Casa dos Contos Eróticos

Feed

Xaninha depilada x Cacete cabeçudo

Autor: Roberto.Campinas
Categoria: Grupal
Data: 28/01/2005 16:12:29
Nota 9.67
Assuntos: Grupal
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sou de Campinas e o que aconteceu comigo foi muito interessante pois acabei fazendo amizade com um casal de namorados, amigos de uma prima. Nos conhecemos em um churrasco a beira da piscina da casa dessa minha prima. O nome deles eram André e Karina. Tinham 21 anos (Ele) e 19 (ela). Diferente da minha idade, de 40 anos, idade que tenho para ser pai de ambos. Era muito difícil para mim na piscina pois o tamanho que ficava meu cacete dentro da sunga quando via Karina de biquíni (dava até para ver o “rachinha” da sua xaninha). Que delicia de mulher. E meus pensamentos voavam, imaginando eu e Karina juntos. Às vezes ela olhava para minha “mala” dentro da sunga e dava leves sorrisos maliciosos, super discretos. Nesse dia achei engraçado pois teve uma hora que ela estava junto com o André olhou novamente para meu cacete (estava deitado em uma dessas esteiras de piscina) e deu um sorrisinho de novo e o André retribuiu também dando um sorriso. A Karina é uma gata escultural, linda de rosto, cabelos loiros e compridos até o ombro, acredito que deva pesar uns 55 quilos. Aquela imagem ficou por muito tempo na minha cabeça e um dia, novamente na casa da minha prima encontrei o André. Só que dessa vez ele tinha ido sozinho. Conversando, ele me contou que no dia do churrasco a Karina tinha ficado com tesão em mim, principalmente depois que viu minha mala e formato da cabeçona que se formava na sunga. Achei engraçado ele contar isso porém dei asas a imaginação. Por fim ele acabou me confidenciando que sonhava em ver sua namorada com outro, desde que acontecesse tudo com muita segurança. Também disse que tinha a fantasia de me relacionar com um casal, fazer algumas brincadeiras a três bem gostosas. Não estava acreditando muito pois a Karina era maravilhosa.

Como tinha o telefone celular do André e ele o meu, as vezes a gente se falava pelo telefone e teve um dia que a gente estava falando ele passou o celular para que a Karina falasse um pouco comigo.

Oi Roberto, tudo bem? – disse

Fiquei gelado e ela prosseguiu com a conversa

Sabia que te acho muito bonito e gostoso!

Meio sem jeito e morrendo de vergonha respondi a ela que também a achava muito bonita. (não disse gostosa por vergonha)

- Aquele dia na piscina, fiquei super excitada, sabia? (e deu um risinho no telefone).

Não acreditava no que ouvia.

Karina, tenho a idade para ser seu pai e o que a gente esta pensando foge um pouco dos padrões normais da sociedade pois tenho 40 anos, - disse.

Sabia que adoro homens mais velhos! – respondeu.

Desligamos os telefones e depois de uma semana aproximadamente, em uma terça-feira, às 10 da manhã atendi uma ligação e era o André.

Roberto, eu e a Karina estamos indo ao motel. Quer ir junto?

Quando ouvi a noticia meu cacete quase estourou as calças de tesão. Mas sentia o peso da responsabilidade e um pouco de remorso pois o casal eram amigos de minha prima.

Vamos sim, respondi!

André disse que na primeira vez a gente ficaria somente na garagem do motel, somente para uma brincadeirinha. Porem a partir do segundo encontro a coisa ia ser para valer mesmo.

Marcamos e não demorou muito André e Karina me pegaram em um Café em um bairro de Campinas e partimos para um motel. Entrei no banco de trás e partimos. Estava um pouco nervoso, porém muito excitado. Karina no banco da frente estava com uma saia bem curtinha e dava para ver suas coxas maravilhosos.

Hoje quero te experimentar e ver de perto o tamanho da ferramenta! – disse Karina. André deu um sorriso de aprovação. Não demorou muito chegamos ao motel e já dentro da garagem da suíte ficamos alguns minutos conversando e não demorou muito já tirei meu cacete cabeçudo pra fora e mostrei para o casal.

