Casa dos Contos Eróticos

Feed

O monstro da pica prêta

Autor: Fernanda
Categoria: Heterossexual
Data: 30/08/2004 11:43:34
Nota 5.83
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu nome é Fernanda, tenho 17 anos, corpo de adolescente, seios durinhos, bundinha empinadinha e um fogo muito grande na bucetinha, sou cabacinho em todos meus buraquinhos, jamais chupei um pau e minha bucetinha e cuzinho estão intactos, jamais entrou nada, só saiu, se podem me entender.

Contarei a vocês como de uma maneira com a qual não sonhava, perdi a virgindade nos meus 3 orificios fodedores eróticos.

Eu e meus pais quando fomos para uma de suas fazendas, aconteceu o imprevisto.

Estava passeando à cavalo, em uma tarde ensolarada, quando avistei Tião, um dos funcionários de meu pai, crioulo forte, alto, seus 50 anos, sua pele chegava a ser azul escura de tão negra, deveria ser descendente de africanos, estava em atitudes estranhas, ajeitava uma égua em um barranco, desci de meu cavalo e aproximei-me escondendo-me para que ele não me visse, ele abaixou sua calça e sacou para fora seu pênis, mas aquilo não parecia um pênis, era algo gigantesco, descomunal, brilhava de tão prêto e tinha uma cabeçona vermelha, pegou com sua mão enorme e grossa e começou a masturbar-se, aos poucos aquilo começou a ficar duro, grosso e foi crescendo em sua mão, era um pau gigante, levantou o rabo da égua e foi socando aquele tarugo na buceta da égua, entrou tudo, uns 28 cms e começou a socar, ele tirava aquele porrete e socava novamente, procurei sair dali rapidamente, tropecei a cai, fazendo barulho, ele tirou seu cacetão do interior da égua, e correu alcançando-me antes que eu levantasse-me, pegou-me pelos braços e ralhou comigo.

-O que você está fazendo aqui sua pirralha, você viu alguma coisa? Eu estava muito assustada, e respondi-lhe,

-Não sr. Tião, eu naõ vi nada, por favor não me faça mal!

Aquela pica enorme,dura e melada pelo suco vaginal daquela égua, espetava minha barriga, e aconteceu o inesperado, perdi meu primeiro cabacinho, minha boquinha.

Ele disse-me que não me faria mal, mas como tinha atrapalhado-o, teria de faze-lo gozar.

Forçou-me a ajoelhar e apontou aquela picona em minha boca, segurou-me com suas mãos fortes em meus cabelos e pediu-me para abrir a boquinha, que iria gostar.

Logo fui recebendo aquela pica grossa e dura com gosto de buceta de égua, um gosto horrivel.

Gritou para mim.

-Arreganhe esta boca, sua putinha safada, quero fuder sua boquinha como se fosse a minha égua.

Abri a boca o máximo possível, quase rasgando os cantos de meus lábios e comecei a ser fodida com força.

Ele segurou-me pela nuca e começou a socar com força, tinha um gosto horrivel e quando encostava em minha garganta quase vomitava, lágrimas escorreram de meus olhos e não demorou muito senti aquelo monstro prêto inchar-se ainda mais em minha boca, latejava forte, suas pernas começaram a tremer e ele socou fundo quase entalando aquela cobra grossa em minha garganta, minha respiração estava a 50 % apenas, respirava pelo nariz, pois meu canal amigdaliano estava preenchido, estava quase desmaiando, quando comecei a receber uma gosma quente e grossa rebater em minhas amígdalas, segurou minha cabeça atoxada em seu pau, forcei minha garganta ao máximo, dilatando-a e comecei a succionar aquele rio de esperma quentinho descendo por minha goela, aos poucos ele foi tirando seu pau, não teve jeito, comecei a vomitar, um líquido amarelado, seu esperma com muita saliva.

Ele olhou para mim e disse.

-Viu como é gostoso sua vadia, jamais fique me espionando, senão encherei sua bucetinha e seu cuzinho com minha ferramenta!

Subi no cavalo e fui em disparada para casa, minha garganta estava esfolada.

Pedi para uma das empregadas da cozinha preparar-me um chá, para que pudesse dormir um pouco, naquela noite tive sonhos eróticos a noite toda, sonhava que voltara a mamar naquele taco de beisebool, e era penetrada em todos os orificios.

Acordei de manhã, estava ensopada e tive que esfregar minha bucetinha e gozar, estava necessitada.

Aquele negrão não saia de minha cabeça, tinha que experimentar aquela coisa gigantesca.

Procurei-o por todos os lugares possiveis,só de pensar naquele garanhão os pelos de minha xaninha arrepiavam-se, parei com o cavalo em uma sombra , desfiz-mede minha bermuda e minha blusinha e com uma mão acariciava minha bucetinha e meu clítoris e com a outra apertava e bolinava o biquinho de meus pequenos peitinhos, estava com os olhos fechados e quando estava começando a gozar, ouvi um barulho, abri os olhos e qual foi minha surpresa, Tião estava em minha frente, totalmente nú, e com sua pica dura e grossa, seu tórax era forte, seus braços enormes. Ele olhou para mim e disse:

-Tocando uma sirirca pra mim é vagabundinha!

