Casa dos Contos Eróticos

Perdi meu cabaço para um Cão

Autor: rita_dog
Categoria: Zoofilia
Data: 19/06/2004 20:27:34
Nota 9.33
Assuntos: Zoofilia
Ler comentários (37) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Esta é uma história verídica, porem o fato ocorreu muito rápido, mas, contudo tentarei de todas as formas narrar os detalhes que aconteceram. Não lembro bem, mas acho que tinha por volta de 15 anos, nesta época eu morava na casa da minha avó; era uma casa grande e afastada da metrópole, era uma espécie de casa com muitos animais, uma casa típica de interior, e nesta época meus pais moravam na capital. Na casa tinha um cão vira-lata de porte grande e chamava-se DUKE. Este cão era muito bravo e todo mundo tinha medo dele, e ele vivia preso. (eu nem poderia imaginar que com ele seria a minha primeira transa) Certo dia, minha avó saio, e como era de costume e ela soltava o cão pra tomar conta da casa, mas só que neste dia eu esqueci deste detalhe. Estava tomando banho e como a minha avó tinha saído, eu não levei toalha pra me enxugar. Quando acabei de banhar-me saí nua e fui apanhar a toalha no quintal, mas como já mencionei, não lembrei que o cão estava solto; entrei em meu quarto e comecei a me enxugar quando derrepente me deparo com o cão, ele olha pra mim e vem correndo, o meu medo foi tanto que, estava bem perto da porta e não consegui sair do lugar. Ele veio pra cima de mim e começou a cheirar-me, e cheirou o meu órgão genital. Fique parada só observando e dando tempo pra o medo passar. Foi quando o medo começou a virar tesão. Aquela língua era de mais! Quanto mais ele me lambia mais eu gostava, então me encostei um pouco na parede, me inclinei levemente e dobrei minhas pernas para ele lamber melhor e fiquei um bom tempo sentindo uma sensação que até então não conhecia, foi ai que ele parou e veio pra cima de mim com suas patas. Ele era quase do meu tamanho e com seu peso derrubou-me e fique no chão. Quando tentei me erguer, ele veio pra cima de mim (nesta hora eu estava de quatro) e montou-me, tentei várias vezes levantar e depois de um certo tempo consegui, e fui correndo para dentro da casa, mas ele me perseguia, e acabei indo para o meu quarto e quando eu tentava subi na cama ele veio e me derrubou mais uma vez, fiquei deitada no chão, depois tentei sair do quarto, mas ele se encontrava na passagem e quando tentei sair ele começou a rosnar e a latir, eu não tinha como sair foi quanto ele veio para cima de mim, mas, o que ele queria era me comer e ficava forçando o meu ânus com o seu focinho, como se quisesse levanta-lo para come-lo. Ele tentou me penetrar de qualquer maneira, mas na posição que me encontrava (deitada) ele não teve êxito, e por várias vezes senti seu pênis bater no meu rosto, e novamente ele veio tentar me erguer forçando meu ânus com o seu focinho. Foi ai que ele além de forçar ele começou a lamber, comecei a gostar e acabei cedendo as suas tentativas, aquela sensação de estar sendo violentada por um cão era uma delicia, por isso deixei a coisa rolar. Então a cada lambida que ele dava eu arreganhava mais meu ânus para que ele me lambesse mais dentro. Peguei minhas mãos e com as pontas dos dedos arreganhei o máximo que pude o meu ânus, ele percebeu, e me lambeu tão no fundo que eu dei uma gemida quase a tom de grito; quando ele mais me lambia mais eu empinava a bundinha até ficar de quatro e com a cara no chão. Parecia que ele não queria me deixar escapar e com extrema pressa começou a penetrar-me no ânus. Com aquela respiração rápida no meu ouvido pensei por varias vezes que tinha uma pessoa me comendo. Fique parada gostando da novidade e ele foi penetrando-me bem voraz, e fui sentindo uma coisa suave e quente adentrando e abrindo meu ânus, era muito gostoso, tive vontade de gritar, não de dor mas de loucura orgasmática, aquele pênis entrando em mim, tirando a