Casa dos Contos Eróticos

Feed

Fodida e arregaçada

Autor: Luiza
Categoria: Grupal
Data: 11/12/2005 12:41:19
Nota 1.00
Assuntos: Grupal
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

O caso que vou compartilhar com vocês hoje, aconteceu comigo quando eu tinha 22 anos, fui passar férias na casa dos meus tios no interior de São Paulo. Tia Vânia e Tio Antonio são duas pessoas maravilhosas, tiveram cinco filhos, sendo três homens e duas mulheres, que já estão casadas. O rapazes continuam vivendo com eles e só pensam em sexo. O mais velho é o Sidney, um belo exemplar da raça, forte com o peito peludo mãos grandes, pescoço grosso, olhos verdes, realmente muito lindo, o Mário é o caçula, mas somente na idade, pois é o mais bonito de todos, com certeza titio e titia fizeram ele e jogaram a receita fora, ele já andou fazendo teste para alguns comerciais, o do meio é o Rubens, tudo que os outros dois têm, ele tem um pouco só que em doses concentradas. Enfim vocês já perceberam o que me esperava naquelas férias, nos primeiros dias tudo transcorreu no maior respeito, eu era tratada de uma forma muito respeitosa, só que os dias foram passando e eu fui ficando na fissura, comecei a me masturbar toda noite, sou pior que homem quando fica sem sexo, fico irritada, com insônia, numa noite estava indo para a cozinha , tomar um copo d’ água e no caminho parei em frente ao quarto do meu primo Sidney e notei que a porta estava um pouco aberta, parei e fiquei olhando aquele monumento dormindo como um anjo, não resisti entrei e fiquei parada olhando ele, percebi que estava de pau duro, fui chegando perto e alisei com muito cuidado o seu pinto, a cabeça era imensa, ele gemeu e eu não consegui parar de alisar parecia que ele estava acordado, só que não estava, eu pude ficar alisando por um bocado de tempo, com muito cuidado coloquei o mastro dele para fora e vi que era realmente muito bonito e grande. Num movimento inesperado ele virou de lado e começou a abraçar e encoxar o travesseiro. Aquilo foi me dando um tesão e eu comecei a imaginar que era a mim que ele encoxava, senti um fogo arder dentro de mim, um arrepio me subiu dos pés a cabeça e instintivamente comecei a me masturbar, fechei os olhos e imaginei aquele cara me fodendo de tudo quando era maneira, fiquei paralisada, por alguns instantes e gozei bem gostoso, e não fiz barulho nenhum. Quando voltei em mim, percebi que o garanhão estava acordado, e me olhando com cara de tesão, fiz menção de sair do quarto mas fui agarrada por ele. - Vem cá priminha, vamos continuar o que você começou. Eu sem esboçar nenhuma reação, me entreguei aquele homem lindo e gostoso, ele começou a me chupar os seios e ao mesmo tempo enfiar o dedo na minha xoxota que já estava molhada, me lascou um beijo e sua língua molhada e grande penetrou e se enroscou na minha. Fiquei toda entregue aquelas caricias e percebi que amante maravilhoso ele era, com muito carinho me chupou e me fez gozar várias vezes, que nem sei direito quantas foram. Agarrei o seu cacete e tentei colocar tudo na boca, com um pouco de esforço a boca foi se acostumando com o tamanho daquela ferramenta e ai eu comecei um vai-e-vem delicioso, meu primo urrava e gemia, senti a sua pica latejando e pulsando mais forte e percebi que ele, ia gozar, me preparei para receber todo o seu liquido, e num jato bem forte me fez engasgar, o danado gozou, e como gozou, senti que ia deixando escapar um pouco pelos cantos da boca e tratei de engolir tudo, não deixando cair nada e continuei e chupar, o mais impressionante é que o caralho não amolecia, percebi que estava diante de um fenômeno, e aproveitei bastante aquele boquete. Ele delicadamente tirou o pinto da minha boca e percebi que a cabeça estava bem vermelha, passou um pouco de saliva na ponta e lambeu a minha buceta, bem devagar foi enfiando aquela ferramenta imensa dentro de mim, pensei que ia desmaiar de tanto tesão, no primeiro movimento que ele fez gozei, depois de tirar quase tudo ele enfiou de uma só vez, senti o meu útero se afastar, uma dor me invadiu, desfaleci por alguns segundos, mas ele com muita força me fez acordar novamente, e começou a forçar minhas entranhas, gozei novamente de uma forma tão intensa, que cheguei a sentir o meu corpo flutuar. Virou de costa e beijando a minha nuca, ia me fodendo bem gostoso, já estava acostumada com o tamanho e o calibre e senti os seus pelos roçando na minha bunda, comecei a rebolar e ele percebeu o que eu queria. Colocou-me de quatro e continuou me penetrando com força só que ao mesmo