Casa dos Contos Eróticos

Feed

ninfeteta e o velho 4-real

Autor: adriana
Categoria: Heterossexual
Data: 22/09/2004 14:36:55
Nota 8.67
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Depois desse "filme", resolvi nao so tentar ser modelo,mas tentar trabalhar e consegui emprego de secretaria numa firma. Era secretaria do dono sr Ademar, eu usava roupas discretas, fiz amizades com as meninas da empresa, e era muito bem tratada pelo Sr. Ademar, que parecia nao ter interesse em mim, um dia fui pedir um aumento pra ele, que desconversou e falou que ia pensar Ate que um dia teve uma festa de fim de ano da firma, ele tinha uma fazenda, e levou alguns funcionarios e suas mulheres, as meninas que trabalhavam comigo, ele levou sua esposa que tinha ficado cega e paralitica num acidente, foi com um amigo Joao . Na primeira noite nao aconteceu nada de mais, ficamos todos bebemdo na varanda da fazenda, eu usava uma minuscula mini-saia, e uma blusinha de alça, e eu percebia que tanto Sr Ademar, como Joao nao tiravam os olhos de mim. Eu toda a hora cruzava e descruzava as pernas bem devagar, as pernas cruzadas quase dava pra ver minha tanguinha pela mini-saia. Fui dormir com as meninas. No outro dia antes de irmos pra piscina esperei pra ver qual tipo de bikini iam usar, quando pra meu espanto tanto as casadas mais novas como as meninas puseram bikinis bem pequinininhos . Coloquei entao um fio dental vermelho bem sumario, ele era de um tecido fininho, o sutien era minusculo, e minhas tetas grandes quase saiam pra fora, a parte de tras do fio -dental cubria so meu cuzinho deixando minha gostosa e cabiçada bundinha toda exposta como uma continuaçao com minhas coxas grossas, e a parte da frente marcava minha xoxotinha,o fio-dental era so amarrado com fio bem fininho, estava quase nua, ate as maninas e algumas mulher elogiaram meu corpo(que sempre fez sucesso). quando cheguei os homens olharam e sr Ademar parecia me comer com os olhos, fiquei comversado com algumas mulheres casadas, depois deitei no chao pra tomar sol, vi que sr Ademar ficou sentado bem de frente pra mim, quando vi isso, deitei de bruços, abri um pouquinho minhas pernas assim ele tinha uma vizao da minha bunda e cuzinho e boceta por tras, depois virei, quando olhei ele nem piscava, percebi seu pau duro na sunga, virei de frente e deitei de pernas abertas. Joao toda hora passavae fazia uma brincadeira comigo. Assim foi a manha toda, fizeram um churrasco, a tarde eu entrei no meu chale (a fazenda tinha chales), estou de costas bebendo agua, qundo me viro vejo SR. Ademar, parado me olhando.,me assusto e falo:- que susto SR.ADemar. Ele:- eu queria falar com vc. Ele falou que eu passei a manha toda provocando ele e que nao aguentava mais me ver usando o fio-dental nesse meu corpo gostoso. Ai ele se aproximou de mim e disse que tinha pensado numa gratificaçao pra ser boazinha com ele. Finji nao entender e perguntei: boazinha como? ele foi direto: quero te comer gostosa,meu pinto ta estourando. Entao aceita? Oque SR.Acha? respondi, fazendo cara de putinha. Ele veio me beijou, abraçou e parou. dizendo que ali era perigoso, mandou eu colocar uma camiseta por cima do fio-dental, saiu comigo de carro, dizendo que ia na cidade que era longe comigo comprar cerveja. Qundo saimos da fazenda, mandou eu tirar a camiseta, ecamecou a me bolinar meu corpo, falava que a mulher nao trepava maiscom ele e que queria que eu fosse sua amante e quese fizesse suas vontades nao ia me arrepender. Andamos por um tempo por canaviais, ia beijando ele, tirei seu pinto de dentro da sunga, e o masturbava era um pinto normal, so um pouquinho grosso, ele passava a mao por todo meu corpo. Paramos num estradinha deserta no meio do mato, ele mandou eu descer do carro com ele, jogou um colchonte