Casa dos Contos Eróticos

Feed

tocando uma ciririca para ela dentros ônibus

Autor: luiz
Categoria: Heterossexual
Data: 19/01/2006 11:42:23
Nota -
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

olá , sou do rio de janeiro / barra da tijuca sou moreno 1,65 kl.65 cabelos pretos olhos castanho , depois de tantos tempo lendos esses contos , decidi deixar a minha contribuição , bem sou casado e tenho 3 filhos ,e uma mulher exemplar , o que vou contar costuma acontecer todos os dias.. para mim isso se tornou um vicío , todos os dias que pego o Ônibus para ir ao trabalho e tambem na volta do trabalho , semana passada eu entrei no onibus e sentei ao lado de morena cor de jambo eu ao sentar ao lado dela , eu a observo com olhos atravessado , no canto da janela e eu na beira vejo que ela estava de saia semicurta a saia era de pano leve tipo ceda e com uma bolsa no colo... eu tambem sempre ando de bolsa para ir ao trabalho , e com a minha bolsa no meu colo eu cruzo meus braços e com os braços emcima da minha bolsa eu relaxo e escoro a minha cabeça no banco , ao relaxar sempre faço isso , deixo as pontas dos meu dedos encostarem na sua coxa que eram bem bonitas , ao tocar e ao mesmo tempo olhando de rabo de olho vejo que ela não se incomodou e relaxou tambem virando a cabeça para fora , então o onibus seguindo viaje começou a enxer eu malandramente peço a bolsa de uma senhora que está de pé , e coloco a bolsa em cima do meu braço esquerdo e o meu braço direito por cim da bolsa , então com o meu braço esquedo eu deixo meus dedos encostarem em sua coxa , deixei com que fossem escorregando pelas sua coxa esqueda , ela se desperta vira a cabeça para o meu lado eu tomo um susto pensando que ela iria falar alguma coisa mais não falou nada , então continuo , com as mão já na sua coxa vou esticando meu braço devagarinho e vou chegando proximo do meu objetivo , ao sentir um volume nas pontas dos meus dedos e sinto o volume de sua buceta inchada , e fico com a mão ali em cima e ela quieta fingindo dormi e eu tambem , ela levanta a cabeça e olha os que estavam de pé , para ver se alguem estava percebendo o que estava rolando , e voltou a fingir que estava dormindo , então eu estava seguro que ela estava ciente do que eu estava querendo ... continuei sem muito medo a apertar e presionar com as pontos dos dedos aquela bucetona inchada e ela com os braços cruzados tapando a minha mão para ninguem ver e minha mão por de baixo de sua bolsa , eu fui adiante e coloquei a mão inteira na buceta dela e por cima da saia mais como a saia era de um tecido leve tipo saia de acadmia eu consegui afundar meus dedos no fundo da sua buceta e fiquei apertando seu clitóres presionando cada vez a mais até ela suspirar e virar-se o seu rosto para a janela e relaxando as pernas e abrindo um pouquinho para sentir minha mão toda dentro de sua buceta que inchava de tanto tesão que ela sentia , já com a palma de minha mão quente em sua buceta e as pontos dos dedos já afundando em sua racha e eu fiquei ali pressionando e apertando com os dedos e ela já estava se enclinando-se para cima a sua buceta e sentindo a palma de minha mão inteira em sua xoxota que pulsava de tanto tesão , eu já estava me contorcendo todo mais de um jeito que ninguem percebia , eu acho né, eu já estava um 30 minutos só bolinando ela , e ela relaxando de vez abrindo um pouco as pernas , eu não aguentava mais ficar só assim estava com meu pau latejando de tão dura que estava ,então eu comecei ir puxando devagarinho sua saia com as pontas dos dedos até sentir sua pele fui escorregando meus dedos pela sua coxa até que senti a sua calcinha que parecia ser de renda , quando consegui atingir por baixa de sua saia , eu fiquei louco de tesão e comecei enfiando as pontas dos dedos pela beira da calcinha sentindo seus lábios vaginais todo lubrificado de tesão continuei a enfiar os dedos bem devagarinho até entrar em sua buceta que estava toda melada de tesã , e comecei a bolinala tocando uma siririca bem devagarinho e afundando meus dedos dentro daquela xoxota quente e meleda , que coisa deliciosa , ela estava se contorcendo toda e tentando disfarça para ninguem percebe , já com a mão inteira dentro de sua calcinha sentindo ela toda meladinha , e eu enfiando cada vez a mais meus dedos para dentro de sua racha eu já estava com dois dedos dentro de sua buceta , que buceta gostosa e quente com os lábios melados e carnudos , meus dedos entravam facilmente , quando cheguei a esse ponto , eu fiquei imovel quietinho com o rosto virado para frente e olhando ela de lado , ainda