-Vou fazer você gozar gostoso.

Tentei escapar mas fui segura por ele que deu um tapa nas ancas de meu cavalo, que saiu em disparada, forçou meus braços, deitando-me de costas no chão, começou a mamar meus peitinhos com aquela lingua enorme e áspera, soltou meus braços e disse que se não colaborasse me machucaria.

Foi descendo por minha barriguinha e mordiscou minha virilha, e deu a primeira lambida em minha bucetinha ensopada, abriu minhas pernas ao máximo e começou a chupar meus grelhinhos, meu clítoris e descendo foi até meu cúzinho, lambuzando-o de saliva.

Subiu novamente e agora chupava-me alucinadamente, molhou seu dedo grossoem minha bucetinha, apontou para meu cúzinho e foi introduzindo, doia, mas estava gostoso, não demorou muito e derramei-me em gozos na sua boca, ele chupava e engolia o mélzinh que saia de meu interior.

Tirou o dedo de meu cúzinho que piscava apertando-o, pediu para chupar sua pica, engoli aquela picona, salivando minha boca e enxarcando-o, pois sabia o que viria a seguir, e veio!

Ele deitou-me de ladinho, levantando uma de minhas pernas, apontou a cabeçona de sua pica e foi devagar introduzindo, ele agarrou-me e massageava meus peitinhos e beijava minha nuca e dizia:

-Libera sua bucetinha para o negrão querida!

-Goza gostoso em meu pau, goza!

Estava excitadissima e minha bucetinha cabacinho começou a engolir aquele monstro negro, a cabeça passou, estourou meu himen, meu segundo cabacinho explodira, as paredes de minha bucetinha estavam lubrificadíssimas, e aos poucos aquela carne grossa fôra deslizando para dentro de minha grutinha, dilatando-a, logo senti a cabeça daquela cobra encostar e empurrar meu útero.

A danadinha de minha bucetinha agasalhara todo aquele mastro grosso e comprido, estava recebendo mais de 20 cms de carne dura em meu interior, ele começou então a meter com força, apertou minhas tetinha, em pouco estaria gozando, comecei a rebolar e gemer alto, pedindo mais pau, ele socou com vontade e quando comecei a receber jatos quentes em meu útero, lavando-o, cheguei a um orgasmo alucinante, ele não para mais, e a cada estocada, gozava mais gostoso, ficou abraçado a mim durante uns 5 minutos, até que sua anaconda amoleceu e saiu de dentro de mim, estava cheio de sangue, efeito de meu cabacinho vaginal, limpei-o.

Dentro em pouco já estavamos nos enroscando e sua bandeira já estava ereta novamente, fizemos um 69, chupava aquela picona e ele chupava minha bucetinha e roçava meu cúzinho com seu dedo.

Estava quase gozando, quando ele colocou-me de quatro, apontou seu pau para meu cúzinho e pediu para eu rebolar e fazer força para recebe-lo, nunc imaginei que aquilo pudesse caber dentro de mim, meu terceiro cabacinho se foi, sua cabeçona invadiu-me e arrebentou com todas minhas preguinas de uma só vez, minha vista escureceu-se de tanto dor que senti, ele respirava esbofado e pedia para eu fazer força e aos poucos meu cúzinho foi dilatando e mais da metade daquela pica entrou em mim e entalou, não entrava mais, ele então com as mãos empurrou minhas costas para que deitass no chão e pediu para empinar o máximo a bundinha, fui deitando até ficar com a barriga no chão, com as mãos cravei minhas unhas em uma touceira de mato ali no chão, senti seu peso sobre meu corpo, forçou um pouco e enterrou tudo, sentia suas bolas baterem em minha xaninha, começou a socar aceleradamente, meu cúzinho estava dilacerado e arrombado, ergui minha bundinha o máximo possível e recebia aquelas bombada gostosas, arrepios começaram a percorrer meu corpo e cheguei a um orgasmo louco, comecei a sentir estufar meu cúzinho com esguichos fortes de sua pôrra quente, pensei que iria parar depois de gozar, mas não parou, continuou socando, agora seu pau deslizava por meu ex-cúzinho, agora CÚZÃO, com liberdade, pois seu esperma lubrificara meu canal anal, meteu em mim por uns 5 minutos ainda, gozei mais 2 vezes, recebendo mais jatos de seu esperma quentinho, quando ele saiu de mim, senti um ôco dentro de mim, estava dilatada, mas satisfeita. Fomos até um riacho ali perto, tomamos um banho, vestimo-nos e voltei para a sede da fazenda.

Naquela semana não transei mais com ele, pois estava toda dolorida, mas tenho que confessar, viciei-me em esperma, todos os dias masturbava-o com minha boquinha safadinha e recebia de presente aquele leitinho saboroso.

