Casa dos Contos Eróticos

Feed

A Amiga da minha esposa

Autor: Jorge
Categoria: Heterossexual
Data: 10/02/2005 14:01:06
Nota -
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sou leitor assíduo deste site, e desde adolescente que curto demais contos eróticos. O que aconteceu há quatro dias achei tratar-se de uma coisa digna de ser relatada, e por isso resolvi escrever.

Sou casado, tenho 32 anos, minha esposa tem 31. Estou casado a dois anos, e posso dizer que no inicio, nossas transas eram realmente quentes! Ela com o passar dos meses, conheceu algumas pessoas de uma igreja, e desde então nossas transas esfriaram muito, e eu fui me sentindo cada vez mais carente.

Sou um marido que ajuda muito nas tarefas de casa, apoio e tento ser o mais presente possível. No ultimo fim de semana, por ser carnaval, recebemos a visita de uma amiga nossa, que eu conheci depois de casar. Elas já eram amigas de bastante tempo.Durante o fim de semana, Maria Fernanda (nome fictício) fez alguns elogios e disse que eu era um marido difícil de encontrar, pois ajudava minha mulher em muita coisa... Não tive nenhuma reação a isso, por imaginar que era algo normal...

Na segunda feira, à noite, estávamos nós três na sala, assistindo um filme, quando minha esposa disse q estava com sono e iria dormir.. Eu quis assistir o filme até o fim. Ela tem um sono pesado, mas eu não estava com nenhuma sacanagem na cabeça... Nossa amiga é linda, se cuida muito e tem 31 anos. Depois de uns 15 minutos q minha esposa foi dormir, Maria Fernanda foi deitando, foi deitando até q estava deitada em meu colo... Estava de bermuda, e não foi possível evitar uma demonstração de tesão, pois tive uma ereção..... Ela perguntou pq eu não ia pra cama com minha mulher., e eu respondi pra que? Pra ver ela dormindo? Nesse momento, ela me olhou nos olhos, e eu acabei me aproximando dela.. Rolou um beijo com muito tesão.... Depois disso, foi simplesmente impossível pararmos... Do beijo, fui explorar o resto do corpo dela com minha língua curiosa... Ela só gemia baixinho... Suguei como uma criança esfomeada os seios dela, enquanto ela procurou meu pau, que naquela hora estava no ápice de uma ereção....

Tínhamos que manter o silencio, então deitei na posição de 69 e nos sugamos, nos Chupamos como a tempo não fazia.. Por duas vezes eu quase gozei, e nessa hora eu tirava o pau da boca dela, pra retardar.. Queria q atingíssemos juntos o orgasmo. Ela é muito caprichosa, e estava depiladinha, toda lisinha.. Encharcada e super lubrificada pelo tesão, foi respirando cada vez mais forte, cada vez me apertando mais. Nosso gozo foi silencioso, mas muito gostoso... Ejaculei forte, uns 5 ou 6 jatos de porra quente, que ela fez questão de beber todinha, com uma cara de safada que me deixou mais doido ainda. Adorei a experiência, ficamos nos acariciando até o fim do filme. Na hora de ir dormir, rolou mais um beijo, que nos acendeu novamente. Deitei no sofá, e ela sentou em cima de meu pau, mordendo ele com a buceta fogosa dela... Ela subia ate quase tirar todo meu pau de dentro dela, depois descia, curtindo cada centímetro da minha pica dura e tarada. Ficamos assim, fudendo em silencio entre beijos e lambidas, até gozarmos juntos de novo. Ela ainda ficou com a gente mais dois dias, indo embora na quarta feira de cinzas. Só que não repetimos mais essa loucura! Espero que gostem deste relato, que é verdadeiro e foi delicioso. Sou de Brasília, se alguma mulher quiser trocar idéias, meu msn é Jorge_rtc@hotmail.com

Comentários

Alice
10/02/2005 16:39:02
Uma boa história.. mas e sua esposa, não desconfiou?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.