Casa dos Contos Eróticos

Feed

Eu, menina inocente e sapeca

Autor: Mariana
Categoria: Heterossexual
Data: 25/11/2004 14:48:43
Última revisão: 13/04/2008 13:10:52
Nota 9.75
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Entre os 11 e 12 anos, quando a menina começa a ser mulher e que nossas vidas começam tambem a se transformar. Os peitinhos ficam doloridos enquanto vao se desenvolvendo, os pelinhos da bucetinha começam a ficar mais grossos e em maior quantidade, a bundinha tambem cresce e claro, junto com o resto do corpo, seus olhos ficam mais bonitos, seu cabelo exige mais atençao, na verdade a gente começa a se amar e ter tesao pelo proprio corpo. Quando comecei a menstruar com 12 para 13 anos isso tudo veio a flor da pele. Cada vez que me lavava ou me limpava após um periodo menstrual eu acabava me masturbando esfregando meu grelinho e enfiando dedidos na minha bucetinha. Já tinha lido e visto muitas revistas, Internet, amigas, primos , todos sempre dando dicas e falando de sexo. Pra tudo eu me fazia de desentendida ou as vezes de entendida demais, mas viajava naquilo tudo. Eu sabia como era um pinto de dentro pra fora, de fora pra dentro, tudo sobre homens, de tanto ler pesquisar, mas nunca tinho tido um na mao, na boca, onde quer que fosse e principalmente entre as pernas. Eu já ardia aos 13 anos de vontade de fazer sexo com alguem. Numa férias, viajamos para o interior e fomos a fazenda de uns parentes proximos da minha mae e do meu pai. Eu já tinha ido la, mas já fazia muito tempo, e não me lembrava de quase nada. Tinha 4 primos, dois meninos e duas meninas, com diferença de idades de no maximo 1 ano, 1 ano e meio pra cada um. O mais velho 17, depois a menina 16, outro de 15 e outra menina caçula de 13. O mais velho Tiago, a garota Gisele, Vinicius e Denise. No começo eles eram indiferentes comigo, talvez por timidez, mas depois de dois dias já estavamos brincando juntos. Tiago era alto e bem forte, parecia ser mais velho pelo seu porte fisico, ele ajudava nas plantaçoes da familia e Vinicius tambem o seguia e mesmo com 15 anos era tambem forte e muito bonito. As meninas eram muito bonitas de rosto de corpo, trabalhavam em casa. O trabalho la parava na sexta-feira, quando não havia colheita e com a nossa visita eles nos davam mais atençao. Fiquei a cada dia mais amiga do Vinicius, que era já meio saliente e safadinho. Num sabado a tarde fomos andar e paramos num paiol, para beber agua, entramos, e como ameaçava chover, resolvemos ficar ali e dar um tempo. Tiago colocou umas cobertas no chao e sentamos ali em roda. O que fazer ?...falamos de coisas da cidade grande, o que se fazia la, e eles o que faziam aqui. Tiago propos fazer um jogo, mas tinhamos que fazer um juramento antes. Primeiro, jamais falar o que aconteceria ali., segundo jamais dizer não ao que fosse pedido. Fiquei meia assustada mas topei, porque as meninas tambem toparam, não poderia ser nada tao ruim assim, eu não sabia como era o jogo e queria aprender. Ai disseram que era assim...O que seu Rei mandar, ira realizar.....o Rei era quem fosse o vencedor de uma rodada de palitinhos. Cada um pegava apenas um palito, era por ou não e abrir a mao falando quantos poderiam haver, claro no maximo 5. As menores era eu e a Denise, apesar de quase a mesma idade Denise tinha pernas grossas, e um belo corpo. Iniciamos o jogo e de Cara Vinicius ganhou, mandou que todos tirassem os sapatos. Depois foi a vez de Gisele, mandou os meninos tirarem as calças e nos as blusas. Fiquei meio envergonhada, e não queria tirar quando me lembraram do juramento, ok já estava entendendo tudo, e fiquei excitadissima quando vi o Tiago e Vinicius so de cuecas e de pinto meio duro, dava pra perceber o tamanho deles sob a cueca. Tiago venceu e mandou as meninas tirarem os vestidos, e ficamos so de calcinhas e sutia. O ambiente ficou mais quente todos falavam baixinho, e eu ai entendi que os irmaos deviam brincar de sexo entre eles. Mas Tiago e Vinicius não tiravam os olhos de mim. A brincadeira estava começando a pegar fogo. Eu ganhei e mandei os meninos tirarem as camisas e as meninas o sutia, ai ficamos todos iguais so de calcinhas e cuecas. Por ser o mais velho Tiago foi eleito o Rei definitivo e agora ele ia nos mandar fazer o que ele quisesse. Deitou meio curvado num monte de coisas atras dele, tirou seu pau pra fora e me