Casa dos Contos Eróticos

Feed

Sócio de meu pai inaugurou minha bucetinha

Autor: Camila
Categoria: Heterossexual
Data: 12/01/2006 09:37:58
Nota 7.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Aquele homem másculo aos poucos começou a atormentar meus pensamentos, ele sempre estava presente em meus devaneios solitários fazendo meus dedinhos ficarem molhadinhos pelo suco que saia de minha parte intima.

Muito amigo e sócio de meu pai na emprêsa, estava sempre presente em nossa casa, no começo fiquei um pouco encabulada pelos olhares de cobiça e malicia direcionados a meu corpo quando estava na piscina.

Aqueles olhos negros me enfeitiçavam, sua voz rouca e forte denotando personalidade e autoridade, seus lábios carnudos a tocar meu rosto nos cumprimentos que se tornaram frequentes e até com certa intimidade, sua pele morena, seus cabelos também negros, não delatavam seus 40 e poucos anos, seu jeito elegante de ser, até quando de bermuda mostrava ser charmoso, e aquele perfume, aquele perfume causava-me um frisson sem limites.

Era divorciado, e ficava a pensar como uma mulher poderia jogar fora aquela preciosidade.

Nossos olhares com o passar do tempo foram denunciando um ao outro o desejo que sentiamos, até que discretamente e logicamente sem a presença de meus pais, rolou o primeiro beijo, ja havia beijado alguns meninos, mas nehum deles tinha aquela boca macia, aquela lingua quente e molhada enroscada a minha.

Com certa rotina ele pegava-me na saida do colégio as 12h00 e iamos tomar sorvete.

As coisas tomaram um rumo tão intenso que em uma tarde sábado, envolvida por sua sedução, ele levou-me para conhecer sua chácara, eu sabia muito bem sua intenções e estaria mentindo se disse que não estava adorando aquilo.

Adentramos em seu chalé, luxuoso, com certeza ja levara ali muitas mulheres, mas pouco me importava, estava querendo curtir com intensidade aquele momento.

Meu corpo, 1:57 altura,ficou envolvido em seus braços, nossos labios se tocaram e suas mãos acariciavam minhas costas e minha bunda, um leve beijo em meu pescoço arrepiando-me toda, suas mãos começaram a levantar minha blusinha que logo saiu por meu pescoço, os biquinhos de meus seios ficaram tesos, com habilidade meu sutien foi retirado deixando-os á mostra.

Entrei no joso da sedução retirando sua camiseta, seu torax peludo e definido, mordisquei o bico de seus mamilos, um breve gemido e logo senti um volume em sua bermuda, desci minha lingua por sua barriga, ajoelhei-me, e fui retirando devagar e com muita dificuldade sua bermuda, pois ali havia um enorme instrumento duro, saltou para fora, pela primeira vez me via frente a um pênis, mesmo assim o instinto de fêmea tomou conta da situação, beijei-o até sua base e voltei lambendo-o, suas mãos alisavam meus cabelos loirinhos como que implorando para que eu o abocanhasse, e o fiz, primeiro com movimentos leves, depois mais intensos, seus gemidos tornaram-se mais altos e bruscamente ele afastou minha cabeça sacando seu cacete de minha boca, manipulou-o e despejou esperma em meu rosto, escorreu por meus lábios, caiu sobre meus seios e foi descendo por minha barriga.

Ele levantou-me e beijou minha boca, deitou-me na cama enorme que tinha em seu quarto, tirou minha bermudinha e com a boca foi puxando minha tanguinha até tira-la por completa.

Lambeu a sola de meus pés causando-me cócegas e enorme tesão, cada dedo de meus pés foram chupados, devagar beijou meu pé e foi lambendo minha perna, chupou e mordiscou meus joelhos, estava quase desmaiando de tanto tesão, minha bucetinha de 15 anos de idade espumava de tão ensopada, mas ele não tinha pressa, estava me torturando, quando sua boca chegou em minha virilha, gemidos se tornaram gritinhos, com as mãos em seus cabelos tentava puxa-lo para cima em direção a minha grutinha virgem e juvenil, sua lingua passava pelos lados de meus pequenos lábios deixando-me desesperada, cravava os dentes nos poucos pêlos ali existentes e os puxava aumentando minha ansiedade, até que meu tormento chegou ao fim, sua lingua abriu passagem afastando meus pequenos lábios, ia de meu clitoris até meu cuzinho e voltava, chupava e brincava com a lingua, com rapidez e habilidade revestiu seu enorme cacete com um preservativo, havia chegado o momento tão esperado, sua boca agora estava em meus peitinhos, instintivamente abri minhas pernas o máximo possivel, nossas peças anatômicas num encaixe perfeito, devagar muito devagar aquele corpo estranho maravilhoso foi forçando meu cabacinho e entreguei-me por completo quando sussurrou leve em meu ouvido:

--Me da sua bucetinha, Camila!!!

