Casa dos Contos Eróticos

Feed

minha esposa foi enrabada

Autor: Leu
Categoria: Heterossexual
Data: 15/05/2005 15:06:22
Nota 9.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

meu nome Leandro sou casado a sete anos eu tenho 27 anos e minha mulher tem 26. Ela e morena clara cabelos lisos muito gostosa corpinho bem definido e um bumbum que chama a atenção e vivemos uma relação agora ate melhor que no começo do casamento que com o tempo se tornou rotina e a esfriar o relacionamento mas aconteceram algumas coisas que mudaram nossas vidas sexual foi quando eu comecei a sentir tesão de ver minha esposa se exibir para os homens e de estar com outro homem mas contar como foi a primeira vez que isso aconteceu nos estávamos passando por uma crise no relacionamento eu e minha esposa fomos convidado para ir em um sitio de um amigo e eu estava sem carro na época e fomos de carona com dois amigos que também ia para o sitio era um domingo ensolarado muito quente e lá no sitio tem uma piscina enorme bem e eu e minha mulher fomos no banco de trais do carro e ela estava usando uma mini saia jeans ao chegar no sitio o Robsom meu amigo que estava na frente desceu e puxou o banco da frente pois o carro era duas portas eu desci primeiro e minha esposa vinha atras e na ora de sair do carro a saia subiu mostrando sua calcinha branca e sua xana mas o Robsom ainda estava do meu lado na porta e viu tudo foi inimitável ele ficou vermelho e sem graça pediu desculpa e saiu quando ela saiu do carro eu comecei a brigar com ela e foi assim o dia todo por que eu tinha muito siumes e era bem doentiu mas a noite lá mesmo no sitio começamos a conversar sobre o assunto e eu fiquei exitado e transamos e foi muito bom trepamos três vezes e foi assim que gostei da idéia e vi que o siumes me da tesão e no dia seguinte mesmo com muito siumes pedi para ela colocar o menor bikini e ela pois e fomos a piscina e ficaram de olho na xaninha dela e com razão tava muito deliciosa.

Já em casa durante a semana conversamos sobre o assunto e na quinta feira ela me disse se eu toparia vela com outro homens a princípio eu fiquei sem ação e não respondi nada mas fiquei imaginando como seria ver outro cara comendo minha mulher e de madrugada e respondi a ela que toparia sim vela com outro e perguntei se já tinha alguém em vista ela disse que sim ela propôs um amigo nosso. Custodio o dono do sitio que segundo ela ele já tinha dado umas cantadas nela ele e casado mas a esposa esta fora de SP na casa dos pais. Eu concordei logo sedo liguei para o Custodio e combinar um churrasco e ele aceitou com prazer e disse que iria chamar a galera ai eu disse que não dessa vez só eu ele e minha esposa ele ficou calado por um minuto mas concordou e que estaria combinado no sábado e também combinamos que ele viria em casa para nos pegar.

