Casa dos Contos Eróticos

Feed

O amante de minha esposa

Autor: Dema
Categoria: Heterossexual
Data: 04/02/2002 14:40:00
Nota 3.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu e minha esposa Marcia resolvemos visitar pela primeira vez uma praia de nudismo. Márcia, um pouco inibida, tirou a parte de cima do biquíni, ficando de top-less, em pequenos movimentos ela abaixa e erguia o seu biquíni deixando aparecer seus pelinhos pubianos, uma verdadeira aula de erotismo involuntária a qual um rapaz que estava ao lado não pode deixar de assistir. Pude notar que Thelmo, vim a saber depois seu nome, sentiu-se atraído por Márcia, fiquei lisongeado pois Thelmo era um belo rapaz, moreno claro, olhos verdes, poucos pelos pelo corpo e já disfarçando uma ereção por minha esposa.

Percebi que Márcia também começou a reparar em Thelmo que, nessa hora, estava deitado de bruços exibindo suas nádegas bem torneadas, percebi nos seus olhos a forte atração sexual por aquele moço e, de repente, ela sem pudor algum tirou a parte de baixo de seu biquíni, expondo a xoxotinha ao sol. Thelmo virou-se para o nosso lado e começou a passear com os olhos sobre o corpo peladinho de Márcia, disfarçademente, toquei na xota de Márcia e percebi que ela estava molhadinha.

Para deixar os dois mais a vontade, falei que ia sair pra comprar um refrigerante,os olhinhos de Márcia brilharam. Fui até a barraca mais longe possível e voltei 15 minutos depois, mas antes de me aproximar parei alguns metros antes. Os dois estavam um virado para o outro, nada falavam, mas se comiam com os olhos, meu tesão era grande. Quando me deitei ao lado de Márcia percebi que ela tinha anotado nosso telefone na areia pro rapaz ver.

Poucos minutos depois fomos embora, a xoxotinha de Márcia estava enxarcada e transamos como doidos, nunca tivemos tanto prazer. Após a transa conversamos sobre o que aconteceu na praia, falei pra ela que percebi a atração que pintou entre eles, ela retrucou falando que apenas achou o rapaz muito bonito, não se lembrou de ter dado nosso telefone. Perguntei se ela transaria com ele se tivesse oportunidade, Márcia, muito fiel que era falou que nunca me trairia. Eu falei que não ligava se fosse apenas sexo, tesão, fogo e se eles usassem camisinha. Márcia ficou inconformada com meu consentimento, saiu da nossa cama sem falar nada, pegou o telefone e ligou pro Thelmo, não percebi mas ele havia passado o telefone dele. Quando atendeu , Márcia falou, pra me provocar:

- Theelmo, a gostosura da praia....Quero dar pra você..

Marcaram num motel próximo. Márcia me falou que, quando eu sai, o Thelmo se aproximou dela, ela tocou os mamilos dele, desceu pela barriga, colocou a mão no bumbum dele; mas parou por aí em respeito a mim, mas se eu não ligava pra esse respeito....Expliquei pra ela que ela sentou atração sexual por ele, preferia então que eles transasem, usando camisinha, e no final o que sobraria era o nosso amor...(e o tesão que aumentaria entre nós). Mas ela colocou seu vestido mais sensual, sem mais nada por baixo e saiu pra se encontrar com Thelmo no motel.

Passaram-se seis horas e Márcia voltou. Ela me pediu desculpas, falou que eu tinha razão, era apenas sexo com Thelmo, 5 anos mais novo que ela. Perguntei se eles tinham transado, ela abaixou a cabeça e fez sinal que sim, demonstrando arrependimento e medo de minha reação. Ergui seu rostinho e lhe lasquei um enorme beijo, deitamos e pedi que ela me contasse tudo. Ela me disse que o Thelmo era muito educado e gentil, mas que ela só sentia tesão por ele. Disse que eles transaram três vezes, que já na garagem ele tirou seu vestido e começou a chupar sua bucetinha, parou, pegou-a no colo e se amaram na cama. Ela me disse que ela não resistiu e chupou o pinto dele, ele passou a mão por todo o corpo dela e com a língua lambeu sua bucetinha e seu ânus.

Márcia me disse que queria encontrar Thelmo novamente. Sugeri que o encontrasse em casa. No dia seguinte quando cheguei do trabalho lá estava Márcia entre as pernas do Thelmo tomando um banho na nossa hidro. A partir de então Márcia e Thelmo se encontraram muitas vezes, fizeram de tudo em matéria de sexo, mas eu e a Márcia no amamos cada vez mais.

Comentários

Veio da Roça
06/02/2002 01:08:27
THELMO EU NÃO SOU MAIS GAY. Ixisti essa muzica

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.