Casa dos Contos Eróticos

Feed

A mulher do petroleiro

Autor: Paty
Categoria: Zoofilia
Data: 31/08/2005 20:39:48
Nota 7.50
Assuntos: Zoofilia
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu era muito infeliz com meu marido por causa de sua profissão, pois ele é petroleiro e trabalha embarcado e eu sou funcionaria pública da prefeitura de Macaé. Eu o amo muito, mas desconfio que ele é gay, pois no período de folga dele, só fica bebendo com os amigos e quase não me procura. Eu tenho um fogo incontrolável na minha xana e não tenho coragem de traí-lo com outro homem. Antes de tudo, eu vou me apresentar. Eu sou branca, tenho 31 anos e 1,75 m de altura, sou uma loira fogosa, olhos verdes e tenho um corpo e uma bunda escultural.

Este relato é verdadeiro. Tudo aconteceu num domingo. Tem uns dois anos mais ou menos. Eu estava sozinha em casa de noite, pois meus dois filhos pequenos ficaram com a minha mãe. Ele estava embarcado na plataforma. Ele fica 14 dias embarcados trabalhando como fiscal e faltavam três dias para ele cumprir a escala para desembarcar. Neste dia eu estava com um tesão imenso. Eu estava menstruada e quando estou assim fico com um desejo sexual imenso, muito receptiva e louca para transar. Como eu não traio meu marido, nestas situações, vou à locadora e pego umas fitas ou DVDs de filmes pornôs bem pesados ou então vou para as salas de bate-papo ou sites de pornografia na Internet. Então foi o que eu fiz. Era de noite, fui pro meu quarto, tirei a roupa, fiquei de calcinha e resolvi me masturbar olhando fotos de sacanagem na Internet. Comecei a navegar pelos sites e de repente entrei num site de zoofilia. Aquilo no início me deu nojo, mas ao mesmo tempo me atraiu bastante à medida que eu me masturbava. Vi mulheres sendo penetradas e gozadas por dog. Resolvi baixar um filme pornô de zôo. As bucetas eram dilatadas por pênis que tinham um tamanho descomunal. Neste momento, eu comecei a ter pensamentos insanos e as minhas pernas começaram a ficar trêmula. Meu coração disparou e a minha xana começou a piscar e a ficar completamente ensopada, pois eu me lembrei do meu dog, da raça dog alemão de cor preta e muito dócil e manso. O nome dele é Rick. Eu sempre brincava muito com o meu cão, principalmente quando dava banho nele. Às vezes ele ficava muito excitado e o pintão vermelho saía da capa. Uma vez quando eu o lavava, “sem querer” toquei os dedos no pinto dele, mas foi só isso. E agora eu estava embriagada querendo segurar e masturbar o seu pênis vermelhão e cheio de veias. Naquele momento ele estava no canil sozinho e desamparado e precisando de uma cadelinha, pobre cãozinho.

Se ele é o meu melhor amigo, porque eu não podia ser a sua melhor amiga. Neste dia eu tinha dado um banho de xampu nele e escovado bastante. Ele estava bem limpinho. Eu queria que ele chupasse minha buceta. Aí então abri a porta da cozinha e chamei-o. Ele prontamente veio abanando o rabo. Eu estava de calcinha e o levei ao meu quarto. Sinceramente, não sabia qual seria a reação dele. Ele era novinho com apenas um ano e meio e nunca tinha cruzado. Eu sentei na cadeira e voltei a ver o filme pornô zôo. Abri as minhas pernas e deixei o Rick me cheirar. Ele veio com um instinto animal e começou a me lamber no início devagar e logo depois furiosamente. Como eu estava menstruada ele agiu de uma forma completamente diferente, pois aquele cão dócil estava se transformando em um amante cheio desejo querendo cruzar com sua cadelinha no cio. A língua dele varria a minha calcinha que estava totalmente ensangüentada e ensopada com o meu fluido sexual e sua saliva canina. O pano tinha amolecido e sua língua áspera e quente atingia facilmente meus lábios e meu grelo. Eu estava fora de mim e acabei gozando rapidamente. Eu estava mergulhada numa luxúria e resolvi tirar a calcinha para facilitar as coisas. Comecei novamente a ter gozos, múltiplos gozos na cara dele. Observei o pinto dele que começou a sair da capa e estava inchando. Estava enorme de uma forma que eu nunca tinha visto antes.