chamou, e me mandou chupa-lo, eu fui e disse que era virgem, e não sabia como fazer. Ele pegou minha cabeça e me mandou abrir a boca e colocou o pau dentro dela. Eu abri, e senti pela primeira vez o que sempre quis, fechei devagar e chupava devagar, so com os labios, ele me conduzia e falava – agora com a lingua, lambe a cabeça, de lado, ate meu saco...eu fazia aquilo já meio automatico, eu sai ele chamou seu irmao e o colocou de lado dele e de pau pra fora, e me fez chupar seu irmao. Sua irma mais velha veio chupa-lo tambem e mais nova chupou minha bucetinha, e pela primeira vez eu sentia uma lingua nela, mesmo de mulher, não tem diferença, me dava prazer. Ele me mandou voltar a chupa-lo e disse que o que viria a seguir eu não poderia jogar fora, devia engolir tudo. Coloquei a boca e ele mexeu seu pau, apertou minha cabeça e recebi quase na garganta o esperma dele todinho dentro da boca e fui engolindo sem conhecer direito aquilo mas saboreando a primeira gozada de um homem em mim. Foi sensacional. Ai os quatro resolveram que eu iria perder meu cabacinho ali, naquela hora. Eu a principio não queria, mas o tesao falou mais alto. Todos entao prepararam meu corpo e o lugar. Foi um verdadeiro ritual de um casamento indigena. Forraram o chao com palhas e capim seco, folhas em volta, montes de feno. No meio colocaram um saco de estopa, coberto por uma manta. Meu corpo todo nu, untaram com um oleo de cabelo, cheiroso e muito gostoso. Entao me deitaram sobre o saco, com a cabeça pra traz, e minha bucetinha ficou exposta. As meninas ao meu lado, alisando e passando mais oleo sobre meus seios. Tiago lubrificou a minha bucetinha, eu tremia de medo, e desejo ao mesmo tempo. Como o pinto do Vinicius era menor que o do Tiago, ele seria o primeiro, teria a honra com 15 anos de tirar o primeiro cabacinho da vida dele. Tiago na verdade foi quem tirou o cabacinho das duas irmas dele. Eles abriram entao minhas pernas, Vinicius untou seu pinto com um tipo de vaselina liquida, e minha bucetinha tambem. A altura dava certinho pra ele de joelhos acertar meu buraquinho e sob o olhar dos quatro ele apontou e encaixou, as meninas alisavam meus seios, Tiago passou a me beijar na boca e Vinicius empurrando seu pau dentro da minha bucetinha, ardeu um pouquinho mas senti entrar aos poucos. Estava uma delicia, ele chegou no final Tiago olhava e dizia que estava tudo bem, quase não saiu sangue, e finalmente Vinicius colocou tudo de uma vez. Fui as nuvens e me soltei deixando ele mexer dentro de mim, com o Tiago me beijando na boca e as meninas me lambendo os peitinhos não aguentei e gozei, pela primeira vez. A sensaçao, o arrepio e aquele primeiro orgasmo eu jamais vou esquecer. Vinicius mexeu ainda mais rapido dentro de mim e gozou tambem, e foi junto com ele minha segunda gozada, e multipla, eu devo ter gozado seguido uns 10 segundos, mais ou menos, tanto que meu corpo amoleceu logo depois. Foi maravilhoso, eu estava em extase. Depois foi a vez de Tiago, seu pau maior que o de Vinicius, na mesma posiçao ele se ajeitou e enfiou sem muita dificuldade dentro da minha bucetinha. Sentia ser mais preenchida por ele, seu pinto era mais comprido e mais grosso, e ai sentia abrir um pouquinho mais minha bucetinha, mas agora sim gostando ainda mais. Tiago com muito carinho, e muito jeito, foi introduzindo seu pau dentro de mim, me levando a loucura, antes dele enfiar tudo eu já tinha gozado, ate ele chegar no final, gozei mais uma vez. Mexeu, devagar e foi aumentando o ritmo aos poucos. Agora sentia arder um pouco mais, ate que ele gozou e gozei junto com ele. Ficou ainda dentro um tempo, e quando saiu, junto com ele um pouquinho de sangue, que ele fez questao de limpar com a minha calcinha e guardar de lembrança. Paramos pra descansar, eles me agradavam de todos os jeitos. Tiago entao contou que ele iniciou todas as irmas e outras primas dele. Por falta de mulheres na redondeza, a cidade longe, não tinha outro jeito. Ele acabou contando que seu pai tambem comeu varias primas dele e tias tambem. E que a mae deles um dia foi pega trepando com um caseiro, que foi mandado embora. Mas ali tudo ficou em familia , todo mundo comia todo mundo, uma maravilha. Fomos embora e eu com a bucetinha ardendo, Gisele pediu pra eu dormir com ela no quarto dela. A noite fui me deitar no quarto delas, e Gisele depois de apagar a luz me levou