Casa dos Contos Eróticos

Feed

COMO COMI A CRENTE BUNDUDA SIMONE

Autor: CEROL
Categoria: Heterossexual
Data: 22/09/2005 18:39:52
Nota 9.50
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

ERA UM DOMINGO A TARDE POR VOLTA DAS 2 HORAS,ESTÁVAMOS NA IGREJA,EU ESTAVA FAZENDO UM SERVIÇO DE ELETRICISTA,MINHA PROFISSÃO E ELA ESTAVA LÁ EM CIMA NA COZINHA LAVANDO AS LOUÇAS DO ALMOÇO,MAIS EU NÃO SABIA QUE ELA ESTAVA LÁ,SÓ SEI QUE SEMPRE TIVE UMA TARA POR ESSA MULHER,TOCAVA PUNHETA PENSANDO DELA,MINHA MENTE ERA INVADIDA POR ELA,ATÉ SONHOS,ESTAVA TARADÍSSIMO POR ELA E JUREI PARA MIM MESMO QUE UM DIA EU IRIA ACABAR COM ELA NUMA FODA TREMENDA.POIS ELA É ASSIM:BRANCA,CABELOS ATÉ ACINTURA LISOS PRETOS,BOCONA MESMO,CINTURA FINA,UM QUADRILZÃO LARGO E UMA BUNDA,MAIS UMA BUNDA QUE ATÉ MULHER PARA PARA OLHAR ELA,NÃO TEM COMO NÃO DESEJAR,ELA CHAMA ATENÇÃO.ELA TEM 30 ANOS.SÓ USA ROUPAS GRANDES,QUE COBRE A SUA BELEZA,MAIS PARA QUEM É UM OBSERVADOR BOM COMO EU,REPARA LOGO.EU ACABEI DE FAZER O SERVIÇO LÁ EMBAIXO E VIM PARA A COZINHA FAZER O SERVIÇO DE FIAÇÃO.QUANDO ENTRO,LÁ ESTAVA ELA,AQUI FAZ MUITO CALOR(ACRE),E ELA ESTAVA DE BLUSINHA DE ALCINHA VERMELHA,COM UM SUTIÃ DE TIRA DE SILICONE EMBAIXO,COM UMA CALÇA JEANS BEM APERTADA,QUE DESENHAVA AQUELA BUNDONA TODA QUE EU IRIA COMER TODINHA,NA FRENTE MOSTRAVA A RACHA DA SUA XOTA ,BEM DIVIDIDA,NOTEI QUE ELA USAVA UMA CALCINHA PEQUENININHA.QUANDO EU ENTREI,GELEI VENDO AQUILO,ELA SE ASSUSTOU E LOGO DEU UM SORRISSO SEM GRAÇA E DISSE:QUE SUSTO!ELA SABIA QUE EU ESTAVA CONSERTANDO E NEM PRECISEI FALAR NADA.PARA NÃO FICAR UM CLIMA SEM GRAÇA ,EU LOGO DISSE A ELA:NEM TE CONHECI,NUNCA TE VI ASSIM.ELA MEIO QUE ENVERGONHADA DISSE;É,É QUE AQUI FAZ MUITO CALOR,AINDA MAIS AQUI NA COZINHA,SEM VENTILADOR,EU COSTUMO FICAR MAIS A VONTADE QUANDO VOU FAZER ALGUMA COISA NA COZINHA.EU RI E DISSE;MAIS VC TÁ BONITA.ELA SÓ RIU E SE CALOU!FIQUEI ENROLANDO,FINGINDO QUE O TRABALHO ESTAVA DIFÍCIL,ATÉ QUE CHEGUEI PERTO DELA E PASSEI POR TRÁS,OLHANDO PARA AQUELA BUNDONA ENQUANTO ELA ESTAVA LAVANDO LOUÇAS,PASSEI A SEGUNDA VEZ E SARREI ELA,SENTI A RACHA DA SUA BUNDA.ELA SÓ DEU UMA OLHADA PARA TRÁS E EU FINGI QUE NEM NOTEI.DEMOREI UM POUQUINHO PASSEI A TERCEIRA VEZ E NÃO AGUENTEI,ESTAVA DESERTO LÁ EM CIMA,SÓ EU E ELA,DESSA VEZ EU FUI ATÉ A PORTA,PASSEI A CHAVE E GUARDEI NO BOLSO E ELA NEM PERCEBEU.VOLTEI E ENCOSTEI ATRÁS DELA E SEGUREI PELA CINTURA E TASQUEI UM BEIJO NO SEU CANGOTE.ELA DEU UM PULO,OLHOU PARA TRÁS E DISSE ASSIM MESMO:QUE ISSO,SÉRGIO!PARA! VC