--Dá ela pra mim meu anjinho!!!

A dorzinha incômoda foi facilmente superada pelo tesão que senti, sentir o pêso daquele corpo quente cair sobre o meu, aquele cacete grosso deslizando devagar preenchendo todo espaço de minha bucetinha, cravei as unhas em suas costas, estava fora de si, pela primeira vez não precisaria usar meus dedinhos para sentir prazer, eu tinha um homem másculo, cheiroso e gostoso em cima de mim, nossos lábios foram as testemunhas de nossos loucos gemidos, enlouquecido de tesão ele começou a estocar com força e a cada vez que roçava a base de seu cacete em meu clitóris eu via estrêlas, sabia que estava quase chegando lá, mas era mais intenso e duradouro que em minhas masturbações, senti meu corpo leve e soltei toda meu libido,um friozinho na barriga e logo um orgasmo delicioso e intenso ouvindo seus gemidos estufando o preservativo de esperma.

Ficamos ali grudados por alguns minutos se beijando, até que com seu cacete agora mole ele saiu de dentro de mim naturalmente, sangrou um pouco mas não foi nada de tão alarmante.

Tomamos uma ducha e passamos o resto da tarde nos amando.

Fiz de tudo com ele em matéria de sexo, me entreguei por completa,fui sua amante por 1 ano, quando ele resolveu que deveriamos terminar nosso relacionamento, comecei a evitar estar em casa quando ele ia lá, sofri por algum tempo, mas me refiz.

Hoje tenho 22 anos, faço faculdade de Direito, tenho um namorado maravilhoso que me satisfaz plenamente, mas jamais irei esquecer daquele que foi o primeiro a me fazer sentir mulher.