Era incrivelmente grande, muito maior que o do meu marido, acho que media uns 20 cm. Peguei-o com as mãos e comecei a acariciá-lo e a masturbá-lo delicadamente e depois vigorosamente. Ele tinha espasmos com movimentos pélvicos querendo subir em mim. Naquela hora eu estava completamente descontrolada e resolvi ceder aos desejos do meu amante canino. Coloquei uma jaqueta jeans para ele não me arranhar e fiquei de quatro na minha cama com bundinha bem empinada para cima esperando receber aquela vara. Ele subiu na cama e ficou encima de mim com movimentos rápidos e descontrolados. Seu corpo cobria o meu corpo tentando acertar o alvo. Com a minha mão direita para trás guiei aquele cacete louco para dentro da minha buceta que acertou rapidamente o alvo. Não tive forças para segurá-lo. As estocadas eram ferozes e rápidas. Sentia dor e prazer ao mesmo tempo. Minha buceta estava sendo dilatada e rasgada por aquele macho insaciável. Ele babava todo meu rosto com a língua toda de fora. De repente senti algo inchar dentro de minha buceta. Eu sabia que o nó tinha entrado. Comecei a gozar freneticamente e incontinentemente com aquela pica monstruosa dentro das minhas entranhas. De repente ele parou o movimento e comecei a sentir um jato quente lavando o interior da minha buceta até o meu útero. O esperma dele escorria pelas minhas pernas junto com o meu fluido e sangue menstruado. O quarto estava impregnado com cheiro de sexo. Eu gozei novamente. Um gozo prolongado e profundo como nunca tive antes. Fique desfalecida na cama e tentei retirá-lo de mim, mas estava grudado. Não insisti, pois a sensação era maravilhosa, parecia que eu estava sonhando. Sim, eu estava engatada com o meu amante canino. Logo o nó começou a desinchar. Quando soltou da minha xana dilatada, saiu uma cachoeira de esperma que lambuzou todo o lençol e a colchão. Eu dormi sentindo o dog lambendo com sua língua quente a minha buceta lambuzada com o nosso suco como que agradecendo a sua cadelinha, por ter lhe dado tanto prazer e amor.

Hoje eu sou uma mulher muito feliz e realizada amorosa e afetivamente, pois toda vez que meu marido vai trabalhar embarcado, eu faço amor, sexo e orgia com o meu dog Rick várias vezes na quinzena até a minha completa exaustão.