ESTÁ NA IGREJA,ME RESPEITE,EU SOU UMA PESSOA DE DEUS E ME JOGOU UM COPO DE ÁGUA NO PEITO.EU SEGUREI ELA PELO BRAÇO E DISSE:EU VOU COMER VC HOJE E DISSE TUDO,QUE PENSAVA NELA,QUE QUANDO ELA PASSAVA EU OLHAVA PARA ELA,QUE ESTAVA DESEJOSO POR ELA,QUE TOCAVA PUNHETA PENSANDO NELA.ELA FICOU EM ESTADO DE CHOQUE,PAROU,CONGELOU!LOGO AGARREI,DEI UM BEIJÃO,ELA NO INÍCIO RESISTIU,MAIS LOGO RESPONDEU COM A LÍNGUA.DERREPENTE,ELA PARA E DIZ PARA MIM;ESPERA UM POUCO!DOBROU OS JOELHOS E FEZ LÁ A SUA ORAÇÃO E SE LEVANTOU E VEIO ATÉ MIM.TIREI A SUA ROUPA,SUA BLUSA,SEU SUTIÃ,DEITEI ELA NA MESA E COMECEI ACHUPAR OS PEITOS DELA,ATÉ FICAREM VERMELHOS E DUROS,CHUPEI BEM OS DOIS,POR UNS 10 MINUTOS ALI.EM SEGUIDA LEVANTEI-A E NOS BEIJAMOS COM FORÇA E BEM MOLHADO.TIREI A CALÇA JEANS DELA,MAS A CALCINHA NÃO,POIS COMO DISSE ERA BEM PEQUENA E SUMIA NAQUELA BUNDA,DAVA MAIS TESÃO.COLOQUEI ELA NA MESA,ABRI BEM AS PERNAS E CHUPEI ELA POR 30 MIN.ELA SE CONTORCIA,ELA GEMIA,SUSPIRAVA OFEGANTEMENTE,E GOZOU NA MINHA LÍNGUA POR DUAS VEZES.EU JÁ NÃO AGUENTAVA MAIS,ERA MINHA VEZ DE EXPERIMENTÁ-LA.COLOQUEI ELA DE 4,MANDEI ELA ABAIXAR AQUELA BUNDA RARA E SUCULENTA E FUI EMPURRANDO,NEM PRECISEI LUBRIFICAR,ELA ESTAVA POR COMPLETA LUBRIFICADA E FUI EMPURRANDO,A XOTA DELA É RASPADA E BEM GROSSA E ALÉM DISSO QUENTE E APERTADA.CHEGUEI ÁTÉ AS BOLAS,SEGUREI NA SUA CINTURA,E FIZ UM VAI E VÉM,UM ENTRA E SAI,ELA GEMIA,REBOLAVA,GRITAVA,ATÉ QUE EU SOLTEI O ESPERMA QUE ESTAVA ESPERANDO POR ELA ESSE TEMPO TODO,GOZEI COMO SE ESTIVESSE MIJANDO,PARECIA QUE NÃO IA PARAR,ME ARREPIEI,QUE COISA DELICIOSA,SÓ COMENDO PARA SABER MESMO.ENCHI AQUELA XOTA DE ESPERMA,ESCORRIA TUDO PELAS SUAS PERNAS.TIREI E MANDEI ELA CHUPAR,PARA SENTIR O GOSTO DO MEU PAU,DA MINHA PORRA E DA XOTA DELA,ELA TENTOU NEGAR,TEVE NOJO,MAIS SEGUREI-A PELOS CABELOS E MANDEI FAZER ISSO E COMO ESCRAVA ELA FEZ,LIMPOU TUDINHO.EM SEGUIDA,EU QUERIA MATAR MEU DESEJO,AINDA FALTAVA ,TINHA QUE COMER AQUELA BUNDONA QUE SEMPRE DESEJEI E PASSAVA POR MIM SEMPRE E EUE SÓ PODIA OLHAR.DISSE PARA ELA:VOU DEITAR NA MESA,VC VAI SENTAR EM CIMA,E QUANDO VC ACABAR DE SENTAR,DE CHEGAR ATÉ O FIM,VC VAI PULAR FEITO UMA CABRITA,VC VAI VIRAR PUTA.DE CRENTE A PUTA E QUERO QUE VC XINGUE,SE SOLTE,FALE TUDO QUE VC TEM DIREITO E SEMPRE DESEJOU.ELA FEZ CARA DE ASSUSTADA E MEDO,MAS EU ESTAVA DOMINANDO ELA.ESTAVA COMPLETAMENTE LOUCO POR ELA E DESEJOSO.ELA VEIO POR CIMA VEIO SENTANDO,ENTROU A CABEÇA(POIS ELA NUNCA HAVIA DADO O CÚ),ENTROU O MEIO,ELA PAROU,FEZ CARA DE DOR,GRITOU,EM