....
10/12/2008 11:28:03
não liga pra essas opiniões isso deve ser inveja ,eles estão é com vontade de dar e não assumem!! legal seu conto !!beijoooos
10/12/2008 11:25:52
não liga pra essas opiniões idiotas ,que isso tudo é inveja ,uns com vontade de dar e outros com vontade de comer vc, legal sua história ,valeu
29/07/2008 23:38:39
É, a opinião é unamime, esse conto foi horrivel, imagino a cena, uma mulher bêbada rodada num churrasco, caminha isolada numa trilha, chega um qualker, basta mostrar o pau q ela ja ker cair de boca, cade asedução? Se acha a culta, cadê a gramática? E ainda insiste pra alguem aprender a comer o cú de uma bêbada, paciência... Concordo como loiro 40 ela escreveu isso mamada...
22/07/2008 13:23:12
Voltei para comentar sobre o fato de homens que se declaram gostar de comer cu de mulher. Não acredito! Quer dizer, gozar qualquer um goza, mas, homem quando come cu de mulher, está comendo por tabela o cu de um veado. Mulher já tem a sua "xoxota" e faz séria concorrência a bunda dos veados, sendo que estes ganham disparados porque a sua bunda só possui um canal, que a própria bainha retal, enquanto que a mulher tem a bunda mais frouxa porque possui dois canhais ( o vaginal e o próprio anal), daí quando o pau faz pressão num canal o outro cede, por isso não existe pressão. Ela só existe no esfíncter anal.
22/07/2008 13:16:13
Não gosto de contos cujo autor chama "bunda" de "bum-bum", que é um eufemismo para os glúteos criado pelo Silvio Santos, e, que, convenhamos, é infame! Para mim, bunda é bunda! Diga alto! Bunda! Especialmente porque se trata de um conta de sacanagem!
18/07/2008 22:43:08
olha menina, adorei o seu conto e achei ele muito sexy, estes babacas que comentaram antes de min sao uns trouxas enrrustidos que nem sabem ler direiro, ja comi o cu de minha mulher e consegui fazendo como voce disse, gostaria muito de comer o seu, sou um coroa grisalho de 60 se interessar ficarei feliz, vou te mandar e-mail posso?
Tammy Neves
03/03/2006 02:37:56
Pelo amor de Deus!! que ridiculo!! Esse pessoal nao tem mais o q inventar! "tamanho afinal importa?" porra vc tava fazendo um conto ou filosofando! Nao fode! Aprende a fazer um conto depois volta aqui! valeu?
Voz da verdade
01/03/2006 21:29:58
Mulher que cai numa cantada besta dessa,com certeza,é uma grande idiota
MAX
24/02/2006 23:16:13
LEGAL,QUERO COMER TMB
O Executor
23/02/2006 18:21:03
Tõ com o doido;cú de bêbado não tem dono. Se eu estivesse ai,iria comer o cú desse flávio,vá ver tava bêbado também!!!!
o meu é melhor
23/02/2006 16:14:16
seu comentario foi muito bom mas vc querer encinar um homem a tratar uma mulher... Tem mulher que gosto de um geito e outras gostam de outro. Em relação o tamanho e a grossura isto eu não sei todas que eu comi não reclamaram e sim continuo saindo com elas. Sou de Brasilia e tenho 25 e ja nasci com 15 anos em relação a mulher.
newton
22/02/2006 00:58:15
tUDO BEM QUE ELE LHE COMEU COMO UMA BOA CONVERSA...MAIS O PAPO DELE NÃO TEVE NADA DE ANORMAL...
k...
21/02/2006 19:40:04
que que eu tenho que aprender com esse otário, um imbecil que chega chamando de gatinha, vc tem um bumbum lindo, qualé da um tempo, tu que tava na seca minha queridinha, se quiser saber como é um homem de verdade tu tem que selecionar mais,mais é legalzinho teu conto, mais o cara ser bom de foda ai já é outro papo, abraço e até....
alcobara
21/02/2006 15:25:19
vai dar o cú pro bussunda
Eu
19/02/2006 11:30:50
que sedução nada a ver quem ta na seca aceita qualquer veco
doutor dick
19/02/2006 05:48:11
professora universitária, que escreve "sozinha" com "s" (sozinha) só se for de Cuba. Tenha dó, mentirosa do cacete! Vá se alfabetizar!
nadson
19/02/2006 03:34:16
koé safadona gosta de garotão novo né espera vc ver meu piru sua vaca vadia doida pra dar o cú
Doido
19/02/2006 02:24:17
Cachaceira! Estava bebada e deu o cú para uma bicha! Tinha que arrancar sangue do seu cú este viadão! Cú de bebada não tem dono mesmo!
