Casa dos Contos Eróticos

Feed

MINHA MULHER FOI FUDIDA POR UM BRUTO

Autor: MARIDO SATISFEITO
Categoria: Heterossexual
Data: 27/05/2005 06:41:58
Nota 8.57
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Somos casados a 21 anos e em nossas fodas sempre surge aquele papo de ter outro cara fudendo nela, ou enquanto eu fodo ela chupa outra rola. Ela , 1,67- morena clara, seios firmes, 42 anos, malhada de academia, queimada do sol, pois moramos em Santos/SP.Ela tem uma buceta maravilhosa, lábios carnudos, vermelhos, que quando ela esta deitada de bruços o visual que a xana dela oferece é de deixar qualquer homem com a rola dura e com vontade de fuder nela. A xana tem os pentelhos bem aparadinhos deixando uma marquinha maravilhosa. Tudo isso me deixa fascinado e fico imaginando o que outro cara não faria naquele corpo se pudesse. Quando estamos gozando ela grita e manda eu imaginar outros dois caras chupando o grelo dela, enfiando no seu cuzinho e enchendo ela de porra por todos os lados. Eu fico maluco e tb gozo feito doido. Numa tarde, fomos lavar nosso carro e o lavador chamou muito nossa atenção. Ele era alto, forte, uns braços compridos e tinha cara de ser do norte. Ele parecia ser bem bruto, pois esfregava o carro com tanta força que até balançava. Minha esposa comentou sobre isso , mas passou. Na semana seguinte voltamos e ele lá. Minha esposa ja olhava pra ele com certo interesse eu notei isso. O tempo foi passando e nos sempre la, e mina esposa nao disfarçava pra mim, inclusive ela ia de vestido e enquanto ele lavava o carro ela olhando pra alisava a xoxota. O carro ficava com os vidros fechados e era filmado e ele nada percebia. Descobrimos que ele fazia um bico de eletricista e chamamo-o para ir em casa dar uma olhada na parte elétrica. Ele foi olhou tudo , deu o orçamento e os materiais que tinhamos que comprar, e assim que tivesse tudo ele voltaria para fazer o serviço. Minha esposa na mesma semana comprou tudo e marcamos pra ele ir na quarta-feira seguinte. Bolamos um plano de que eu não estaria em casa quando ele chegasse e minha esposa ficaria sozinha. Sozinha em termos, porque eu ficaria escondido na suite do quarto pra acompanhar os acontecimentos. No dia marcado ele chegou, perguntou por mim e minha esposa falou que eu tive que sai urgente pra resolver o assunto. Ele falou que poderia voltar outra hora. Ela falou que não tinha problemas, que ele poderia fazer o serviço. Ele era rude até pra falar, sotaque bem carregado. Ele era enorme, devia ter 1,95-. Minha esposa estava com um vestido bem decotado, mostrando aquele reguinho dos seios, e mostrando tb as pernas grossas e bronzeadas. Ela tinha tomado um banho e estava cheirando a shampoo, bem convidativa e pronta para o crime. Ao chegar ela falou que ele deu uma olhada nos peitos dela que ela se sentiu praticamente pelada na sua frente. Ele iniciou o trabalho, trocou a tomadas que tinha que trocar, instalou outras e quando terminou avisou minha esposa que ja ia. Ela mais que depressa, falou pra ele que tinha que dar uma olhada no ventilador de teto do nosso quarto. Ele foi até la verificar, instalou uma escada de abrir e subiu nela pedindo que minha esposa segurasse. Ele começou a tirar o ventilador e pediu se ela poderia subir tres degraus pra ajuda-lo a segurar. Ela subiu e ficou praticamente encostada nas pernas dele. Uma pernas morenas , grossas , ele estava de bermudas. Ele tirou o ventilador e foi descendo e se colocou por detras dela pra descer. Vi, do banheiro ele encostado na bunda da minha mulher e ela quieta. Quando ele desceu notei que sua rola estava dura. Ele pediu desculpa e ela falou que nao tinha nada. ela disfarçou, e deu uma olhada na rola dele notando o volume. Ele meio sem graça se virou de costas, mas ela ja cheia de tesão foi por tras dele , abraçou-o e segurou na rola dele por cima da bermuda. Ele ficou surpreso e por um instante nao sabia o que fazer. Mas sua reação veio como um raio. Ele se virou, segurou ela pelos cabelos, deu um puxao nela de encontro ao seu corpo e deu um abraço na cintura dela que eu pensei que ele ia quebra-la no meio. Ele suspendeu ela colocou em cima da escada de frente pra ele, suspendeu seu vestido e olhou aquela xana maravilhosa, coberta apenas