SEGUIDA ELA VEIO DESCENDO ,SENTI ROMPER O LACRE DAQUELE CÚ,ATÉ QUE ELA DESCEU COMPLETAMENTE E SENTOU DE VEZ.EM SEGUIDA EU COMECEI A DAR ORDENS:PULA,SUA SAFADA,PULA COM FORÇA SUA VADIA,PUTA!E ELA COMEÇOU A PULAR,ENTRAVA COMO SE FOSSE PELA FRENTE,ACABOUA DOR,ERA SÓ PRAZER,ELA PULAVA TANTO QUE AS VEZES SAIA E TINHA QUE COLOCAR DE VOLTA,FAZIA UM BARULHO ALUCINANTE DE CORPO COM CORPO BATENDO,A MESA RANGENDO.EU MANDAVA ELA DIZER :EU SOU PUTA.ME COME.MAIS FORTE,MANDAVA ELA XINGAR COMO UMA PUTA DESVAIRADA.ELA ASSIM FAZIA.AI,AI,AI,ME COME,SAFADO,CACHORRO,FILHO DA PUTA,PORRA,EU SOU PUTA,SUA PUTA!ME ARROMBA!ME RASGA,ME FAÇA GOZAR PELO CÚ.ME COMA COMO NUNCA UM HOMEM ME COMEU SEU SACANA.ERAM ESSAS A S SUAS PALAVRAS.ELA SE SOLTOU TOTALMENTE!ATÉ QUE ELA GOZOU COM O MEU PAU NO CÚ DELA,PASSADO 10 MIN.FOI A MINHA VEZ,ENCHI AQUELA CÚ,AGORA PODIA DIZER QUE AQUELA BUNDA AO PASSAR POR MIM,ESTARIA LEVANDO MEU LEITE,EU COOPEREI APAR AQUELA BUNDA CRESCER MAIS.EM SEGUDA DEPOIS DO GOZO,FICAMOS UNS 5 MIN.ABRAÇADOS,AINDA COM O PAU DENTRO,DESCANSANDO.EU TIREI DEPOIS E MANDEI ELA DEIXAR LIMPINHO COM SEU BOCÃO.ELA FEZ UM BOQUET DAQUELES QUE ENDURECEU DE NOVO NA SUA BOCARRA,ATÉ QUE ELA ME FEZ GOZAR NA SUA BOCA,QUANDO ELA IA CUSPIR,EU LHE DEI UM LEVE TAPA NA CARA E DISSE :NÃO!ENGOLE TUDINHA,COMO UMA PUTA.E DISSE TAMBÉM:OLHA PARA MIM ENQUANTO ENGOLE E DIZ QUE VC É PUTA! ELA FEZ EXATAMENTE ASSIM,ENGOLIU E DISSE:HOJE EU VIREI UMA PUTA!EU NÃO SABIA QUE ERA TÃO DELICIOSO ASSIM,QUERO VC PARA SEMPRE.ELA SE CHAMA SIMONE,TEM UM NOIVO,MAIS 1 VEZ POR SEMANA(DOMINGO) A GENTE FODE.SAGRADAMENTE AOS DOMINGOS.ORA NA CASA DELA,NA MINHA,NA IGREJA,NUM MOTEL,TIRAMOS 3,4 HORAS PARA FUDER AOS DOMINGOS.SÓ VCS VENDO ELA PARA SABER COMO É,ISSO É VERÍDICO,NÃO É FETICHE OU FICÇÃO NÃO. SE QUISER SABER ME ENVIE UM E-MAIL:geraldopires.pires@bol.com.br

Comentários

06/07/2013 20:38:42
manda as fotos brother ,por favor
12/01/2011 21:32:21
Meu velho sinceramente mulher igual a essa q vc descreve aqui não tem!!!! To cheio d tesão p pode ve-la, bati uma lendo e pretendo bater muitas ainda manda ai!!! bração e curta muito ainda...
12/01/2011 21:29:57
10/08/2009 18:37:20
cara, so eu vendo ela pra crer!!!
09/01/2008 12:44:08
é isso aí, meu caro Geraldo. Fiquei fã de vc e de seu conto. Já enrabei umas crentes também. Por uma rande coincidência umas delas se chama SIMONE também. Casada, evangélica, dona de casa... Adorou dar o rabão pra mim e mais dois amigos numa só vez.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.