ate a sua cama. Ela me beijou na boca, chupou meus seios e tirou toda minha roupa, Gisele era meio lesbica depois me disse, mas tambem gostava de um pinto. Ela me virou de bruços, e começou a lamber e chupar meu cuzinho, estava cheirosinho. Eu abri bem as pernas e a deixei brincar com ele do jeito que ela queria. Sua lingua entrando e saindo dentro dele me levavam a loucura, seus dedos ora na bucetinha e ora no meu cuzinho me davam um tesao imenso. Já quase gozando, nas maos dela, com a bunda arrebitada e aberta todinha pra ela, Tiago entro no quarto, e veio por cima de mim, eu ia me virar ela não deixou, ele já de pau duro, cutucou meu cuzinho, lambuzou ele de alguma coisa e foi colocando dentro, aos pouquinhos, bem devagarinho ele agora tirava o cabaço do meu cuzinho. Delirante, delicioso, não sei contar o que sentia, amei levar no rabo, apesar de arder um pouco eu adorei aquele pau no meu rabo. Gisele se enfiou por baixo de mim e chupou minha buceta, ai a loucura foi maior ainda, e gozamos os dois ao mesmo tempo, e Tiago jorrou esperma no meu cuzinho, afogando o coitadinho. Doeu um pouquinho mas adorei. Ele saiu e eu voltei a deitei com Gisele, ela amou meu corpo como se fosse a ultima coisa do mundo. Gisele me fez gozar com ela a noite inteira. Chupei sua buceta como nunca e aprendi que se pode ter e dar prazer com alguem do mesmo sexo, e isso nunca me tirou a vontade de ter um homem dentro de mim. No dia seguinte eu sai com Vinicius pra dar umas voltas pela fazenda, fomos a cavalo. Vinicius no caminho perguntou como tinha sido a noite com seu irmao, entao contei a ele. Ele riu, e brincou comigo que queria tambem minha bundinha. Eu levei a serio e mandei ele parar o cavalo em algum lugar, e com as maos na frente dele brinquei com seu pinto, já durinho. Paramos numa quebradinha no meio do mato, e baixei minha calça e a calcinha e dei a minha bundinha pra ele tambem, parecia louco alucinado, ele ainda me comeu durante o passeio mais duas vezes. A noite no quarto de Gisele, vieram os dois, ela ficou so olhando, Tiago na minha buceta e Vinicius no meu rabo, me fodendo, ate que ela não aguentou e veio chupar meus peitinhos, ficamos assim a noite toda, e trepamos de todas as maneiras. Os dias seguintes não foram diferentes. Num final de semana, eu iria embora no seguinte, houve uma festinha e convidaram o resto da familia que moravam por perto. Conheci mais alguns primos e primas e as tias que eles falaram. Durante a festa Tiago me chamou para o fundo da casa e onde haviam mais dois primos nossos maiores que ele, uns 19 ou 20 anos cada um, homens já feitos. Ele me perguntou se eu topava transar com eles... a principio eu não queria mas vendo os olhares famintos deles, eu topei, mas um de cada vez. Sai com um pelos fundos e fomos para um reservado tipo dispensa. Ali o sujeito me beijou, me alisou, e me colocou sentada no seu pau, ate agora maior de todos, e me fodeu sentado mesmo, e gozei antes dele e ele depois jorrou em mim. Depois a vez do outro primo, que preferiu me comer de quatro, sem problemas, bundinha pra cima, e pau pra dentro, minha xoxota ardia feito doida. Quando todos foram embora, já no quarto de Gisele e satisfeita de tanto trepar, Vinicius e Tiago, me quiseram de novo. La fui eu de novo sendo a comidinha deles. Aquela noite doeu, eu precisava dar um descanso, doia e ardia tudo. Bem, aos quase 14 anos, sai daquela fazenda, uma mulher com experiencia pra ter o homem que fosse, eu saberia faze-lo gozar e lhe dar e ter prazer com ele. Meus hormonios ferviam por sexo, so que agora eu já tinha sentido o que era, como era e varios tamanhos de pinto. Na minha volta arrumei um namorado na escola, e claro me fiz de dificil no começo, mas começamos a transar depois de um mês de namoro. Eu tinha lhe dito que so tinha feito uma vez, e ele acreditou, me dizendo que eu era larga, coitado mal sabia que alguns meses antes eu era virgem e numa única viagem alarguei meu corpo e minha intimidade em alguns centimetros. Já estamos juntos a muito tempo, somos noivos, e pretendemos nos casar em breve. Mesmo com ele, antes do compromisso de noivado, eu transei com outros caras, e homens mais velhos. Depois vou contar tudo pra voces ok...so que agora não, sou so dele, e depois que casar-mos quero ter filhos dele. Votem no meu conto...se gostaram...não esqueçam, ta...obrigada Mariana