Foi assim que perdi meus 3 cabacinhos, tornei-me uma putinha safadinha, mas não me arrependo, fui iniciada por um macho de verdade e vez ou outra quando vamos até a fazenda, dou uma escapadinha para fazer papel de éguinha para meu garanhão.

Você menina cabacinho, a primeira vez a gente jamais se esquece, escolham homens machos de verdade para entregarem-se, de pintos grossos e duros, doi sim, mas é maravilhoso!!!

Comentários

29/10/2012 02:11:05
delicia!! Adoro uma pica grossa e preta!
19/08/2009 14:44:48
tudo muito loucos
07/07/2009 18:24:50
muito bacana mi add no msn miguelca30@hotmail.com ^^
22/03/2009 16:21:43
no msn tenho webcam leandro.ferinha@hotmail.com
22/03/2009 16:21:04
leandro.ferinha@hotmail.com add ai vai
22/03/2009 16:20:17
add meu msn gatas vai tenho cam
zon
02/11/2008 08:58:11
Tudo bem,cada um obtem prazer da forma q melhor lhe convém! o chato pra mim nessa estória toda, é a parte do anal!pois nas minhas relações(somemte,unica e exclusivamente heterossexuais)as meninas nunca deixam eu penetrar por trás,,,elas falam q eu tenho o membro um pouco ignorante!!!daí só joão e maria!!! abçs a tds do blogsit!!! duvidas escreva-me: cesarbogard@gmail.com
zon
02/11/2008 08:46:54
td bem,cada um obtem prazer da forma q lhe convém mas e bom sempre ter cuidado...até mesmo pq nas minhas relações (heterossexuais somente)eu nunca consigo penetra as bundinhas das meninas
02/09/2008 17:17:35
aninha minha querido porque voce diz que é mentira, se voce nao tem um cuzinho capaz de engolir uma tora assim deixo o prazer de quem tem, parabens FERNANDA eu conheço varias mulheres que sao viciadas em anal e nao acho nada demais, ao contrario adoro e acho que estas sao especiais bjos
02/09/2008 17:14:34
nossa adorei de onde vc é entre em contato - claudio_jr07@hotmail.com - adoro uma putinha safadinha como vc nota 10 x 10 bjos
02/09/2008 11:42:10
Olha gente cada um faz sexo como quer conheço mulher que faz sexo com cavalo e adora, pois segundo ela os cacetes dos homens que sai nã a satisfaz.
ELDER
19/02/2006 10:58:30
GULOSAS PODEM VIR http://spaces.msn.com/paradeonda meu contato s.w.s@hotmail.com
ELDER (ANGOLANO)
19/02/2006 10:55:45
JÁ ESTOU DE MAMBO DURO DOIDO PRA METER... MEU BLOG: http://spaces.msn.com/paradeonda
X
05/01/2006 16:40:14
GOSTARIA DE TER ESTADO EM SEU LUGAR...MAS GOSTARIA DE SER DEFLORADA AFORÇA POR UM HOMEM BEM GOSTOSO....E GRANDE!!!
Enrabador
02/06/2005 13:56:10
Olá putinhas de plantão, se vcs realmente deram para uma rola desse tamanho, vcs estão tão arrombadas que da ate para enfiar a mão ou o ,pé, haja buceta.....
rindo
24/03/2005 05:38:27
Isso é coisa de baitola com pseudonimo de mulher. Vai mentir na pqp
Lady Fran
07/02/2005 22:17:18
sabe... eu sou uma mulher que possui a boceta apertada.. pau pra mim é normal.. meu namorado japonês me satisfaz de umamaneira inacreditável.. pra quem gosta de animal.. tudo bem, coisas de égua. qualquer cavalo serve..
Yasmin
14/09/2004 09:21:39
Ficam dizendo que tamanho não é documento. É sim!! Quanto mais grosso e comprido melhor, só a satisfação de aguentar um cacetão tipo "jumento" já vale a pena!!! A dor faz parte do prazer!!
Claudio
31/08/2004 17:03:25
Sou NEGRO.Posso afirmar, realmente temos um penis anormal.
ANINHA
31/08/2004 11:16:13
Tudo mentira. Eu já dei pra vários homens bem dotados, mas nunca deixei comer meu cuzinho.
Heloisa
30/08/2004 16:05:19
Seu conto trouxe-me recordações e até algumas coincidências. Sou muito branquinha e perdi meu cabacinho com um negão avantajado e não me arrependo, quanto maior melhor!!
Fernanda
30/08/2004 15:59:27
Vera! Porque você acha que sou mentirosa? Qual o problema de dar o cúzinho e a bucetinha para uma pica gostosa? Vai me dizer que você nunca fez isso? Experimenta!!!!
Vera - Puta
30/08/2004 15:47:15
Essa é muito mentirosa. dar o cú. a xota virgem, e depois fazer um 69

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.