pou uma minuscula calcinha de renda que deixava os labios vaginais todo de fora. Ele admirou por um instante e falou que ela era gostosa e meteu a boca com tanta volupia que eu pensei que a buceta dela la sair na boca dela. Ele enterrava a lingua e ela rebolava em cima da escada nao querendo perder nada daquela língua. Ele apertava a sua bunda deixando marcar dos dedos e as vezes enterrava o dedo no cuzinho dela arrancando gemidos dela. Ele chupava e mordia a buceta , até que ele tirou ela da escada e pos no chão. Segurou ela de costas pra ele, arrancou seu vestido deixando-a so de calcinha e sutiã e colocou uma mão fortemente na bunda dela por trás fazendo com seu dedo alcançasse a buceta para sacanear no grelo dela. Ela rebolava em sua mão e gemia que nem uma cadela . Ele dizia que iria come-la como comia as cabritas la na terra dele. Que iria arrrombar sua buceta pra ela saber o que um cabra macho de verdade. Ele segurava seus seios e seus dedo deixavam marca vermelhas pelo seu corpo devido a força que exercia. Ela parecia uma boneca em suas mãos, devido ao seu porte avantajado. Ele tirou suas roupas e colocou pra fora uma piroca enorme, que parecia uma mandioca, grossa e grande, com uma cabeça que parecia o socador de madeira. Ela viu aquilo, ficou vidrada, com medo mas ao mesmo tempo cheia de vontade. Ele agarrou ela pelos cabelos , abaixou sua cabeça até aquela piroca e fez ela mamar. Ele segurou ela com as duas mãos e fazia um vai-e-vem com a cabeça dela na pica dele, fazendo sua boca de buceta. Ele chamava ela de cachorra, rampeira, que nada ia impedir ele de fuder nela, safado nenhum se atrevesse. Acho que ele sabia que eu esta olhando. Ele bombou na boca dela por uns dez minutos, segurou ela pela cintura e jogando ela na cama, colocou ela de quatro, tirou sua calcinha arrebentando as tirinhas laterais e guiou seu cacete pra borda da buceta. Dando umas esfregada, enterrou de uma só vez, arrancando um urro da minha mulher, que jogou o corpo pra frente sentindo dor e querendo fugir daquela estocada do pinto enorme na buceta, mas ele segurou em sua cintura e puxava ela de encontro ao seu caralho, dizendo que agora ela ia agüentar e gozar feito uma cadela safada.. Ele enterrada forte e ela já acostumada, falava palavras incompreensiveis e gemia demais. Ele não parava de socar ate que ela gozou. Ele continuou com aquele massacre. Ela gozou mais uma duas vezes, quando ele tirou a rola e colocando de novo em sua boca reiniciou o vai- e- vem. Depois de uns dez minutos ele gozou jorrando esperma na sua boca , rosto, olhos, fazendo ela lamber tudo e deixar seu cacete sequinho. Ele dava uns tapas na cara dela que eu ouvia de onde estava, ela estava com o rosto vermelho, cansada, toda mole, ma ele não se dando por vencido colocou-a de quatro na beira da cama, deu uma cuspida na cabeça da rola e colocou na portinha do seu cu. Aquele homem não tinha pena dela. Colocou a cabeça, ela quis sair, mas ele segurava ela feito uma animal pelos cabelos e cintura. Enterrou a cabeça e eu vi aquele monstro invadindo o cu da minha mulher de uma so vez. E la chegou a chorar de dor, mas depois ficou numa boa e começou a mexer produzindo um prazer gostoso pra ela e pra ele que mandava ela mexer as ancas e falar que ele era o macho que ela sempre quis. Ficaram longo tempo assim até que explodiram num gozo total, com ele arriando sobre ela. Ele tirou o pau do cu dela e eu vi que a porra ainda escorria pelo seu rego da minha mulher. Isso tudo demorou mais ou menos uma hora. Nesse meio tempo eu tinha batido umas três punhetas de tanto tesão que eu fiquei vendo aquele animal no cio fudendo na minha mulher. Ele se lavantou, olhou pra ela , colocou suas roupas, pegou a calcinha dela pos no bolso e falou que já tinha terminado o serviço e que tinha que ir embora. Falou que depois eu poderia passar la e acerta com ele o serviço. Ele foi embora , deixando-a ali, sem dar a mínima. Logo que ele saiu eu fui falar com ela. Ela estava ate tonta, mas falou que estava bem, so que com a buceta doida e o cuzinho ardendo. Ficou assim por uns dois dias, mas toda feliz, falando que logo logo a parte elétrica teria que sofrer manutenção e nos teríamos que chamar aquele rapaz que realmente mexia com força.