com um pouco de medo dela ter alguma reação que me deixasse sem jeito , eu tive que me controlar o maximo para não fazer movimento com os braços e com aquele tesão todo que alucinação eu ali só mexendo as pontas dos dedos enfiado naquela buceta carnuda e melada e aqueles pentelhos ralinhos na palma da minha mão , quando ela levantava sua cintura cuidadosamente para cima eu enfiava meus dedos inteiro bem no fundo da sua racha eu já estava com meus dedos todo meledo , e quando ela abaixava a cintura meus dedos saiam bem devagarinho ficando somente as pontas em seu grelinho e assim ficamos ela levantando e abaixando a cintura e meus dedos entrando e saiando , o que me impressionou foi seu controle pelo o tesão que estava sentindo não deu a entender a ninguem o que estava acontecendo , de tanto ficar naquele entra e sai devagarinho eu senti meus dedos melados demais da conta e ela estava fechando as suas pernas se trancando todinha , e eu com minha mão dentro não querendo tirar para não acabar com aquela sensação gostosa que eu estava sentindo e ela a tambem , continuei a enfiar mais fundo meus dedos e ela já estava perdendo o controle do tesão e eu enfiando e tirando cada vez a mais , eu só mexia as pontas dos dedos somente as pontas entrando e saiando de sua racha ela estava exitadissima , quando percebi ela nervosa as vezez virava a cabeça para fora da janela e para frente ... mais fingindo que estava dormindo e eu com o dedo dentro continuando a enfiar até sentir uma gosma muito forte encorrendo entre meus dedos e ela suspirou tão forte que senti seu corpo subir e desser e esgotada pela sensação que sentiu mais isso tudo aconteceu com muito cuidado e atenção nos outros , ai ela relaxou o seu corpo e eu ainda não queria tirar minha mão por que estava com muito tesão e ela colocou seu braço direito que estava encostado na janela por de baixo da bolsa e foi tirando minha mão de dentro de sua buceta toda melecada com o seu esperma , eu fui trazendo meu braço de volta para meu colo por de baixo da bolsa da senhora que estava de pé a que eu pedi para segurar a bolsa no meu colo , e limpei meus dedos que estava melecado e me ajeitei um pouco no banco , e a morena ela um pouco sem graça do que tinha acabado de acontecer só ficava com o rosto virado para janela as vezes olhava para meu lado , e eu pensando quem será que vai desser primeiro do onibus eu o ela , já fazia uma hora de viaje faltava alguns pontos adiante para mim desser , quando derrepente ela me toca eu tomo um susto e penso será que ela vai falar alguma coisa , e ela pedi me de licença por favor , eu disse sim e chego as pernas para fora do banco e quando ela foi passar na minha frente de bunda para meu rosto eu olhei para sua saia e reparei uma marca gosmenta na sua saia , eu fui para o canto da janela que era o seu lugar para ver ela desser quando o onibus parou no ponto olhei ela dessendo ela olhou para dentro do onibus e me viu olhando para ela de dentro do onibus e colocou a mão no rosto tipo dizendo que loucura . isso me acontece todos os dias que vou para o trabalho , mais nem todas a mulheres deixam chegar a esse ponto alucinante e prazeroso , somente as mais esperta e maliciosa , e algumas tambem sabem como deixa a situação acontecer para que ninguem perceba , mais as que não tem muita malicia deixa eu escorregar a minha mão até eu encostar em cima da sua buceta e quando elas sente eu pressionando o seu tesão o seu glelo ,não conseguindo mais controlar o tesão tomam um impulso ou um susto e impurra meu braço para fora de sua xoxota de uma forma que as pessoas que estão de pé no onibus percebam ... e as vez até me chama de abusado safado e dando a entender para os outros que estão de pé , que só eu sou o safado e ela por que deixo eu tocar em sua xoxota ela tambem não estava gostando só que não soube controlar o tesão e não arrumando um jeito de tirar a minha mão fora de sua buceta fazem dessa forma que as pessoas percebam eu peço desculpas fico muito sem graça por causo dos outros que estão de pé nem abro os olhos com vergonha e continuo fingindo que estou dormindo , eu as vezes tento para com isso mais não consigo isso já se tornou um vício , mais só assim a viaje fica melhor e menos extressante , todas mulheres gostam e guardam uma safadesa encondida a maioria das vezes que isso acontence quase todos as mulheres deixam . thau !!!!!! um abraço para todos que leram esse conto . me mande e-mail me fazendo alguma pergunta como bolinar dentro do onibus. que eu posso dar algumas dicas meu e-mail luizbolinador25@yahoo.com.br