no chao, eu ali parada encostada no carro so de fio-dental. Ele tirou sua sunga, ate que o ele tinha um corpo bonito por ser ja velho,e disse: tira isso gostosa quero ver esse bucetao de fora. tirei meu fio dental devagar olhando pra ele, fiquei peladinha em pe na hora que viu meu corpo, tetas grandas bucetacom poucos pelos, e bundao, ele ficou alucinado. Veio pracima de mim, me encostou no carro, me beijava, chupava minhas tetas. enfiava uma por tras apertava minha bunda, enfiava um dedo no meu cuzinho, eu gemeia e rebolava em pe naquele mato, massageava meu clitoris, foi descendo a boca , se ajoelhou ecomecou e enfiar a lingua na minha bucetinha, chupava meu clitoris parecia faminto, eu me encosva no carro abria minhas pernas gemia alto, com a boca daquele velho na minha buceta carnuda melei e gozei deixando a boca dele toda molhada. Ai ele deitou no colchonete com o pinto duro, e disse apontando pro pau:-vc agora,enfia a boca aqui gostosa. Comecei achupar o pau dele, minha boca experiente subia e descia, como o pau dele nao era muito grande eu engolia tudo ate os pentelhos encostarem nos labios depois sucbia devagarinho olhando pra ele, ele gritava e falava: assim piranha caprihcha com essa boca. Ai ele fez eu deitar no colchonete, mandou eu abrir as pernas, montou em cima de mim, e me fodeu com vontade, eu rebolava, gritava, deixava ele doidinho de tesao, ficou me beijando e me fodendo ate que gozou gritando me chamando de tesuda. Descancamos , mandou eu dar uma chupadinha ate o pau endurecer, ai ele se levantou comigo, falou:- segura no capo do carro, empina essa bunda e abri as pernas que eu vou comer esse teu rabao, eu fiquei como ele mandou com a minha bunda que sempre foi cobiçada de tao bonita e gostosa pronta pra ser enrrabada por ele. Quando ele ficou atras de mim e viu meu cuzinho disse: Porra, que cuzao vc tem gata, deve esconder gostoso uma rola ai dentro. eu respondo: Porque vc nao esperimenta?Foi eu falar ele cuspiu na cabeça do pau, e enfou tudo, gemi.. e rebolei, ai ele me segurou pelos qudris e me bombava com forca, dava tapas na minha bunda, o velho tava alucido dentro do meu cuzao, ate que ele gozou como um doido mandando eu rebolar e gemer. Saiu de dentro de mim com o pinto mole, comecou a limpar o pau numa toalha, coloquei a parte de baixo do fio-dental, quando eu ia colocar o sutien, ele disse: onde vc pensa que vai? eu: embora ja esta ficando tarde ,ele: deita ai no colchente e nao pressisa tirar a parte de baixo, fica assim com as tetas de fora. Deitei, ele veio por cima colocou o pau no meio das minhas tetas grandes e empinadas e disse: quero foder elas, vamos fazer um espanhola. ele se ageitou encostou o pinto nos meus labios, eu abri minha boca e segurei arola dele com minhas tetas ,o pau dele sumiu no meio delas. ele comecou a foder eles indopra frente e pra tras, eu abri minha boca, chupava sua rola quando entrava, lambia ela. e efodendo minhas tetas, apertando os biquinhos :-assim vagabunda humm, aperta mais meu pau com esses tetoes, ate que ele gozou, nem parecia que ja tinha trepado antes, a porra dele vou no meu rosto e boca ai ele enfiou o pau na minnha boca e falou: chupa gostoso putinha, e eu sequei tudinho

E-mail= adrianaka@bol.com.br

Comentários

17/09/2008 01:01:49
Adorei seu conto. Deixa eu também comer sua bunda. Sou louco por cravar minha rola num cuzinho guloso. Você deve ser ótima no anal. (taradopbundas@ig.com.br)
LUIZ
10/10/2005 15:43:27
FIQUEI DE PAU DURO SO DE PENSAR O QUE NOS DOIS FARIAMOS JUNTOS NUMA CAMA SAFADA.
shenia
08/05/2005 18:36:02
quero esse velho!manda ele mi procurar,.....daria tudo e muito prazer a ele!
CARLOS
08/11/2004 23:52:13
fique com muito tesao adoraria te conhecer e comer esse rabao

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.