Até hoje vamos no posto, ele talvez tenha dúvidas eu eu vi ou não, ma quando chegamos la ele cuprimenta a gente e da um sorriso bem safado pra minha mulher.

Comentários

03/09/2013 22:50:58
ESTOU PRONTO PARA DAR UMA BELA TREPADA NA SUA MULHER E FAZER ELA SUSSURAR DE TESÃO welbermoc@hotmail.com
21/03/2012 19:57:05
rapaz que cara mais corno ou ele e muito corno ou ele queria dar o cu. eu sou nordestino mas sou carinhoso esse negocio so porque e do norte e bruto .mulher que gosta de homem que bate nela porque ela nao passa d e uma cadela. mulher gosta e de carinho .toda mulher que eu fiquei me procurou da segunda vez .vcs acha se eu fosse bruto e las me procuraria.abracos beijos.quem quizer postar um comentario no meu email.romeritore@gmail.com
02/01/2012 16:12:50
santos_valdenir@yahoo.com.br meu e-mail estou pronto pra fuder sua esposa safadinha
02/01/2012 16:12:08
estou de bobeira pra fuder sua esposa quando vc quiser meu brother.... msn magrãodocavaco@hotmail.com e=-mail santos_valdenir@yahoo.com.br
Con
11/02/2010 15:08:01
Adoreiiiiiiiii Gostaria de ser fudida assim, mais puxaria meu marido pra festinha .. Delicia
Con
11/02/2010 15:07:20
Eu adorei !!! gostaria muito de ser fudida por um bruta monte destes, e com certeza puxaria meu marido pra festinha ... Delicia
08/03/2009 19:54:32
não teria coragem mas gue se pensa se pensa o ploblema e a vergonha no outro dia
08/03/2009 19:50:54
o ploblema não é o sexo e a curiozidade de como pode ser um orgasmo diferente eu teria medo da vergonha em olhar nos olhos dela depois
06/03/2009 13:01:15
olha gente cada um com sua loucura, mas eu naum me vejo fudendo minha esposa depois d saber q outro fudeu ela, teria muito nojo, e tbm naum vejo ninguém c prevenir nessas loucuras, levando em conta que c arma tudo antes, ta loko vc6 são todos pirados
06/03/2009 12:59:51
olha gente cada um com suas loucuras, esse negócio de deixar a esposa ser fudida por outro me da nojo, eu naum me veria comendo minha esposa depois d saber q outro gosou nela, porra gente com tantas doenças, ninguém c previne nesses contos, e tudo bem, vai caga todos vc6
19/01/2009 18:26:31
tou a disposiçao pra fuder tua esposa quando voçe quiser
19/01/2009 18:24:00
corno e corno paresse que esse cara e viado
14/09/2008 20:00:35
isso de vc sentir tesao de outro homem comer sua mulher e complicado vc nao cente tesao em da o cu tb nao
14/09/2008 19:57:32
vc e muito e corno velho e safado vc nao quer da u cu tb nao
22/07/2008 17:40:10
Eu não sei o que leva um cara gostar de ser corno...espero nunca ter essa vontade...o que é meu é meu...e de mais ninguem...e nem gosto de nada dos outros......bom isso são coisas que eu nunca vou entender.
MLK
29/11/2007 13:57:57
Cara sou cazado e e tenho maior vontade de ver um brutamontes desses fuder minha esposa mas o problema e que tenho vontade de chupar tambem o pau sjo de buceta mas seu conto me deu muito tesao meu email e mpnkiss@hotmail.com
POWERGUIDO
28/05/2005 16:36:39
Mais um conto de corno contente.É estranho o fato de todas as mulheres deste contos serem divas,gostosas.Bem,até aí tudo bem,pois mulheres bonitas tb se casam.Incoerente mesmo é o cara,sendo bruto,pedir desculpas por encoxar a mulher do outro e ficar c/ vergonha da pica em riste!
Papa Esposa
27/05/2005 10:12:25
A partir de hoje vou caminhar na prai todos os dias em busca dessa musa .... Adoro uma putinha e um corninho feliz ....

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.