tempo começou a brincar com o meu cuzinho, que não havia sido comido até aquele dia, sentindo que iria levar rola no cú, enfiava a bunda contra aquele pintão, fazendo com que o dedo entrasse mais fundo no cú . Com muito cuidado ele tirou o pau da buceta e começou a enfiar na minha rosquinha virgem, no inicio fiquei com medo e fechei o cú não deixando ele penetrar direito, com jeitinho ele foi enfiando devagar e ao mesmo tempo alisando minhas coxas, e passando a mão em minhas costas e puxando com carinho o meu cabelo, fui deixando ele me preencher e de repente o filho da puta enfiou o que restava de uma vez, gritei e ele tampou minha boca, e disse: - Fica tranqüila o pior já passou, agora é só entrar e sair, que este cú vai ficar bem larguinho. Relaxei bem e pude sentir todo o pau dentro de mim, que sensação maravilhosa, ele começou bem devagar a colocar e tirar e com as mãos arregaçava mais a minha bunda, o meu cú foi fodido durante quase meia hora, gozei várias vezes, rebolava e sentia o pau dentro de mim, e percebi que iria gostar muito de dar o cú. Meu primo de repente começou a me foder mais rápido, mais rápido e gozou dentro de mim, senti a sua porra quente me inundar toda por dentro, meu cú ardia mas sabia que muita rola ia levar daquele dia em diante. Desta vez o pau amoleceu dentro de mim, ficamos deitados por alguns minutos, quando tirou o pau de dentro, meu cú começou a piscar e a sua porra escorreu toda pra fora. Ao sair pedi a ele que não falasse com os outros irmãos, sobre o que tinha acontecido, e fui para o meu quarto quase sem poder andar direito, com a bunda dolorida, mas completamente satisfeita. Pela manhã acordei bem mais tarde que o normal, e fui tomar uma ducha, foi quando percebi o estrago da noite anterior, meu cú estava todo vermelho, arreganhado, ainda escorria porra de dentro, mas eu estava feliz. Quando fui pra mesa tomar café meus primos já estavam me aguardando, todos me olharam de uma forma diferente, pude perceber que o Sidney havia contado para os outros, mas pensei, já que sai na chuva o melhor é não reclamar e deixar molhar. Durante a manhã meu primo tesudo veio perto de mim e me perguntou se eu estava feliz disse a ele que sim porém iria precisar de uns dias para me recuperar do estrago, ele então me disse que os irmãos ouviram os meus gemidos e viram tudo pois eu havia esquecido de fechar a porta e me perguntou se eu me importaria de dar pra eles também, respondi que queria dar para os três ao mesmo tempo, só que tinha que ser depois de uns dias, pois eu estava com o cú todo arreganhado, ele concordou e marcamos para o sábado a foda em família. Chegando o grande dia me arrumei toda e fui ao encontro deles, me levaram para a casa do caseiro que havia viajado, chegando lá percebi que iria ser uma noite inesquecível, tudo estava arrumado, havia somente uma cama, foi eu botar o pé dentro da casa e a rola começou a comer solta, era pau na buceta enquanto chupava um , chupada na buceta e pau no cú, uma verdadeira festa, gozei de tudo quando é maneira, parecia uma cadela no cio, para o lado que ia a era rola entrando e rola saindo de tudo quanto era buraco, estava já tonta de tanto gozar e eles já estavam todos com a cabeça esfolada de tanto meter, quando eu tive a idéia de receber duas rolas no cú ao mesmo tempo, todos eles ficaram espantados com a minha atitude, mas não esperei a reação deles, e fui logo arrebitando a bunda para o Sidney que era o mais bem dotado de todos, meu cú aceitou a rola dele com muita facilidade pois já estava todo arreganhado, com muito jeito meu primo Mário foi forçando a entrada também senti uma dor impressionante pedi para que ele esperasse um pouco respirei fundo, pedi para colocar de uma vez tudo, ele obedeceu, neste momento senti que era muito pra mim, só que eu estava determinada a levar duas rolas no cú, fui relaxando e me acostumando, peguei o caralho do Rubens e comecei a chupar como uma louca, delirava e gritava de prazer e dor ao mesmo tempo, rebolava e pedia mais, mordia a cabeça do caralho do meu primo e comecei a gozar sem parar os três me olhavam assustados, mas não paravam de mexer, num segundo lucidez pude sentir o gozo dos três, engoli tudo, e tentei fazer o mesmo com o gozo que invadira o meu cú, só que não dava pra fechar mais, a porra escorreu todinha. Caímos os três num sono profundo, quando acordei estava sendo fodida de novo, fui comida de novo por dois paus, estes meus primos são insaciáveis, e eu agora sou escrava do prazer, só gozo com dois pintos dentro do cú. Ahh! Que delícia.