virgindade do meu ânus sendo minha primeira pene-tração (era demais). Quando ele me penetrava subia automaticamente uma tremedeira e um calor inexplicável. A cada movimento dele eu sentia seu membro entrar mais e mais no meu interior, até que ele não podia mais entrar e, pois-se se mover rapidamente. Foi quando ele forçou um pouco mais e penetrou tudo o que tinha que penetrar, e eu senti seu pênis aumentar de volume dentro de mim e um líquido quente entrando no meu ânus saindo do seu pênis; parecia que ele sabia que ele era o primeiro a rasgar (de prazer) meu ânus, e que tinha guardado todo esperma para aquele momento. Depois de um certo tempo ele parou e algo de interessante aconteceu; ele na posição que estava (em cima de mim) começou a lamber meu pescoço e minhas costa, como se tivesse dizendo...calma o pior já passou (ou já entrou). Eu fiquei curtindo por um curto tempo (cerca de um minuto ) aquele líquido quente esporrar do seu pênis para o meu ânus. Depois disso, ele se virou e ficamos na posição 'bunda com bunda', fiquei com um certo medo e tentei sair, mas senti uma leve dor e retrocedi, comecei a rebolar só para sentir um pouco mais seu pênis dentro de mim. Coloquei a mão no meu ânus todo melecado e senti que ele (o pênis) tinha entrado todo; tentei novamente sai e sentido uma leve, mas 'gostosa' dor consegui sair. Foi ai que ele veio e começou a lamber meu ânus como se tivesse aprovando e admirando o cú que ele acabava de foder, (era como se ele estivesse pensando alto, ou como dissesse para mim: 'PARABENS MINHA CADELA, NÃO É TODO MUNDO QUE AGUENTA UM ROJÃO COMO ESSE). Hoje fico com uma duvida, nós não chegamos a ficar engatados ou encangados ou preso por um longo tempo como é normal. Depois dele me lamber e tirar o excesso de esperma que escorria do meu ânus, (nossa que língua!!!!) olhei e vi que o seu pênis estava ereto e inchado com uma leve capa de sangue e que cuspia pausadamente um certo líquido. Me admirei do tamanho do pênis que acabava de agüentar, e daquele formato estranho. - aquele pênis grande, vermelho, cheio de veias com uma bola na base, aquela glande diferente e que balançava com sua respiração - e quando eu o olhava pensava: - Nossa! Que tamanho de vara que eu agüentei sem reclamar e nem doer. (por incrível que pareça não doeu). Passei o dedo no meu ânus e percebi que estava levemente sujo de sangue, não sei se era do meu ânus ou do seu pênis, porque o pênis dele também estava encoberto por um pouco de sangue. Acho que do meu ânus não foi porque não senti nenhuma dor para ele ter sangrado. Parecia que aquele pênis, que ainda esporrava, estava me chamando, me Hipnotizando....aquela coisa me chamava, era mais forte do que eu!!!! Agachei-me e sem nenhum medo ou receio fui lambe-lo também; como se eu fosse sua escrava e sub-missa e dando a ele parabéns por ter sido o primeiro a adentrar-me e me queimar de tesão. Parece que ele sabia o que eu estava pensando, porque quando comecei a lambe-lo, ele se deitou e abriu as pernas para que eu fizesse o serviço completo. O tesão era tanto que eu não queria para de lamber, não deixava desperdiçar uma gota se quer, e literalmente mamava-o com muita vontade, parecia uma leitoa dando de mamar par sua cria; e aquele pênis vermelho, viril e voraz, e cada vez que eu lembrava do que ele me fez, mais vontade eu tinha de chupar aquele líquido, e quando eu o chupava ele se mexia e gemia, parecia que cada vez que eu o chupava gozava. Mas tive que parar porque estava perto de alguém chegar. Depois ficamos mui amigos, e quase toda noite eu dizia que ia brincar na rua, e ao invés ir brincar, eu disfarçadamente pulava o muro e ia pra sua casinha e ficamos transando quase a noite toda. Por isso que posso dizer que a minha primeira transa foi animal. Caso alguém queira trocar fotos ou experiência é só me escrever. Responderei a todos dentro do possível.

