Casa dos Contos Eróticos

Feed

maiô sensual

Autor: Mara
Categoria: Heterossexual
Data: 16/05/2005 06:12:14
Nota 8.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bom me chamo Mara, tenho 33 anos, sou casada a 13 anos, tenho um filho de 12 anos e meu marido é um cara muito atencioso, ele me completa totalmente e nada igual tinha acontecido até então... Trabalho numa empresa de advocacia, onde desempenho a função de Tec. Judiciária, trabalho neste lugar a 8 anos...e sempre fui muito respeitada por todos (são 8 advogados e 12 mulheres q os auxiliam sob a minha coordenação), e o meu chefe é o dono desta empresa, sempre tive como um pai, pois Dr. Arthur, tem 62, quase a mesma idade do meu pai. Bem o fato q vou narrar aconteceu no inicio do verão quando eu fui comprar um maiô, pois eu iria aproveitar minhas férias na casa dos meus pais, a cada fica numa chácara e tem uma piscina, lugar agradável. Só q meus pais são muito conservadores e sempre q vou pra lá compro um maiô novo. Entrei numa determinada loja e escolhi alguns modelos q a vendedora trazia e escolhi um preto por não ser muito vulgar , experimentei, gostei, pois a peça valoriza meus seios e meu quadril...parecia ser só um pouco pequeno, fiquei na dúvida se levava ou não, aí apareceu a vendedora dizendo _: como eu fiquei sexy, que combinava comigo, que eu tinha seios lindos e um quadril maravilhoso, e eu ficava me olhando e via a acara da vendedora falando e gesticulando, quando ela pegou na lateral do maiô e puxou um pouco pro lado, cavando um pouco na minha bundinha...senti um arrepio e ela lá falando q _: bumbum lindo vc tem, sem celulite...e colocou a mão na minha bunda, fiquei sem graça, dei um sorrisinho amarelo e concordei em ficar com o maiô. Ela saiu,fiquei ainda me admirando com meu novo maiô. Vesti minha roupa, paguei e fui embora , pois tinha q voltar pro meu trabalho....na empresa , encontrei minhas amigas e fui mostrar pra elas meu novo maiô..e vesti...foi quando ouvimos chegar os advogados retornando do almoço...elas saíram rápido da sala não deixando alternativa senão colocando minha saia sobre o maiô, como não daria tempo fiquei sem a blusinha, usando como fosse um colan...estando sentada na minha mesa e calçando os sapatos já com o Dr. Arthur entrando na sala. Ele me deu uma boa tarde e olhando pro meu jeito meio informal de vestir na ocasião, gelei com seu olhar...pensei em vestir a blusa mas ela estava no banheiro com minhas outras roupas(calcinha e o sutiã) do Gabinete do Dr. Arthur. Fiquei pensando em como pegar quando tocou o tel, era o Dr. Arthur me chamando em seu gabinete. Entrei com alguns processos, perguntei se queria q despachasse algum documento ou aqueles processos q estavam comigo..ele disse q não q teríamos uma reunião em 30 min...do conselho e queria q eu arrumasse o micro q sempre eu disponibilizo nestas ocasiões em sua sala, ele fica um pouco afastado(5 metros e digito toda a ata nele) fui em direção ao micro e próximo fica a porta do banheiro, pensei agora ou nunca, vou pegar minhas roupas...entrei e não vi nada...gelei, fiquei sem ação alguma...putz..voltei pra sala e Dr. Arthur de costa pra mim , concentrado em seus processos...sentei e fiquei pensando se ele tinha pego,pois só poderia ter sido ele...quando eu olho pro lado Dr. Arthur me secando, perguntei se ele queria algo ele não disse nada...apenas virou e pegou uma cadeira e puxou ao meu lado, meu coração batia forte, não sabia o que ele queria...apenas olhei e perguntei se ele precisava de algo...então ele diz_ Sabe dona Mara a senhora sempre foi uma mulher q se vestiu de acordo com a ocasião, são quase 10anos de trabalho e nunca vi a senhora, vestir-se desta maneira....ouve um silêncio, ele me olhando e parecia q devorava meu decote, mas não poderia ser me dando um sermão, pensei...e ele continuou...prefiro a senhora assim embeleza todo o ambiente, combina com sua delicadeza e etc...fiquei sem ação, sorri nervosa e aliviada...aí ele continuou...encontrei algumas peças intimas no meu banheiro, certo q são suas...e lavantou até sua mesa...meu coração novamente disparava.....meus joelhos tremiam....voltando com a calcinha na mão e o sutiã em outra...parou novamente ao meu lado...entregou o sutiã...e quando foi entregar a calcinha olhou fixamente pra ela e me deu, sorrindo...agora sim ele estava me devorando pelo decote do maiô...e ainda teva a cara de pau de perguntar se eu iria vesti-las. Disse q não e