E-mail= luizbolinador25@yahoo.com.br

Comentários

ESTOURADOR DE PREGA
29/01/2006 05:59:15
VOCÊ ALGUM DIA VAI PEGAR NO MEU PAU.
27/01/2006 18:01:35
foi d + esse conto me excitei
hua
19/01/2006 16:32:46
eu tambem sempre ando de bolsa para ir ao trabalho , e com a minha bolsa no meu colo eu cruzo meus braços e com os braços emcima da minha bolsa eu relaxo e escoro a minha cabeça no banco , ao relaxar sempre faço isso ele é boibola aff
hua
19/01/2006 16:32:45
eu tambem sempre ando de bolsa para ir ao trabalho , e com a minha bolsa no meu colo eu cruzo meus braços e com os braços emcima da minha bolsa eu relaxo e escoro a minha cabeça no banco , ao relaxar sempre faço isso ele é boibola aff
hua
19/01/2006 16:32:45
eu tambem sempre ando de bolsa para ir ao trabalho , e com a minha bolsa no meu colo eu cruzo meus braços e com os braços emcima da minha bolsa eu relaxo e escoro a minha cabeça no banco , ao relaxar sempre faço isso ele é boibola
Eu
19/01/2006 16:32:04
Analfa é SIRIRICA e não ciririca, boçal
19/01/2006 16:30:53
aí, gostosona isso nunca me aconteceu , uma chupeta fica dificil , me lembro uma vez só , que fui em pé no onibus , e uma mulher ficou apertando meu pau por cima da calça. mais sempre é eu que faço isso . me mande um e-mail . e me diga como foi o seu caso. .... por que vc que saber qual onibus eu pego , vc mora aonde.
Eh nois
19/01/2006 16:27:49
q saco vai se foder
LARISSA
19/01/2006 16:03:32
VC Não sabe nem escrever siririca, quanto mais tocar uma...Acha q e os machos que te enfian o dedo no cú.
gostosona
19/01/2006 15:20:22
luiz, que fazem essas mulheres que não tiram seu pau para fora e te fazem um boa chupeta? eu já fiz várias no ônibus... Agora, conte prá mim que ônibus vc. pega?
ROLÃO
19/01/2006 12:24:14
É VERDADE FIQUEI SABENDO DISSO, ALIAS EU ATÉ ESTAVA NO ÔNIBUS NESTE DIA. SÓ QUE COMO VC FALA SUA MULHER É EXEMPLAR, E ELA ESTAVA FAZENDO UMA CHUPETA EXEMPLAR NÃO SÓ PRA MIM COMO PRA MAIS 6 CARAS NO FUNDO DO BUSÃO. AI QUANDO APARECEU O PAPAI NOEL E O COELHINHO DA PASCOA FALANDO Q VC TINHA ACORDADO TODO MIJADO. SEU MENTIROSO FILHO DA PUTA. CARA DE PAU. QQ DIA VAI LEVAR UM TIRO NO CU DO MARIDO DE UMA DELAS PRA LARGAR DE SER MANÉ!!!
luiz
19/01/2006 12:23:43
quase todos os dias acontece de eu vir bolinando uma mulher , mais essa foi a primeira vez que acontece de eu enfiar o dedo na buceta de uma mulher .
D20
19/01/2006 12:09:24
Puta cara vc não devia ter dado esta contribuição não. Aqui tem contos mentirosos mas o seu bateu de 10x0. Vai mentir assim na cada do caralho ou do pinoquio...um cara falar que todo dia isso acontece e nunca levou um tapa na cara?. Vai se foder já que tem 3 filhos vire homem para poder cria-los e evitar que virem mentirosos como vc. Nota para a mentira 10, nota para o canto -10 nem zero vc merece.
Tosco
19/01/2006 12:06:50
Puta que papaieira hein cumpade...conta outra vai, essa dai foi muito fraquinha

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.