Comentários

19/10/2009 15:17:11
Copiou e colou ri-di-cú-lo....
19/05/2009 22:24:13
"Paty", EU não sei se vai ler este meu recado, mais EU te peço: me passa o teu MSN??? MUITO Em breve EU vou até Macaé, PROCURAR & ACHAR VOÇÊ: Duvida????... EU Moro MUITO Perto de Voçê... Se Liga!!! E se Volta p'ra Cristo!!!!!!!!!!!
19/05/2009 22:19:20
Velez, Caro(a)... Essa Menina, a "Paty", é uma mulher que SOFREU & SOFRE MUITO com essa rejeição do marido, que, segundo ela, é pederasta... Pode não parecer, mas ela é APAIXONADA pelo marido, de Verdade... Ela sofre essa Rejeição, e seu inconsciente registra como Desprezo, Agravado por um motivo forte e irreversível (o "tal" homossexualismo do marido); logo ela acha que SEMPRE será Desprezada pelo Ser Amado, por ele ser homossexual, fato que ela não conseguiria (supostamente)reverter jamais... Estando MUITO Fraca psico,emocional, e o pior, Espiritualmente, e estando MUITO Carente Afetiva e Sexualmente, a "Paty" cambiou para o lado da Maldita zoofilia, tanto que observa-se que ela, de certa forma deposita insconcientemente neste maldito cão todo o carinho e apreço que deveria ser do marido, até como uma forma frustrada de se satisfazer sentimentalmente e protestar silenciosamente contra o comportamento do marido imbecil... Vê-se até que ela foi induzida visualmente a cometer esse que é um dos maiores crimes sexuais... Portanto, Velez, Larga de ser Imbecil, Idiota e Execrável e para de bater palma p'ra DOENTE morrer!!!
16/05/2009 23:05:51
Deu e bem se seu marido é veado entãop o melhor amigo tem de substituir...né
14/05/2009 12:53:01
Volte-se para Jesus Cristo!!!! TRANSFORME-SE!!! E Pare de Praticar ZOOFILIA!!!!!!!
04/03/2009 17:54:55
voce é uma mulher suja,imunda, não comeria voce nem de graça, voce é um lixo animal, deve ser por isso que o seu marido não te come.
05/01/2008 11:44:21
Gostei do conto,mas quem tém que te comer sou eu. Me convide.
30/12/2007 18:52:42
Gostei muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito
28/09/2007 12:58:30
sou de porto q quero t comer......douglassommer@gmail.com
05/07/2007 08:04:11
Lindo texto
17/05/2007 07:48:10
Esta história é para dormir em pé!...eu pratico zoofilia com o meu dog e sei que o pénis não cresce sozinho...só cresce dentro da vulva ou através da masturbação com a nossa mão,o dela cresceu sozinho e atingiu 20 centimetros!...valha-me os deuses...
04/05/2007 16:04:16
É por causa de pessoas como vc que surgiu a AIDS. vc é uma nojenta, pq n~ pegou um maranhão de 30cm e enfiou em sua buceta e no se cú, vc tb não estaria traindo o seu marido. vc é literalmente um animal inrracional.
04/05/2007 14:51:47
foder com um cão é muito melhor que muito homem porcaria que anda por aí...
Rick
13/01/2006 04:28:17
Gosto tambem! Gostaria asistir e mamar tambem o Dog. Escreva por favor para nos encontrarmos.
neronervoso
12/10/2005 21:53:11
Kibosta tu é porca mesmo em vadia, depois dessa não te comeria nem se me pagasse
macho
07/10/2005 00:55:58
quero vc, vou até Macaé pra acabar com esse fogo!
Ricardão
05/10/2005 19:22:27
Eu quero foder vc todinha. Eu quero engatar com vc e te encher de semen. Vc é muito tesuda. beijoos
casal liberal
05/10/2005 09:01:50
adorei o conto ou melhor a fato veridico mas pena que tu não deve ser do porto alegre né? pois bem nós somos e somos liberais e queremos transar com outras pessoas homens só mulheres só ou casais nosso e-mail casalliberal.poa.rs@ibest.com.br
tuta
01/10/2005 08:35:07
tambem trabalho na Pt se quiser se comunicar e so mandar um e-mail
new
29/09/2005 05:50:25
eu acho que vc é uma grande mulher...apesar de lhe faltar rola , e de ser uma mulher gostosa ,vc vai transar co seu cachorro... é melhor vc transar com um grande cachorro amigo, do que com um grande amigo cachorro... parabéns e gose muito... sorte do seu cachorro....garanto que nunca ele vai te dedar....
Ninfa
27/09/2005 23:47:12
Fala a verdade tem coisa mais gostosa de que um homem te enrabando, chamando de minha puta , batendo na sua cara , puxando seu cabelo beliscando o biquinho dos teu seios... Gemendo e gritando enquanto goza e olha pra cara dele de tarado enquanto te faz gozar loucamente...e vc aí dando pro au au. fica aí nessa mesmo e deixa os homens fudedores pras mulheres como eu q sabem dar valos ao prazer de verdade.
tudo mole
27/09/2005 21:26:45
A dona dá pro au au. Que coisa de louca meu. Por que não vem dar prá mim.
Luís
26/09/2005 15:15:57
Conheço casos parecidos. Você não é a única, nem última puta desse mundo que gosta desse tipo de perversão sexual.
Elias
09/09/2005 17:16:01
Minha nossa! queria eu ser ter marido, queria te ajudar a transar com o seu cão, de uma coisa eu tenho certeza, quando voltasse do trabalho e voce contasse tudo para mim, com certeza tambem ia querer, gostaria de conhecer voce.Sou de Porto Alegre e tenho um sitio e tenho um ponei, ja imaginou transar com ele.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.