Comentários

07/09/2008 19:03:08
legal a historia bem fantasiada c vc quiz esperimenta um pau d verdad me add e a gent conversa os-unicos@hotmail.com
12/06/2008 07:10:18
É ruin saber que existe pessoas que tem o pegueno conheçimento... sabendo que todadas pessoas erdao de naturesa seu estinto reprodutivo e assim passando seu conto "Camila" esta perfeito nota 10 muito bem atribuido no momento final e no meio... sendo um bom começo estas de Parabens
04/01/2007 00:58:52
Tenhu 10 anos e gostei mto do seu Conto xD tava pensando..e axo q é verdade sim =P
ADRIANO
03/03/2006 00:21:46
ADOREI A HISTORIA MTO LEGAL
Fabiano
08/02/2006 15:13:34
Nao passa de um sonho erotico desta garota
Douglas
08/02/2006 15:12:21
Mentira
Echelon
06/02/2006 04:29:11
oi gata gostei do seu conto,, poderiamos tc no msn,, tc sobre mais umas avenutras, angelcam123@hotmail.com. vc deve ser linda,, beijos,
marilia
02/02/2006 12:41:18
Gostei da história. è parecida com a minha. Perdi o meu cabacinho aos 16 anos. Apesar de eu ser grandona (1,70m), seios bem feitos, a minha bucetinha tinha poucos pelos, fininhos e ralinhos´, só fiquei pentelhuda depois dos 18 anos quando comei a depilar. fazia oral com meu namorado desde os 14 anos. Quando decido que deveria ser deflorada disse pra ele é hoje à noite. Fomos para a minha casa tomamos banho juntos e fomos pro meu quarto. nos beijamos, nos chupamos e ele veio por cima de mim, ficou de joelhos entre as minhas pernas, afastou os lábios da minha bucetinhas que já estavam inchados de tanto ele chupar. ele encostou a cabeça do pau em mim e foi entrando, quando encostou na cabacinho ele parou. e aí eu disse: Vai. e ele foi entrando, senti uma ardência na hora que fui rompida. ele se deitou em cima de mim e fcamos nos beijando enquanto ele entrava e saia de vagarinho. Foi maravilhoso. Não gozei. Quando terminamos minha cama esta toda molhada de sangue. tivemos que dar um fim no lençol, mas o colchão
Thom
30/01/2006 17:54:04
linnndaaa... vc viveu uma marcante e maravilhosa lenda de amor, nao importa o que achem...afinal, cada qual teve a sua sua...mantenha viva na sua memoria seus desejos e loucuras, viva plenanemnte seus sonhos...parabens....
Paulo
30/01/2006 10:12:47
Adorei seu conto! Vc deve ser uma maquina.... gostaria de conhecer vc gostosa. Sua boca deve ser uma loucura. Beijo na xaninha
Tati
26/01/2006 21:30:44
Adorei seu conto, ele tem uma historia sem baixarias. Adoro ler contos, mas a maioria tem um nivel muito baixo, e o seu foi perfeito.
O sombra
22/01/2006 06:07:01
A onde a Camila estiver estou junto!!o Gadelha está se ferrando,tomando bem no cú!!!
jackson
22/01/2006 04:54:06
essas bucetinhas se vacilar eu como
alberto - teesperoak@yahoo.com.br
21/01/2006 00:19:56
oi camila vc esta de parabens esta besta do regina ldino deve sofrer de algum mal desconhecido ou foi estrupado quando criança. normal ele não é. vamos ao que interessa seu pai nã esta precisando de um novo socio eu sou moreno tenho 50 anos com um corpinho de 25 tenho 1,85 de altura 72 kilos simpatico com um cacete de 22 cm sou carinhoso e sei fazer uma menina como vc ser muito feliz, um beijo e ate quem sabe!
Rai
19/01/2006 12:55:06
Camila, quem deveria ter descabaçado vc era eu minha Princesinha, se quesir me conhecer escreva-me. Beijos... Um beijo na bunda e até segunda.
Reginaldo Gadelha
13/01/2006 21:34:47
Baranga mentirosa, seu pai é sócio em que?^Numa banquinha de camelô ? Ora, vai te catar fedida, vc ja tinha transando com todos garotos da tua rua e vem aqui dizer que era virgem. Mentirosa.
sandro
13/01/2006 17:37:10
muito bom este conto esta de parabens pena que eu nao possa lhe conheçer
marcao
13/01/2006 14:45:13
beleza de conto camila,vou fazer o que vc não fez : o GADELHA é brocha e recalcadorsrsrsrs
Mineirinho
12/01/2006 14:51:29
Seu conto é de deixar qualquer homem excitado, vc deve ser demais e, qualquer homem iria adorar sair com uma gata como vc com certeza, veja se me escreve podemos trocar uma idéias legais, Bjão gata
Claudio
12/01/2006 14:44:14
Bem interessante o seu conto, gostei muito, me escreva, beijos Claudio
júnior
12/01/2006 14:23:59
bem legal seu conto pra naum dizer hot né ...rsrsrs me deu inveja desste coroa bjos
Mandinha
12/01/2006 13:54:59
E como se saiu bem, fiquei excitadissima, não curto muito esses contos sem sentido, sem romance, o seu tá muito bom mesmo. Parabéns. Não sei o que gostei mais, se foi do conto ou do fora que vc deu o Contra-Reginaldo, que de contra não tem nada, tá agindo igual.
angel
12/01/2006 13:12:54
um conto não tem obrigação de ser veridico o que importa é soltar a imaginação e fazer com que outras pessoas sintam algo por aquilo escrito e vc se saiu bem linda parabens continue escrevendo bjuuusss!
Fodexter
12/01/2006 12:32:00
oie tah bem legal seu conto, não liga pra esse bando de mão peluda só fazendo pra saber qual a sensação extrema de fuder uma bucetinha virgem... namoro ateh hoje com uma garota que eu mesmo desvirginei!!! me escreve vamos trocar algumas ideias!!!
pablo
12/01/2006 12:20:55
maravilha de conto camila vc estreio bem quem tal cornear este teu namorado comigo se com 15 anos vc vez isso imagina agora aos 22 tenho um cacete bem grosso para mais uma esperiêncial que tal? me escreve!!!
Silvia
12/01/2006 11:33:35
Camila parabens! até quem fim alguém o colocou em seu lugar
Curitibano
12/01/2006 11:27:12
Beleza de conto!!!fiquei com inveja deste coroa!!!Me escreva!!
Camila
12/01/2006 11:01:28
Sr. Reginaldo....e tem mais...to pouco me importando se voce ou outros achem que é mentira ou verdade meu relato...o que importa é o que eu acho ou penso....
Camila
12/01/2006 10:59:11
Sr.Reginaldo....se vossa senhoria não tem conhecimento, as mulheres costumam se depilar e deixar apenas alguns pelinhos para ficar sexy...e porque uma menina virgem não pode chupar um pau...qual o problema????Acorda cara!!! Ou voce é um cabaço ou é velho esteriotipado....acorda...você só sabe criticar....ve se arruma uma namorada...voce deve ser muito carente...
Contra-Reginaldo Gadelha
12/01/2006 10:43:22
Tudo mentira, todo mundo sabe que uma buceta de quinze anos eh pra lá de pentelhuda, alem de que chupar um pau desse jeito eh bem fantasioso pra quem eh virgem, se vc teve essa fantasia algum dia porque ñ pois em pratica?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.