guardei na gaveta as peças intimas rapidamente, escondendo meu olhar atrás dos meus óculos...e ele me disse a senhora está de colan, respondi q não, baixinho e ele voltou a perguntar e disse envergonhada q estava de maiô, q eu estava vestindo pouco antes do senhor chegar e nem deu tempo de trocar de roupa e nem de pega-las no banheiro...ele riu ...voltou pra mesa dele..arrumando as coisas pra reunião. Acertei tudo e disse q já estava pronta pra reunião e ele pediu q fosse até a mesa dele. Quando me levantei meu maiô cavou um pouco na minha bundinha...e não deu pra tirar pq o velho ficou me olhando...ele estava com olhar diferente....me deixava sem jeito...sentei ao seu lado e ele me disse ...não precisa se envergonhar vc é realmente muito bonita, atraente..senti meu seio enrijecer fiquei corada e disse obrigada, mas ele tava afim de mais e disse...adorei seu novo modo de vestir... e eu disse q não iria acontecer novamente...ele riu..e colocou a mão na minha mão q estava sobre meu colo...apertou e olhando direto nos meus olhos, ria e eu não acreditava, aquele senhor que sempre me tratou com o maior respeito tava me cantando...não conseguia ouvir mais nada...não tinha reação nenhuma...meu coração disparava, sentia minha pela queimando...meus seios parecia querer furar o maiô...pensei logo começa a reunião e isso tudo acaba...senti sua mão apertando mais minha mão...e com outra mão..senti acariciando minha coxas, dei um pulo...ele ficou assustado... e eu mais ainda ...ele veio até onde estava e disse que foi??? Falei quase chorando...Dr, arthur o sr é como pai pra mim....me respeite...ele dizia...mara vc é linda, olhe estes peitos...estão duríssimos...virei me apoiando no arquivo, com vergonha..ele aproximando por trás ...senti suas mão em minha cintura. Ele falando o quanto me achava gostosa e tal....e eu só conseguia dizer, por favor dr...pare sou casada...mas não adiantava...senti o quanto ele estava excitado, roçando em minha bundinha...e apertando minha cintura...eu me defendendo abraçada a mim mesma ...ele me beijava a nuca, levantava meu cabelo...passando a língua na minha orelha...num momento consegui sair daquela incomoda posição e corri pro banheiro....ele veio atrás não deixando fechar a porta....falei q não rolava, pq amava meu marido, tinha uma família..e ele argumentado q me respeitaria e que queria apenas tocar no meu corpo...e q estava curioso pra me ver de maiô...q não me forçaria a nada...sai do banheiro e disse ..tá legal, fico de maiô na sua frente,mesmo pq faltava pouco pra reunião, manos de 15 minutos...mandei ele sentar no sofá, ele rapidamente sentou....meu coração pulava, mas pensava quem nunca me viu de biquíni e de maiô....eu tremia, arfava...ele lá sentado.....andei em sua direção...me apoei na mesa de reunião e tirei a sai....com as mãos na altura da virilha, com vergonha, tremia toda. Ele balbuciou um monte de coisas q não entendi..pediu pra eu virar...fiquei sem jeito diante do pedido... ele disse vira marinha, vira...tó louquinho pra ver sua bundinha...senti o quanto eu tava ficando molhada....mas tinha muita vergonha, tremendo virei...meu deus o q estou fazendo...pensei....ele pediu pra empinar um pouco, deitei meu tronco na mesa e abri um pouco as pernas...ele vibrou...pediu pra enfiar um pouco mais o maio na bunda...puxei um pouco, senti apertar minha bucentinha...tava excitada...mas ainda tremia muito...ele falando um monte de besteiras q me deixavam mais louca ainda...olhei pra trás e vi o velho se masturbando.....me assustei, e virei rápido...me envergonhando...ele disse por favor marinha, vira...não conseguia ver nada além do seu pau...era pequeno, mas naquela ocasião....ele pedia pra eu subir na mesa, eu ri..e disse vc quer q eu fique aqui??? Ele levantou com as calças na mão e disse simmm, chegou bem perto de mim...eu de frente pra ele, olhei pra baixou e vi seu pinto pulsando...ele disse quer pegar, disse q não...então ele puxou uma cadeira e eu usei como degrau...ele sentou...eu fiquei de 4 virando minha bunda na sua direção....abrindo as pernas...e disse goza...velho tarado...ele se surpreendeu e veio em minha direção, disse q se me encostasse pararia ali mesmo...ele recuou...e me xingou....eu deitei a cabeça na mesa e deslizei minha mão até a minha bucetinha, que estava super encharcada ..puxei mais um pouco o maiô...se senti um tesão enorme.....comecei a me masturbar tb....fiquei louca, não me importanto com o Dr Arthur....olhei