Nossa a ansiedade era enorme tanto minha como da minha mulher bem finalmente o sábado chegou e por volta das 09:00 da manhã o Custodio chegou e fomos para o sitio eu percebi que Lucimara estava muito exitada e logo que chegou ela quis nadar as piscina ela pois o biquíni e fomos para a piscina e lá começamos a brincar e ela procurando sempre dar um geitinho de se esfregar nele e eu dei total liberdade a eles e fizemos um churrasco na parte da tarde e logo chegou a noite noz já tinha bebido muito então fomos assistir um filme que alugamos e minha mulher tomou um banho e colocou uma saia branca bem transparente que dava para ver as marcas da calcinha toda que também era branca e vi que o Custodio não tirava os olhos e a Lucimara tratou de ficar bem a vontade sentando de formas que mostrasse a calcinha para ele ele ficou muito sem jeito mas dava sempre um jeitinho de olhar então eu agi e perguntei o que ele achava da minha mulher e ele meio sem graça me respondeu que ela e bonita e simpática e eu perguntei sim e como mulher ele me disse se me permite a palavra muito gostosa nisso ela já estava sentada do lado dele e ele logo entendeu e pois a mão na perna dela e na mão e me perguntou se e isso nos queria mesmo eu disse que sim e ela mais ainda. Ai ele começou a beijar o pescoço e eu comecei a ficar exitado ele deitou encima dela e começou levantar a saia dela e alisar a calcinha e descer lambendo a barriguinha ate chegar na xoxota mando eu olhar ele cheirar bucetinha por cima da calcinha e minha sunga e comecei a alisar meu pau e ela olhava para mim com cara de safadinha ai ela abaixou a bermuda dele e pegou na piroca que já estava dura ela começou a punheta-lo e passar ele na xaninha e depois a chupar da pontinha da cabecinha ate as bolas nossa era maior que o meu ela olhava para mim batia com ele na língua e na boca ele pegou ela e pois ela de quatro no sofá colocou a calcinha de ladinho e começou a lamber a bucetinha e depois alisou a pica com com o liquido da xana dela e passou o pau na xana dela nossa eu tava loco meu pau já estava latejando de duro ai ele colocou a rola bem devagarinho na xana e foi escorregando para dentro dela eu ouvi o gemido dela e depois ele enfiou com mais forte ai ele deitou no chão e pediu para ela sentar na vara dele e ela sentou parecia uma gangorra ela sentava com força que asvezes escapava e batia na bumdinha e eu delirava e ele pois ela de quatro e colocou uma camisinha e amaciou o cuzinho dela com o dedo e me disse olha como se come cuzinho de mulher casada e enfiou bem devagarinho e ela deu um grito e abraçou o travesseiro a cena era incrível eu vendo minha esposinha sendo comida por outro homem e sendo fudida no cú e para terminar ela me pediu para gozar em sima dela e o Custodio jogou toda porra dele nos peitos dela fomos tomar banho e isso rolou mais quatro vezes.

meu mail é leoestrla@yahoo.com.br

Comentários

26/12/2012 06:29:36
Ola Leo,Muito bom teu relato cara, apesar de que, voce relatou como chegou la', e pos muito pouco sobre o que aconteceu depois. Teu Portugues tambem merece nota zero, mas quem esta' aqui atras de redacao perfeita? kkkk.Minha historia e' parecida com a tua, so' que por enquanto ainda nao aconteceu nada: Sou casado com uma linda loirinha, olhos azuis, sorriso lindo, sotaque divino (ela e' extrangeira, vivi no exterior por muitos anos, e quando voltei trouxe minha "gringuinha como bagagem, rsrs), e muito gente boa. Um pouco gordinha, 1,60m, 70 kilos, 45 anos, mas muito linda. E umas curvas e bumbum de parar o transito. Entao, ja' conversamos sobre isso, e ela diz que topa. O problema sou eu, que ainda nao tenho certeza sobre como ficaria minha cabeca no "dia seguinte", kkk. Ainda estamos nessa fase de decisao, mas se houver algum candidato interessado, deixe um email para contacto aqui. Vivemos no interior de SP, proximo a Ribeirao Preto. Abracos para todos e feliz 2013.
23/07/2009 07:45:41
Porra, só tem analfabeto neste site? Nota ZERO!!!
gilmar lima
24/05/2005 18:21:26
adorei o conto e gostaria de participar de um desses
Leo
16/05/2005 12:43:07
calma 1 não foi eu que dei o cu para ele e não gosto de viado sou totalmente Heterosexual um abraço
gonococo aureo
16/05/2005 01:08:36
vc é veado? boiola? baitola? deve ser corna e certo so comfirma a viadagem
gonococo aureo
16/05/2005 01:06:26
ser corno ou não ser? eis a sua indagação....
ueeeeba
15/05/2005 18:43:18
eh u Leucemia?? veja o conto da Mel parte II

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.