Nooooooooooooossa, Roberto? O que é isso? – disse Karina com carinha de espanto.

Isso é o que vou dar pra você de presente, respondi! Você não queria!

Quando Karina viu meus 20 cm de cacete, super ereto, cabeçudo e já “chorando”, ela passou rapidamente para o banco de trás (o André ficou no volante do carro) e começou a mamar meu cacete com uma “sede” fora do comum. Mesmo na garagem do motel estava maravilhoso pois a idéia de que alguém nos observasse, excitava ainda mais nossa libido

Roberto, que delicia de cacete. Não sabia que você era tão cacetudo assim!

André, somente olhava e se masturbava no banco da frente.

Como o carro era grande (do pai do André) o espaço dos bancos de trás era espaçoso e quase dava para deitar. Karina mamava meu cacete e então puxei sua bunda para perto de meu rosto, levantei a sua saia e dei uma puxadinha na calcinha para meter a língua dentro dela. Quando puxei a calcinha fui a loucura ... totalmente lisinha e super pequena.

Karina, que bucetinha maravilhosa! Mas é muito pequena! Não vai agüentar meu cacete cabeçudo não.

Nisso, André que estava na frente do carro se deliciando em ver eu e Karina atrás tirou de uma sacolinha camisinhas e lubrificante e nos entregou. E saiu do carro e ficou na porta da garagem, atrás da cortina de lona que fechava observando se ninguém chegava. Rapidamente Karina pegou uma camisinha, colocou com dificuldade no meu cacete (por causa da cabeça), passou bastante lubrificante (no meu pau e na bucetinha) e veio então e sentou em cima, mesmo ainda vestida (somente com a saia levantada e com a calcinha puxadinha). Deslizava em me cacete bem devagarinho, dando gritinhos de tesão. Começou a gemer e rebolar na minha vara como louca. André ficava de plantão na porta da garagem escondindo atrás da cortina e de vez em quando ia ver sua namorada gemer no meu cacete. Karina metia gostoso e podia sentir sua buceta apertar muito meu pinto e as vezes dava até “umas mordidinhas” com a xana na cabeça do meu pau. Uma verdadeira putinha. André voltou para dentro do carro e não demorou muito e o gozo veio. Após gozarmos (os três) ficamos mais um pouco dentro do carro, desmaiados. Disseram que outro dia a gente iria passar uma tarde juntos dentro da suíte. E essa é uma outra história.

Caso algum casal, maiores de idade, quiser experimentar o mesmo que aconteceu comigo e esse casal de amigos, façam contato! Sou de Campinas, moreno claro, nível universitário, 1,75 altura, 80 kg bem distribuidos., sem barba e sem bigode, discreto, educado, carinhoso e sigiloso ao extremo. Tenho disponibilidade para encontros durante a semana e durante o dia. Se possível escrevam com fotos (sem o rosto). Adoro gata depilada ou semi. TENHO FOTOS DO DOTE PARA COMPROVAÇÃO DO TAMANHO E CABEÇA QUE POSSO ENVIAR (inclusive tenho uma foto que o André tirou minha com a Karina. Só que dessa vez comendo o cuzinho dela, que aconteceu no segundo encontro).

Roberto.Campinas

bdcps@bol.com.br

Comentários

12/12/2009 15:28:54
legal, estou na regiao de campinas e se algum casal quiser mais de um homem na relação, é so me avisar ok, marcelo_terranova@hotmail.com
Laine
29/01/2005 08:57:46
Realmente um conto.
Márcia ( victormarcia)
29/01/2005 04:43:58
Engano seu senhor MR. Odeio, não tive a oportunidade ainda de verificar esse cacete dele pessoalmente, mas sim virtualmente, e garanto-lhes é enorme e parece ser prazeroso.
odeio quem te odeia
28/01/2005 20:53:48
vc e um mentiroso da porra.... acho que essa estoria foi sua filha que te contouhehehehehehehehe

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.