E-mail= bellejour3@bol.com.br

Comentários

02/08/2013 13:40:35
Realmente ficou bom, mas embora o conto tenha sido longo, as coisas aconteçeram rapido e meio que sem nexo, por isso darei um 9. Mas, continue assim
01/09/2012 11:45:18
queria chupar vc claudemir1962@hotmail.com
22/05/2011 19:28:01
show seu conto, nota 10
12/12/2009 19:16:37
vc e d+ quero trepa com vc tbm me adcina quem quise tbm adcina jhadiel_18@hotmail.com sou mais safado ainda trepei com minha tia e minha prima ao mesmo tempo
05/12/2009 14:28:58
marrony2806@hotmail.com
13/04/2008 11:42:01
O conto foi lega. gostei. me deu um puta tesão. espero q escreva outros bjs!!!!!!
Asdrubal
26/11/2004 10:33:08
No final você assumiu que mentiu para o seu noivo, aproveita e assume também que mentiu o conto todo.
Junior
25/11/2004 18:58:50
bom gata gostei muito da sua imaginação me deixou molhado! se vc tiver MSN eu fico muito grato, pra nos conversamos. me adicione vou esperar resposta
pablo
25/11/2004 18:55:19
Meus parabéns em mariana coisa gostosa acho que isso é que é ser mulher de verdade adorei seu conto mas vc podia ser minha tbm oq vc acha?? um abraço
Crys
25/11/2004 18:39:50
Mari vc é d +! Adorei seu conto gatinha. Tenho vontade de transar com dois caras, mais meu namorado é muito ciumento, e não aceitaria isso nunca!!! Beijos. Queria estar no seu lugar...
ronni
25/11/2004 17:24:13
mari vc e simplesmente uma putinha que gostaria de namorar pena que vc nao e minha namorada gatinha , mas adorei, amei seu conto vc esta de parabens gata. beijos ate uma proxima

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.