MALUKU
18/02/2006 23:40:43
É VERDADE, AINDA MAIS QUE VOCÊ ENFIA UMA GARRAFA DE CANA (CACHAÇA) NA BUNDA. SÓ QUE PRA TI, FAZ UMA DIFERENÇA QUE VOCÊ GOSTA.
junior baiano
17/02/2006 20:11:28
O conto até que é legal, mas tem muito erro de português, Você esqueceu de um detalhe: O alcóol faz diferença na hora do sexo.
Bi
14/02/2006 01:51:40
Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahah Valha-nos todo o pai do céu
MALUKU
13/02/2006 20:28:10
CAGUEI NO MATO DE NOVO.
Paulo Ricardo
13/02/2006 20:09:16
Vá pro inferno, sua galinha, puta, biscate!!! Tá morrendo de vontade que alguém te arrombe no meio do mato, ou acabe com o seu cuzinho, e fica aí escrevendo (ou melhor, cagando, porque escrever mesmo você nem sabe) essas mentiras do caralho... Aprender o que??? Ninguém tem culpa se nunca alguém quis comer seu cú horrível, que deve dar nojo....sua vaca...
MALUKU
13/02/2006 18:35:36
EU JÁ CAGUEI NO MATO.
cacetudo
13/02/2006 17:39:44
Flávio, para de se auto-promover, em vez de vc ficar neste site para pegar mulher, volta para a escola para aprender a escrever correto, seu burro do caralho.
ALEX TDB
12/02/2006 20:57:00
gostei muito do seu conto,quando puder leia o meu tambem. O titulo é do bate papo pro motel, e tambem é historia real...beijos.
alcobara
12/02/2006 14:48:40
será que vc que não sabe esquentar um homem. (já vi muito bebado comer gato por lebre).
ij
12/02/2006 09:35:30
Professora universitaria que escreve "PROMEÇA?" deve ser da puc
Ricardão
11/02/2006 18:04:40
Faltou dar um chupada nele?Não foi?
GÓTICO
11/02/2006 16:47:46
SOBRA PARA MIM, VC VAI VER COMO SE TRATA UM CUZINHO, COLOCO RASGANDO VC VAI ADORAR E ESQUECER ESSE TAL DE FLAVIO VC VAI ADORAR O MEU (23X8) SEM LUBRIFICANTE RASGANDO COLOCAR VC SENTADA EM CIMA !!!!! VOUUUUU.....
11/02/2006 14:25:21
FANTASIA, PURA FANTASIA
loiro 40
11/02/2006 12:47:51
realmente nao por que vc e divorciada e tem 30 anos que deve se sentir uma coroa, mas o fato de vc ser uma professora universitaria e escrever tao errado a ponto de ter-mos de voltar o texto para poder entender , isso sim e ruim , minha opiniao e que quando escreveu esse texto ainda estava sob efeito da cerveja que tomou na festa, outra coisa, muitos homens sabem seduzir mulheres e consiguir delas o que querem, mas tem um ditado que diz que cu de bebado nao tem dono, isso esta comprovado mais uma vez,
Guilherme
11/02/2006 00:43:12
Muito legal seu relato, gatinha, prometo q vou aprender a lição e tratar com carinhos mulheres com a bundinha tão boa como a sua (aliás, é o que já faço); Só quero também te dizer que só porque vc tem 30 anos e é divorciada, não quer dizer que é uam coroa ...está muito longe disso!
Homem Perfumado
10/02/2006 21:58:24
Olá! Gostei muito de seu conto, dos detalhes e tudo mais. Assim como o tal Flavio, tb adoro cuidar bem de uma bundinha gostosa. Caso queira manter contato, escreva-me. Beijos cheirosos,

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.