Comentários

07/02/2009 09:17:28
seu conto foi bom mais nao acho que fez isso mesmo,mais mesmo assim sujei todo teclado com porra,ai meu pau tenho que limpar isso logo__me escreva pra ver c realmente existe mulher assimnossa o que eu nao aguentaria chorando ela aguenta rindo
01/12/2008 01:39:32
se ela deu o cu desse jeito na primeira vez, deve ta com hemorroida até hj...conta outra mentira essa não colou.
26/04/2008 12:35:40
nossa..manda algumas fotos suas pra min para eu poder ver vc para eu poder bater punheta penssando em vc meu pau entrando todinho no seu cú ate vc fala chega manda pra min vou espera hem agora eu vou bater uma ......
Degustador
25/04/2006 16:01:37
Acho que vc não existe! Me mande uma foto sua para ver eu ver se vc existe ou apenas mais um conto exagerado...
eduardo
14/01/2006 16:57:26
não gostei
JECHK
12/01/2006 10:43:09
vc é demais gata!!! me add no msn, gostaria de trocar umas idéias
xandão
10/01/2006 02:41:57
adoraria enfiar meu penis dentro do seu cu também.
venicius
03/01/2006 19:13:20
pocha vida você é realmene de mais, eu queria estar ai, com certeza essa foda iria ser de mais, quatro e comendo dois no cú e dois na bocete. Você concerteza iria gostar de um au de quase 20 cm de uma cara de apenas 17 anos, vou agora bater uma punheta.
pereira
02/01/2006 12:38:55
adorei na hora que deu o rabinho a 1 vez foi de +
julio
29/12/2005 15:55:30
tudo mentira !!!! desta louca ! mentirosa do cara....o
chico
29/12/2005 15:26:26
bem que você pode me mandar algumas fotos suas peladinha.
Francisco
28/12/2005 12:03:43
Vc é insaciável!! Que tal esperimentar a pomba de um professor tarado por mulheres taradas? Sou doido para foder um cu em várias posições. Imagina: Minha pomba no teu cu, outra de um outro alguém na tua boceta, outra na tua boca e mais duas nos teus peitos roçando sem parar. Se quiser consigo uns colegas e vc vai gozar como uma louca!!!! Beijos. Me manda e-mails e fotos
bruno
24/12/2005 00:19:35
quero comer sua bunda fazer vc chupar minha goza
zudo
23/12/2005 11:27:56
vc tá fantasiando d+, como pode um cú virgem aguentar duas rolas de uma vez?
Tarado por Cú
18/12/2005 16:51:24
Luiza adorei seu conto, estou indo agora para o banheiro tocar uma punheta pensando ser um de seus primos. Me escreva...
TodoSeu
12/12/2005 19:54:40
realmente mto interessante seu conto. me add nu msn pra gente trocar uma ideia. estarei aguardando bjus. fuixxx
alguem
11/12/2005 17:24:03
Sera q eu posso transa com vc assim tbm se vc quise me manda um e-mail bjus..... ate mais ve....

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.