pra ele..e ele em pé gozando.....pensei q deveria parar tb, pois não estava mais me controlando......me virei, ele olhando e rindo..me chamando de louca....me sentei ainda na mesa na frente dele...ele guardando o pau...me puxou pro chão....sorri...virei pra pegar minha sai, ele me puxou e disse falta eu ver este par de seios maravilhosos...e já foi colocando as mãos e apertando...tentei sair..mas ele me jogou no sofá caindo sobre mim...e apertando os biquinhos...eu já tava meio confusa, queria e não queria aquilo...e ele falou no meu ouvido...deixa eu ver....passando a mão na minha bunda.. falei pra ele sair de cima...ele riu ficou de joelhos...falei q não...e q eu iria embora...ele pediu calma...pedi minha saia...ele disse que iria começara reunião...e pedi a saia preciso me vestir...me arrumar estou toda descabelada...ele mandou me arrumar no banheiro..achei meus sapatos e calcei, fui caminhando pro banheiro...ele falando lá na sala se eu não teria coragem de ficar de maiô durante a reunião..falei q não...mas ele disse q só precisaria ficar sentada e q ninguém iria saber, só nós dois..neguei...ele veio até o banheiro...eu disse ta louco, imaginou ser tachada como a puta do escritório...ele mas mara, só eu sei q vc vai estar de maiô...fiquei com tesão confesso, mas disse q não...pedi minha saia...alguém bateu na porta, e ele falou...senta senão te pegam assimmm...corri pra nessa e coloquei meus óculos, então começou a chegar o pessoal e foram sentando...e me dando boa tarde...rezei e pedi q nada desse errado..a reunião foi iniciada e eu realmente fiquei muito excitada....com a situação,cada vez q chamavam meu nome...meu coração pulava, sorte q o Dr, arthur pediu q eu passasse os dados oralmente e em determinada situação levantou até minha mesae ficou de lá palestrando....acabou a reunião todos saíram...ficando só eu no gabinete, Dr Arthur depois voltou...e me deu a saia, peguei e fui ao banheiro....meu tel. Tocou era meu maridinho, dizendo q estava excitadinho q comeria meu rabinho...sai do banheiro vestindo a saia e conversando no cel...fui em direção ao Dr. Arthur, sentado no sofá ao lado dele, falando besteiras no cel,. Desliguei o cel e disse q meu marido passaria mais cedo, Dr. Arthur disse q não tinha problema... e emendou carinha de sorte vai comer esta rabinho, sorri afirmando....voltei pro banheiro tirei meu maiô e coloquei minha calcinha e sutiã....saindo só assim Dr, arthur...ficou mudo quando me viu....e eu já fui dando pra ele cheira meu maiô...e colocando minha saia...ele lambeu a parte q cobre a virilha, me deixando bastante excitada...sorri, e quando fui colocar a camisa ele segurou minha mão e disse deixa eu ver melhor isssssso...e segurando um dos meus seios...apertando e soltando habilmente do sutiã, tentei evitar mas ele dizia deixa, só quero ver....e então puxei todo o sutiã pra baixo....e coloquei suas mãos sobre eles...parecia uma criança...disse chega e dei um beijo em sua boca....ele aproveitou...passando sua mão por todo meu corpo, levantei do sofá...me arrumei olhando pra ele..e disse tchau...encontrei meu marido esperando na portaria da empresa...disse q eu estava brilhando com uma carinha linda.....entramos no carro e eu disse vamos pra casa to louca pra te dar o rabo....a noite todo fudi com meu marido imaginando alguma situações vividas no escritório.....sendo devorada por todos os advogados. Pela manhã tocou o cel, era meu chefe dando bom dia...disse q não iria trabalhar a semana toda, pois tinha q arejar minha cabeça...e que iria pra chácara do meu pai..ele só respondeu...q tudo bemmm e q tava batendo uma punheta pra mim, ri e desliguei o tel... A tarde foi pra fazenda.....com meu maiô sensual....

Comentários

15/09/2008 02:44:19
Gostei gata. Agora vira a bunda pra mim pra ver se não como.(taradopbundas@ig.com.br)
Dr. Arthur
17/08/2005 13:32:59
ssa bunda e linda, pena que vc não deixou eu ver a xota, deve ser tão linda quanto o rabo, na proxima como seu rabo, ja que ele sabe o que uma rola... otimo conto, beijunda.
gonococo aureo
20/05/2005 00:19:15
tarada vc poderia ter dado um infarto no velho. mais o conto foi massa.
Esposa do Dr Arthur
18/05/2005 10:50:22
Bem ruimzinho .... nem pra dar uma pegadinha no pau do Tuzinho ?
mistic
17/05/2005 04:17:32
otimo e apelido. excelente
lauro
16/05/2005 20:50:47
Estou com o pau na mão esperando o relato da fazenda. Ótimo conto!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.