Comentários

31/10/2017 10:32:45
Delicia de conto amor se poder enviar as fotos adoraia bjs. Sandro.cesario3@yahoo.combr
08/08/2017 22:41:57
Adorei, nota 10
16/05/2015 08:15:11
manda foto eu ja comentei mas nao coloquei contato bjs para vc donemagrao@gmail.com
19/03/2015 17:32:20
gata tenho um cao de porte grande virgem q tira o cabaco dele mande fotos suas com seu macho canino bjs adorei
06/05/2012 22:42:01
nosaa q tesao menina eu gozei so de ler seu conto
24/02/2012 15:58:56
oi florzinha adorei seu conto se poder me enviar fotos eu adoraria meu email gersoncrocop@hotmail.com
16/01/2011 04:42:43
Ola mulheres,eu me chamo jessica,sou zoofilia assumida.adoro sexo com cães,quem se interessar em tranzar com um cão,entreem contato comigo,eu posso ajudar como tranzar com um cão do começo ao fim,é mto bom,so quem ja provou,sabe o quanto é bom,estou com msn novo-loirazoofilia19@hotmail.com
10/12/2010 20:35:50
ola,me chamo rebeca,faz mais ou menos um mes que me iniciei na zoofilia,confesso que é mto gostoso,pratiquei com um cão de minha prima,um RUSK SIBERIANO,uma delicia de cão,procuro amizades com mulheres zoofilia me add no msn e orkut-rebecabbeuteamo28.goias@hotmail.com bjus me add e eu conto minha experiência como foi e ate posso ensinar tambem!!!
22/11/2010 10:54:21
Em vez de ter tesão na buceta tinha era no cuzinho,não acredito.Que eu saiba a mulher não tem tesão no cuzinho Ela da de tanto o homem insistir,depois vem o prazer,mas o tesão é na buceta,mas se vc quizer me dar este cuzinho comeria com muito prazer.Adoro um cuzinho de mulher!
21/11/2010 16:39:05
Ola mulheres,eu me chamo jessica,sou zoofilia assumida.adoro sexo com cães,quem se interessar em tranzar com um cão,entreem contato comigo,eu posso ajudar como tranzar com um cão do começo ao fim,é mto bom,so quem ja provou,sabe o quanto é bom,meu orkut e msn-lindaloirazoofilia@hotmail.com dispenso curiosos no assunto,bjus mulherada zoofilia
30/09/2010 09:55:28
Eu queria comer este cuzinho tambem!
26/03/2010 11:39:21
gostei gostaria de ver fotos de vc com o caozinho fazendo sexo
26/03/2010 11:38:38
gostei manda algumas fotus pra mim dbochados@gmail.com
24/08/2009 15:32:08
sensacional
13/08/2009 03:13:57
Muito bacana..curti de mais ..Parabens :)
03/07/2009 01:59:22
oi gostei dessa parada me add ai no msn gu_gu_88@hotmail.com
23/11/2008 16:46:17
Ola gostei do conto, voce criou perfeitamente, tirando alguns detalhes do tempo que leva para desengatar e da dor, acho que foi legal.Será que vocer curte mesmo transar com seu cão? lili_li35@hotmail.com
29/12/2007 23:23:32
Muito bom. estas história sempre me excitam nuito, não é atoa que sou leitor voraz destes contos
Vadia Mentirosa
02/02/2006 02:40:47
vc mentiu de mais,o te derrubou (vc estava de frente pra ele e ja caiu de 4
Vladi
12/08/2005 20:38:09
dorei o conto e se puder me escrever, vou adorar !!!
werfwefwf
05/05/2005 12:53:47
dqwdqdqqdqq
ha ha ha
18/03/2005 12:33:17
O cão devia ter vômitado em cima de vc, sua cadela sem procedencia, ha ha ha, o vira latas é bom demais para uma rampeira como vc.
Junior
15/03/2005 22:17:36
Rita gostei,queria poder conversar com vc,por favor me mande um e-mail,beijos.
Sofia
07/01/2005 05:19:13
Gostei do conto!! muito excitante!!!
04/01/2005 22:38:43
Foi desvirginada por um cão e não tem certeza de quantos anos tinha? Pelo que descreveu, você nunca viu o pinto de um cachorro.
ROMULLO
03/01/2005 15:41:03
ja que vc teve coragem de transar com um cao , eu sou um verdadeiro cachorro. Iai que tal mandar umas fotos para mim?.To esperando.
dunga
31/10/2004 05:37:55
vc deve ser uma cadelinha mesmo..o conto foi meio falso mas legall..quer me dar a chaninha agora..??
Asdrubal
24/06/2004 16:01:36
Já li este conto é plágio.
TomaHawK
23/06/2004 18:51:56
massa esse conto, posso tbm??
Kurt
20/06/2004 23:38:59
Adoraria comer vc qual a idade que vc tem hoje se estiver disposta responda
comecu
20/06/2004 23:23:37
gostaria tambem de comer seu cuzinho.
TiKotiCuTUKA
20/06/2004 23:20:23
deu prum cusco o rabo... uma cadela como voce deve ter sido divertido, mas qualquer um que ja olhou um filme com animais sabe que a penetração anal é mais dificil, e vc sendo "virgem"... podia ter contado outra historia
Hugo
20/06/2004 21:31:29
Maneiro. Da pra mim?? hehe
carinhoso
20/06/2004 17:42:26
não sabe nem mentir e ainda por cima conta uma coisa nojenta dessas!
sacaneador
20/06/2004 14:16:09
hahahahahaha...Se fudeu seu otário analfabeto
rita_dog
20/06/2004 14:15:18
aprenda a escrever que eu dou pra você
pantor pqd
20/06/2004 08:20:13
nenhuma mulher si fose transar a primeira veis sertamenta ela daria a buseta nao o cusinho mais eu gostei e queria cumer voce tanbem uma enorme piroca negra

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.